NOVA QUEDA DAS LINHAS DO TEMPO E ABERTURA DE NOVAS REALIDADES

SANANDA
canalizado por Elsa Farrus

“Preparemo-nos porque vêm mais situações que não podemos controlar, vem mais caos, e personalidades que se acentuarão e serão inevitáveis. E nas quais nenhuma de nossas estratégias funcionará; é aí onde as energias entrantes, com a exaustão aparente, vai nos obrigar a fazer uma pausa forçada, que rompa todos os planos que tínhamos sobre algo ou alguém.”

As Linhas do Tempo estão caindo graças ao trabalho que todos fazem em nível pessoal, emocional e também às exigências energéticas coletivas dos últimos anos, criando novas vibrações de Amor e Paz.

E são tão evidentes que tomamos uma decisão e se abre uma realidade, quase de imediato, seja para uma boa realidade ou mostrar-nos que não há caminho.

Tudo isso amplificado pelas imensas energias adamantinas que chegam desde o princípio do ano, ou desde o eclipse de 2016.

Por isso sentimos que não há descanso, para a integração após integração, transformação depois de transformação, e novamente a mudança da realidade. Em dia após dia, como em uma câmara de aceleração de verdades.

Quando várias pessoas assumem um desafio pessoal, a mesma vibração, como o medo de ser ela mesma/ou ressonância, e um novo cronograma de aceitação pessoal, a linha global sustentando o medo cai, se desintegra, e imediatamente também por ressonância cria-se uma onda, que parece acelerar a todos para resolver o mesmo tema e, assim, estar unidos em unidade.

Por isso os antigos canalizadores disseram, que alguns trabalhadores da vibração sustentavam e iluminavam os outros seres vivos. Na verdade, é um pacto de Luz com Gaia e para com o nosso Grupo de Almas.

Mas o que acontece através das tempestades solares dos últimos dias, tudo parece dobrar o esforço e os desafios se tornam mais intensos, para asseverar se o nosso compromisso de amor com Gaia continua a ser autêntico.

E uma vez que a ira daqueles que não sentem como Fluir é mais visível do que nunca, eles desempenham o seu papel nas cenas de nossas vidas, para que sigamos sustentando esse amor, e esse centro energético que é o nosso prana não polarizado.

Estamos criando uma Rede ou malha de consciência sem precedentes, sem fardo, sem julgamento, e que se move e agita a tudo o que está ao nosso redor, e também a nós, quando nos tornamos esta vibração que já aprendemos a e sentir, já decidimos como viver – por isso parece que estamos mais intolerantes, e estamos.

Todos os seres vivos que escolhem a Paz, ante qualquer desafio físico, tornam-se Guardiões da Vibração e Luz, para consigo mesmos, com o seu clã ou linhagem e com suas almas afins, e com a Consciência da Unidade.

Quanto mais avançamos com o nosso próprio eu, mais profundo é o progresso global, não temos de mudar nada, apenas transformar-nos na aceitação de nós mesmos, e os processos. Nesse encontro com o eu, nasce a nova realidade de todas as coisas que cada um tem desejado mas não sabia encontrar, uma vez que as novas linhas de tempo mostra-nos outra visão global dos fatos.

Preparemo-nos porque vêm mais situações que não podemos controlar, vem mais caos, e personalidades que se acentuarão e serão inevitáveis. E nas quais nenhuma de nossas estratégias funcionará; é aí onde as energias entrantes, com a exaustão aparente, vai nos obrigar a fazer uma pausa forçada, que rompa todos os planos que tínhamos sobre algo ou alguém.

Vamos dar uma pausa para separação temporária, quando já não estamos avançando. A pausa pode ocorrer no meio de praticamente qualquer atividade e pode durar um instante, horas ou temporadas de nossas vidas. Até chegar a aceitação do que é, em si mesmo, para o Bem Maior.

Tudo isso, incluídas as pausas, são uma oportunidade para ver claramente os desejos e medos que estão nos conduzindo em uma situação, e transformá-los, e transformar o nosso ego mais sutil, mesmo que não gostemos.

Ainda que não acreditemos, às vezes, o momento em que mais precisamos fazer uma pausa é exatamente quando se sente mais inaceitável fazê-lo, porque é a mente que decide se é ou não o momento – e a pausa é o Ser De Luz que nos alerta de fazer para trazer ordem e Soltar/liberar.

Começarmos a confiar em nossa inteligência natural, em nosso coração naturalmente sábio, em nossa capacidade de estar abertos para o que emerge.

