Amor de si mesmo – 11/07/2016

(Sabedoria canalizada por Pamela Andrade)

A importante batalha desse século, a luta de todos nós em não se perder. Não ser perder nas sombras de nossa mente, na tristeza que vemos ao nosso lado, na solidão voluntária mente imposta por cada um ao caminho da evolução eletrônica.

As pessoas estão tão disponíveis e longe ao mesmo tempo. Estão cada vez mais se entregando ao um universo das nuvens, onde os perfieis sociais nós define cada vez mais.

A luta por se enquadrar esta maior, antes agradávamos a nossa família e vizinhos ao mais próximos, agora lutamos todo dia arduamente para nos enquadrar numa sociedade maior que pode ser visto por qualquer um a qualquer hora, onde deixamos presente e passado expostos a todo momento para os outros nos avaliarem.  

Estamos dispostos a fazer qualquer coisa por essa aceitação social, estamos de mão abertas para o julgamento alheio e escolhemos isso.

As pessoas não querem mais saber de sua essência de suas ideias, mas sim de seu grupo seu filtro adequado. A originalidade está sendo perdida. O amor próprio está sendo perdido.  Estamos querendo que os outros nos mostre o amor, nos mostre o carinho , a sabedoria e a aceitação. Que eles nos digam o que devemos ser pois nossa maneira de agir não está corretamente ideais para os parâmetros atuais.

Temos tantas informações que as vezes não temos o que somos, a essência é valiosa e a nossa alma que estamos vendendo a    qualquer um. Que estamos entregando sem luta.

O amor próprio é a batalha mais difícil, mas em compensação a mais gratificante. Assim que conseguimos vence-la nos tronamos inteiros e belos. Uma pessoa que se aceita que lista suas qualidades e defeitos, que sabe onde é forte onde é fraco, consegue evoluir pois pode armar planos para dobrar seus erros e seguir num caminho belo e autentico.

Hoje a sombra da tristeza pois não agradarmos a todos é maior, a sombra de não conseguir ser o que os outros não dizem é maior. Hoje as pessoas estão se perdendo dentro do que alguém a diz o que fazer. Cada vez mais a falta de amor próprio cria feridas, pessoas amargas e sem luz, cria lares ruídos pela anguista e o crescimento desse sofrimento gera a doença a depressão a tristeza mais profunda que alguém pode experimentar.

Viver dentro da luz, com a certeza que segue o caminho da evolução que sabe sim que erra e que vai errar, mas que tem com toda certeza foi pela tentativa de fazer o melhor e não pelo medo de não fazê-lo. A pessoa que se arrisca para ser si mesma, dentro de todo o bem não pode se arrepender, pois cada escolha dela será um passo para a evolução. Mesmo que o objetivo inicial não seja alcançado ela tem a certeza que tentou e que foi além não deixou de se si mesmo.

Alguém com sua alma de luz, bela e inteira é raro agora pois as pessoas se perdem por tão pouco.

Lembre de sempre dizer:

“ Erro tentando ser o melhor de mim, pois só o  que posso garantir. Que tentarei o melhor no caminho da luz e isso já me faz um vencedor”.

Aja com a pureza em casa ação, as vezes decisões duras são tomadas mas estamos aqui para evoluir num caminho, sem momentos difíceis não iremos apreender.

Reze e se prepare para a evolução o caminho é longo mais para frente.

Seja a pura essência de sua alma, seja a verdade de um ser de luz.

Estamos aqui para guia-la.

Por Décio Andrade

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s