Neste momento, a nossa vida é um Padrão De Luz, implantação criativa da Luz, de Regeneração.

Por favor, respeite os créditos ao compartilhar
DE CORAÇÃO A CORAÇÃO – http://www.decoracaoacoracao.blog.br
DE CORAÇÃO A CORAÇÃO – https://lecocq.wordpress.com
http://www.ascensiongaia.es/2017/05/nueva-caida-de-las-lineas-del-tiempo-y.html
Tradução Vilma Capuano – vilmacapuano@yahoo.com.br

DOIS MEDOS PROFUNDOS

(Mensagem de Maria Madalena, através de Pamela Kribbe)

Fonte: http://www.jeshua.net/gate/gate24.htm

Eu sou Maria Madalena e ajoelho-me diante de vocês, com admiração e respeito pelo que estão fazendo na Terra. Vocês estão abrindo novos caminhos de consciência e estão fazendo isto enquanto ainda carregam os pesos do passado dentro de si. Antigos sofrimentos e ansiedades vêm à tona exatamente porque novos modos de consciência estão se infiltrando em sua percepção, seu corpo e suas emoções. Na criação real de novos caminhos de consciência, vocês curam a antiga dor.

Parece que isto deveria ter acontecido no passado… vocês estiveram na Terra tantas vezes antes… mas até agora não era possível criar novos caminhos. Ainda havia muita consciência presa às velhas instituições de poder e autoridade, e as pessoas estavam aprisionadas pelo medo de não conseguir sobreviver, pela ansiedade no plano físico, ou pelo medo de ser socialmente condenadas ao ostracismo.

 Estes medos são muito profundos nas pessoas. Se você não sabe quem você é, se está imerso nas estruturas de inconsciência que é mantida pela sociedade, então você acredita que é seu corpo, e o medo pela sobrevivência atinge-o no mais profundo do seu ser, pois, neste caso, morrer significa ser destruído. Surgem, então, impulsos intensos para resistir e estes podem levá-lo a destruir outra pessoa, se for necessário, para assegurar sua própria sobrevivência. Este é um medo básico primitivo.

E há também o medo de ser banido da sociedade, de não poder mais pertencer ao grupo, que também é um medo muito profundo nas pessoas.

Se você não está consciente do seu eu-alma, da sua essência divina, você pensa que é um corpo, e que é uma personalidade socialmente moldada nesse corpo. A personalidade, que é formada pelas influências sociais do passado, foi e ainda está sendo moldada pelo medo. Você quer pertencer ao grupo; quer ser aceito por outras pessoas. Existe uma parte indefesa em você que deseja ser sustentada, aprovada e acolhida. Esta é a parte sua que deseja pertencer, e ela ainda é muito forte em todas as pessoas.

Você acaba de emergir de um modo de pensar e viver que era dominado pelo poder e a impotência, que estava sob o domínio do medo. Sinta em si mesmo, no seu próprio campo energético, onde essas antigas energias ainda estão agindo. Sinta isto intuitivamente. Observe se existem áreas cinzentas, ou até mais escuras, agindo visivelmente na sua aura ou no seu corpo. Perceba a ação dessas velhas energias, como ansiedade, obediência exagerada, medo pela sobrevivência e medo de ser rejeitado e ficar só. Estes são os dois maiores medos que limitavam as pessoas no passado.

A transição para o novo leva tempo. Você pode muito bem imaginar que há muito trabalho a ser feito para abandonar antigos medos, para chegar a confiar realmente na consciência do coração, numa nova consciência que afirma que você não é apenas seu corpo. Seu corpo faz parte de você, é uma parte preciosa na qual você vive temporariamente e através da qual você se expressa. Mas você é muito mais do que isso. Você é uma consciência de alma, uma luz viva, que é independente de formas físicas e materiais. Isto é um grande salto de consciência! E talvez um salto maior ainda seja o fato de você estar livre da pressão social. Porque a pressão social – ter que pertencer ao grupo – muitas vezes leva as pessoas ao nível vibratório mais baixo: a consciência de multidão. Geralmente aquilo que domina um grupo ou uma multidão, uma estrutura de poder ou um indivíduo, evoca os maiores medos nas pessoas e as manipula.

 Estes medos são os dois maiores obstáculos que as pessoas experimentaram no passado. E graças a esses medos, elas descem ao espaço do “nós”, do pertencimento, opondo-se a outras pessoas ou coisas que estejam fora do seu grupo. E assim começam a pensar em termos de “nós contra eles”, de forma que pertencer ao grupo se torna algo vital. O medo, então, precisa ser sempre confirmado, junto com as justificadas soluções para ele. O modo de lidar com esses medos inclui violência e domínio daqueles que estão fora do grupo. Estes temas estão vindo à superfície com muita força neste momento, como se pode ver no mundo à sua volta.

 Uma consciência maior é necessária agora, uma consciência que conecte e enxergue a igualdade entre todas as pessoas, mesmo que venham de ambientes totalmente diferentes, com histórias e culturas diferentes; uma consciência que enxergue no outro o que vocês têm em comum, mesmo que ele seja muito diferente de você. Esta é a tarefa deste momento, tanto no nível individual, interior, quanto entre países e culturas. Esta é a grande quebra de barreiras que vai curar o mundo. E o maior passo para essa cura é abandonar a identificação com seu corpo e com sua personalidade socialmente formada; é elevar-se acima dessas identificações e novamente reconhecer o chamado da sua alma. Sua alma lhe diz que tudo é possível, enquanto o medo em você insinua que muito pouco é possível, que você precisa se proteger, por exemplo, dos outros, ou de doenças… Mas a alma que vive em você é corajosa e forte, ela transcende as limitações.

 Gostaria de lhe dizer que você – a pessoa com quem estou falando agora – já vem ajudando a aumentar a consciência na Terra há muitas vidas e há bastante tempo. Antes desta vida, você já experimentou a sensação de unidade da qual eu falo, o fato de ser mais do que um corpo, a sensação de ser uno com outro, mesmo que o outro venha de uma experiência muito diferente da sua. Você já conhece o sentimento de querer se elevar acima de classe e posição social, embora esta energia nem sempre tenha sido bem-vinda na Terra. Foi um processo de aprendizagem ter que lidar com a diferença entre sua forma de sentir e pensar e a forma de sentir e pensar do mundo ao seu redor, ou com o modo que a maioria das pessoas percebe as coisas. E não se esqueça que muitas pessoas gostariam de pensar de outra forma, gostariam de sentir de forma diferente, porque ninguém é feliz nas garras do medo, ninguém deseja isso.

O que está acontecendo nesta época, é que as pessoas estão ficando cada vez mais fartas da vida baseada no medo. Existe agora tanta energia nova na atmosfera da Terra – uma sensação tão intensa da possibilidade das coisas serem diferentes – que as pessoas estão despertando. E certamente os jovens, as novas gerações que estão nascendo na Terra, estão sentindo mais e mais o gosto desta nova energia que você vem carregando consigo há séculos, e sentem cada vez menos prazer nas velhas formas de ser e viver. Mas, do ponto de vista dos padrões de pensamento existentes, esta energia da nova geração é algo selvagem, caótico, que não se adapta às normas estabelecidas e leva a problemas de comportamento. Entretanto, esta energia contém as “dores do parto”; algo novo está querendo nascer.

 Chego agora ao ponto principal desta conversa. Você está aqui como um mentor, para servir de parteira no nascimento desta nova energia, neste momento. Entretanto, isto exige muito de você, porque você ainda traz dentro de si os traumas de maus julgamentos e rejeição; você sabe o que é ser julgado por suas ideias inovadoras. Parte do seu legado é ser socialmente isolado, ser diferente, e isto vem deixando ferimentos emocionais em você, desde o dia em que você nasceu… na verdade, antes mesmo desta sua vida ter começado. 

 Este é o momento em que lhe será pedido para sair da sua concha, para se mostrar, se apresentar, a fim de ajudar a nova energia que se manifesta agora especialmente através dos jovens, e orientá-los, por assim dizer. Você pode ser um canal, porque tem um entendimento profundo tanto do antigo quanto do novo. Você conserva uma perna na velha energia, pela qual foi ferido, portanto é capaz de ter compaixão pelas pessoas que estão com medo de serem rejeitadas e ficarem sós. Você também tem compaixão pelas pessoas que estão aterrorizadas de morrer, por acreditarem que não existe nada além do corpo físico. Sua consciência expandiu-se justamente porque você teve que viver e trabalhar no escuro, portanto você é um dos que podem ser uma ponte entre o velho e o novo.

 Assim, apelo a você. Peço-lhe que assuma seu lugar natural, embora eu saiba o quanto este esforço pode lhe custar. Você ficou tão acostumado a pensar que não existe nenhum lugar para você, que se sente totalmente desgastado pelo esforço. Mas é justamente neste ponto que você é levado a realizar sua tarefa. No momento em que pensa: “Eu desisto, não há mais nada que eu possa fazer…”, este se torna o ponto de virada, quando você consegue finalmente permitir que qualquer coisa que aconteça possa fluir através de si. Você deixa de lado sua vontade pessoal, suas ideias de como as coisas deveriam ser, e se permite mover com o fluxo da sua alma.

O poder que você desenvolveu, e também a dor que sofreu, de alguma forma quebraram o seu ego. E isto é um processo doloroso, pois todo ego é contrário à dor e a ser despedaçado. Entretanto, este é o único meio, porque, num certo sentido, a dor e o trauma que você carrega consigo fazem parte do caminho. Quando você realmente sente esta dor e a envolve com compaixão, você a deixa ir; você tem vontade de “morrer”, por assim dizer, devido ao conhecimento de que algo maior o está carregando; você se entrega à sua essência mais profunda e verdadeira, e não mais luta contra a realidade terrena.

 Você inclusive desiste de tentar convencer os outros, porque se tornou verdadeiramente você mesmo. Você não está mais aqui para mudar os outros, nem está mais aqui para mudar a si mesmo; está apenas sendo você. E esta é exatamente a sua função de ponte, que é o seu lugar natural. É isto o que quero dizer quando falo em “assumir seu lugar natural.” Tenha compaixão por si mesmo e pela velha dor que permanece em sua vida, e deixe que a cura simplesmente aconteça. Ao enxergar este processo como parte do seu caminho, e deixar a velha dor onde ela está, a cura acontecerá por si mesma. Ajuda chegará para você de todos os lados. Tudo o que aspira à vida, ao crescimento e à alegria, deseja lhe ser útil… os guias, as forças auxiliadoras do universo… Você só precisa estar disposto a assumir seu lugar natural e dizer para si mesmo: “Eu não vou mais viver de acordo com o medo. Os medos ainda podem estar por aí, mas eu sou mais, muito mais do que isso. E me recordo disto todos os dias.”

Então verá que a vida o leva ao lugar ao qual você pertence, onde se sente bem, onde pode vivenciar alegria e felicidade. Ser um trabalhador da Luz, aquele que traz a mudança, não precisa mais ser um dever pesado e cheio de agonia. Isto pertence ao passado e não é mais o seu destino. A estrada para o novo também significa para você um novo nascimento, em paz com a Terra e onde você pode assumir seu lugar de uma forma natural.

E finalmente, observe se as palavras “assumir seu lugar natural” trazem imagens espontaneamente à sua mente. Talvez lhe venham à mente lugares do seu cotidiano, ou situações, ou ocupações… ou surja algo que possa ser uma possibilidade para o futuro. Onde você se sente realmente relaxado e feliz? Esses são os lugares em que você pode deixar sua energia fluir naturalmente. Veja se alguém o chama… talvez você o reconheça como uma pessoa conhecida. Ou talvez surja um ambiente na sua visão mental… Observe se há algum lugar que o convide alegremente a ir para lá. E não tenha medo de experimentar as coisas, porque há bastante espaço para brincar livremente.

 Assumir o seu poder é voltar a sentir-se em casa na Terra sendo quem você realmente é e assumindo seu lugar aqui. Isto parece muito simples, mas é a culminação de uma longa jornada que você criou como alma. Peço-lhe que se entregue a esse lugar; ele não está mais tão distante.

Muito obrigada pela sua atenção.

 Maria Madalena 

© Pamela Kribbe www.jeshua.net

Tradução de Vera Corrêa veracorrea46@gmail.com

Tai chi chuan – A meditação em movimento

tai_chi_chuan

Tai Chi Chuan é uma das variedades de arte marcial chinesa e é também muito conhecido por suas técnicas de defesa e benefícios à saúde.

A arte marcial tem evoluído ao longo dos anos como um meio eficaz de aliviar o estresse e a ansiedade, sendo considerado como uma forma de “meditação em movimento”, que promove a serenidade e paz interior.

Os princípios filosóficos do tai chi chuan remetem ao taoísmo e à alquimia chinesa, sendo criado pelo monge Chang San Feng, no século XII.

Os textos clássicos do tai chi chuan escritos pelos mestres orientam a:

  • Vencer o movimento através da quietude (Yi Jing Zhi Dong) 以靜制動
  • Vencer a dureza através da suavidade (Yi Rou Ke Gang) 以柔克剛
  • Vencer o rápido através do lento (Yi Man Sheng Kuai) 以慢勝快

Há cinco estilos diferentes de Tai Chi, cada um com seus próprios métodos e princípios distintos:

  • Chen
  • Yang
  • Wu-ou Wu (Hao)
  • Wu
  • Sun

Tai Chi é considerado seguro para as pessoas de todas as idades, pois não estressa músculos e articulações, além de ser uma prática econômica, uma vez que não requer muito equipamento. Ele pode ser praticado quer em um grupo ou sozinho.

A pesquisa moderna descobriu que o Tai Chi tem efeitos positivos no controle de equilíbrio, condicionamento físico e flexibilidade.

História do Tai Chi

Tai Chi tem vários estilos e variações diferentes, cada uma delas tem a sua própria linhagem e data de origem.
Algumas formas de Tai Chi priorizam a saúde, enquanto outros salientam a concorrência ou de autodefesa.

Há tantas histórias diferentes que descrevem as origens do Tai Chi que a verdade permanece um mistério.

No entanto, os fundamentos de Tai Chi remontam ao início da história escrita chinesa do taoísmo e confucionismo. O fundador do Tai Chi é acreditado para ser Zhang San Feng.

Dica de Leitura:  Otimismo e Felicidade melhorando sua qualidade de vida

Há histórias que afirmam Zhang SanFeng deixou o mosteiro para se tornar um eremita taoista e criou sua própria forma de luta baseada em suavidade:

“Em cada movimento, cada parte do corpo deve ser leve e ágil e encadeada. As posturas devem ser feitas sem pausas. O movimento deve ser iniciado nos pés, liberado através das pernas, dirigido pela cintura e liberado pelos dedos. Movimentos, substancial e insubstancial, devem ser claramente diferenciados”.

Os benefícios de saúde do Tai Chi estão sendo amplamente estudada. A arte tem sido associada com a redução do estresse, ansiedade, depressão e melhoria de humor, tanto em pessoas saudáveis, quanto em doentes crônicos.

Além disso, o Tai Chi tem sido recomendado para ampliar a capacidade aeróbica, aumento da energia, e construir a força muscular.

Há benefícios para a saúde associados com o Tai Chi para as pessoas que sofrem de: doença de Parkinson, insuficiência cardíaca, fibromialgia, diabetes, depressão, entre outras

Dicas de relaxamento para aliviar o estresse

concentrao-full[1]
O relaxamento pode ajudar a aliviar os sintomas de estresse, pode ajudá-lo a se acalmar e dar um passo para trás numa situação extrema.

Embora a causa da ansiedade não desapareça, provavelmente vai se sentir mais capaz de lidar com ela depois de ter retirado a tensão em seu corpo e limpar seus pensamentos.

Todas as técnicas de relaxamento combinam respirar mais profundamente com  relaxar os músculos.

Em primeiro lugar, não se preocupe se você achar que é difícil relaxar. É uma habilidade que precisa ser aprendida e virá com a prática.

Yoga e tai chi são boas formas de exercício que pode ajudar a melhorar a respiração e relaxamento.

A respiração relaxada

Pratique a respiração profunda em um horário regular e em um lugar calmo onde você não será perturbado. Solte ou remova quaisquer roupas apertadas que você tenha, como sapatos ou casacos. Sinta-se completamente confortável.

Sente-se numa cadeira confortável que apoie a cabeça ou deite-se no chão ou numa cama. Repouse os seus braços sobre os da cadeira, ou apoiados no chão ou na cama, um pouco longe do lado do seu corpo com as palmas para cima. Se estiver deitado, estique as pernas, mantendo-as na largura dos quadris ou um pouco mais amplo. Se estiver sentado em uma cadeira, não cruze as pernas.

Um bom relaxamento começa sempre com foco em sua respiração. A maneira de fazer isso é inspirar e expirar lentamente num ritmo regular, pois isso irá ajudá-lo a se acalmar.

Encha seus pulmões com o ar, sem forçar. Imagine que você está enchendo uma garrafa, para que seus pulmões se inflem de baixo.

Inspire pelo nariz e expire pela boca.

Inspire lentamente e contando regularmente de um a cinco (não se preocupe se não puder chegar a cinco em primeiro momento).

Então deixe a respiração escapar lentamente, contando de um a cinco.

Continue fazendo isso até se sentir calmo. Respire sem pausa ou prendendo a respiração.

Pratique essa respiração relaxada de três a cinco minutos, duas a três vezes por dia (ou sempre que sentir estressado).

Relaxamento muscular profundo

Esta técnica leva em torno de 20 minutos e é utilizada para liberar a tensão do corpo e relaxar a mente.

Dica de Leitura:  Dezembro Laranja: mês da conscientização do câncer da pele

Encontre um lugar quente, calmo, sem distrações. Fique completamente confortável, sentado ou deitado. Feche os olhos e comece concentrando-se em sua respiração; a respiração deve ser lenta e profunda, tal como descrito acima.

Se você tiver dor em certos músculos, ou se há músculos que achar que seja difícil de focar, passe mais tempo no relaxamento de outras partes.

Você pode colocar uma música suave para ajudar a relaxar. Assim como acontece com todas as técnicas de relaxamento, o relaxamento muscular profundo vai exigir um pouco de prática antes de você começar a sentir os seus benefícios.

Para cada exercício, mantenha o alongamento por alguns segundos e depois relaxe. Repeti-lo algumas vezes. É útil para manter a mesma ordem que você trabalhar com os grupos musculares:

Rosto: empurrar as sobrancelhas, como se franzindo a testa, depois solte.

Pescoço: incline levemente a frente da cabeça, empurrando o queixo para baixo contra o peito, em seguida, levante novamente bem devagar.

Ombros: puxe-os para cima em direção as orelhas e depois os relaxe para baixo, em direção aos pés.

Peito: respirar lenta e profundamente no diafragma (abaixo de sua costela inferior), de modo que você esteja usando o conjunto dos pulmões. Então respire lentamente para fora, permitindo que a barriga deflacione como todo o ar é exalado.

Braços: esticar os braços para fora do corpo, alcance, então relaxe.

Pernas: empurre os dedos dos pés para fora do corpo, em seguida, encolha-os para o corpo, e depois relaxe.

Pulsos e mãos: estique o pulso, puxando a mão na sua direção, e esticar os dedos e polegares, então relaxe.

Passe algum tempo deitado tranquilamente após o seu relaxamento, com os olhos fechados. Quando se sentir pronto, esticar e levante-se lentamente.

Cores podem influenciar o corpo e a mente

-

Pessoas que desejam fazer de suas casas ou escritórios um santuário para aliviar o estresse muitas vezes ficam em dúvida na hora de escolher as melhores cores para alguns ambientes. As cores podem ser um grande foco para a meditação ou relaxamento guiado e podem até provocar  respostas emocionais e físicas.

Cor em História
Na história antiga, a cor não foi apreciada pela sua beleza abstrata ou apelo estético, mas pelo simbolismo divino que lhe é atribuído por várias religiões da antiguidade. Por exemplo, os antigos mágicos egípcios usavam roupas em tom azul para representar a santidade de sua sabedoria, na poesia grega, o vermelho e roxo foram usadas para representar o encontro violento na Ilíada  e Ulysses em “A Odisseia” .
Cor e luz colorida foram usadas até mesmo em algumas culturas para curar várias doenças físicas e mentais.

Cor, mente e corpo

Atualmente, as cores e seus significado perderam a essência mística. As pessoas escolhem cores para suas roupas e casas com base em  preferências pessoais. No entanto, as cores transmitem efeitos diferentes sobre o corpo e a mente.

Vermelho, rosa, laranja e amarelo.

red_100px   Na China, o vermelho é uma cor de celebração e sorte, e está presente em muitas cerimônias importantes. Na Índia, o vermelho é usado em roupas de casamento para simbolizar a pureza dos noivos.
Apesar da importância e do uso generalizado do vermelho em eventos culturais ao redor do globo, os cientistas descobriram que olhar para a cor vermelha pode realmente iniciar resposta de luta ou fuga do corpo, acelerando a frequência cardíaca e aumentando a pressão arterial. Propriedades estimulantes torna o vermelho uma má escolha para o relaxamento, mas é ótimo para uma explosão de energia e paixão.

Pink-100px   O cor-de-rosa possui partes das propriedades estimulantes do vermelho e também inspira uma maior motivação e confiança. Curiosamente, em algumas prisões, possuem celas cor-de-rosa, supostamente para reduzir o comportamento errático dos internos.

orange_100px   Laranja também é uma cor estimulante que aumenta o comportamento social e estimula tanto o apetite e o nível de atividade.

Yellow-100px

   Amarelo foi mostrado para aumentar a comunicação, aumentar a memória e, ao mesmo tempo, estimular a mente.

 

Estes tons quentes podem ser ótimos para um ajuste rápido, mas eles não se prestam bem a tranquilidade ou contemplação pacífica, por isso não são as melhores cores para relaxamento.

Dica de Leitura:  Dezembro Laranja: mês da conscientização do câncer da pele

blue-100px   Azul
Talvez não seja coincidência que a cor, tanto do céu, como do mar, tem provado ser uma cor calmante. Durante muitas gerações, temos o hábito de contemplar com felicidade os dias azuis sem nuvens ou visitando uma praia.
Azul tem um efeito calmante sedativo e pode realmente fazer com que o corpo se torne mais frio. Pesquisas indicam que a cor azul também ajuda na intuição. Salas azuis são geralmente muito relaxantes, e a mesma tranquilidade pode ser adquirida quando observamos uma pintura ou uma fotografia com tons de azul.

green-100px   Verde
Verde é indicado para diminuir a depressão, ansiedade e nervosismo. A cor relaxa o corpo e a mente e é, ao mesmo tempo, suave e refrescante. O verde de uma floresta pode ser o lugar perfeito para um passeio relaxante até mesmo quando estiver um dia de chuva, observar as árvores em uma tarde chuvosa pode ser muito agradável.
O verde é uma cor ótima para paredes ou roupas. Uma sugestão é adicionar peças de arte ou acessórios para dar uma sensação de tranquilidade para qualquer ambiente.

purple-100px   Roxo
O roxo que é uma mistura de vermelho e azul. Ele pode tanto ser estimulante como o vermelho ou calmante como azul, dependendo da tonalidade, tons mais claro – como a  lavanda –  são relaxantes. O roxo tem sido tradicionalmente a cor da realeza, antigamente tecidos neste tom eram muito mais caros.

As melhores cores para relaxamento
As cores quentes são geralmente estimulantes e não são a melhor opção para um ambiente calmo e relaxante.
As melhores cores para quem deseja criar um espaço para obter um efeito calmante, pacífico, aliviando o estresse e transmitindo tranquilidade são as tonalidade azuis, verdes e roxos.

Chakras – o que são e como funcionam

-
A palavra “chakra” vem do sânscrito antigo e significa “roda”, são centros vitais do nosso corpo que são conectados naturalmente, transmitindo harmonia e o nosso bem-estar.

A técnica “gira” as energias em nosso corpo de forma estratégica com a meta de equilibrar todos os pontos, se um dos pontos falhar, a energia pode não fluir livremente, influenciando o organismo a ser mais propicio para algum problema.

O reiki praticamente trabalha com sete chakras básicos, possuem uma relação direta com algum órgão do corpo e possuem uma cor especifica que estão distribuídas entre a base da coluna até o topo da cabeça.

Conheça mais…

– O primeiro – Chakra Básico
-

Relacionada com a bexiga, os órgãos sexuais, reprodução, sobrevivência, segurança e força.
Elimina o medo e transmite a sensação de confiança.
Localização: na base do abdômen, entre o ânus e os órgãos genitais.
Cor: vermelho escuro
Cristais para equilibrar: ágata de fogo, granada, olho de tigre, obsidiana preta, hematite e quartzo enfumaçado.

– O segundo – Chakra Umbilical
-

Ela está associada como o centro das forças criativas, criatividade e sensualidade.
Ela influencia a atitude da pessoa em relação ao sexo, os seus impulsos – repressão, inibições internas, desejos sexuais.
É responsável pela energia, iniciativa, a capacidade de controlar a ansiedade e o grau de vitalidade e força para a vida.
Localização: área pélvica
Cor: laranja (quase vermelho)
Cristais para equilibrar: todas as pedras que irradiam de laranja, citrino, âmbar, coral, topázio, pedra da lua.

– O terceiro -plexo solar
-

No nível físico, o chakra amarelo tem um efeito estimulante sobre os nervos.
Relacionados com o sistema digestivo, onde a pessoa “digere” as experiências do mundo externo e transforma a energia em sentimentos pessoais e sabedoria.
Localização: abdômen, plexo solar
Cor: amarelo brilhante
Cristais para equilibrar: pirita, pérola, malaquita, esmeraldas, citrino, calcita.

– O quarto  – Chakra Cardíaco
-

Relacionada com a área de peito: coração, os pulmões e o sistema circulatório
Quando este chakra está bloqueado, a pessoa sofre de problemas respiratórios, cardíacos e pulmonares.
O coração é o centro do amor, emoções, compaixão; quanto mais clara e aberta você for, maior será a capacidade de dar e receber amor incondicional.
Localização: o peito paralelo – coração
Cor: verde
Cristais para equilibrar: Cristal verde jade, turmalina verde e rosa, malaquita, kunzita, esmeralda e quartzo rosa

– O quinto – Chakra, Laríngeo
-

Relacionada com a boca, garganta, glândula tireoide, brônquios e nariz e orelha.
Responsável pela comunicação, incluindo a escrita e expressões orais, a troca de ideias, criatividade e auto-expressão.
Localização: na garganta, base da laringe
Cor: azul
Cristais para equilibrar: água marinha, turquesa, safira

– O sexto – Chakra Frontal
-

Através dele, podemos treinar nossa habilidade e aprender a confiar em nossa intuição.
Também está associada com o idealismo, imaginação e visualização criativa.
Em desequilíbrio pode causar problemas de sono, pesadelos e enxaquecas.
Localização: entre as sobrancelhas.
Cor: azul índigo
Cristais para equilibrar: ametista, safira, lápis-lazúli, fluorite


– O sétimo – Chakra Coronário
-

É associado ao espiritual, com o propósito divino, do destino, a missão de cada ser.
Amor, paz de espírito e conexão com o superior, são as suas qualidades positivas.
O desenvolvimento deste chakra não depende de nossa vontade, o seu crescimento é feito em silêncio e em meditação.
Localização: no centro do topo da cabeça
Cor: violeta e branco (que está representando todas as cores do espectro)
Cristais para equilibrar: diamante, pirita, claras e com neve, ametista quartzo

Reiki – Energia vital guiada espiritualmente

reike

Reiki é uma técnica japonesa para a redução do stress e relaxamento, que também promove a cura. É administrado por “imposição de mãos” e baseia-se na ideia de que uma “energia vital” invisível flui através de nós e é o que nos faz estar vivo. Se a nossa “energia vital” é/está baixa, então estamos mais propensos a ficar doente ou sentir estresse, e se ela está alta, somos mais capazes de ser feliz e saudável.

A palavra Reiki é composta de duas palavras japonesas – Rei que significa “sabedoria de Deus ou o Poder Superior” e Ki que é “energia vital”. Assim, Reiki é realmente “energia vital guiada espiritualmente”.

O Reiki trata a pessoa como um todo, incluindo o corpo, as emoções, a mente e o espírito criando muitos efeitos benéficos que incluem relaxamento e sentimentos de paz, segurança e bem-estar. Muitos relataram resultados miraculosos.

Assim, Reiki é um método simples, natural e seguro de cura espiritual e auto aperfeiçoamento que todos podem usar. Tem sido eficaz em ajudar praticamente todas as doenças e moléstias conhecidas e sempre cria um efeito benéfico. Ele também trabalha em conjunto com todas as outras técnicas médicas ou terapêuticas para aliviar os efeitos secundários e promover a recuperação.

Uma técnica extremamente simples de aprender, a capacidade de usar o Reiki não é ensinada no sentido usual, mas é transferida para o aluno durante uma aula de Reiki. Essa habilidade é passada durante uma “sintonia” dada por um mestre de Reiki e permite ao aluno explorar um suprimento ilimitado de “energia vital” para melhorar a saúde e melhorar a qualidade de vida.

Seu uso não depende da capacidade intelectual ou do desenvolvimento espiritual e, portanto, está disponível para todos. Foi ensinado com sucesso para milhares de pessoas de todas as idades e origens.

Enquanto o Reiki é de natureza espiritual, não é uma religião. Não tem nenhum dogma, e não há nada que você tem que acreditar, a fim de aprender e usar o Reiki. Na verdade, o Reiki não é dependente da crença em tudo e irá funcionar quer você acredite nele ou não. Porque Reiki vem de Deus, muitas pessoas acham que o uso do Reiki coloca mais em contato com a experiência de sua religião em vez de ter apenas um conceito intelectual dele.

Continuar lendo

Criando prosperidade com o Reiki

“Prosperidade e abundância é meu direito inato divino”. Quanto tempo se passou desde que você fez essa afirmação? Tenha sido há um mês, um ano, uma década… ou nunca? Talvez intelectualmente você saiba que vive em um universo abundante, mas você sente que isso é uma verdade?

Já percebeu o poder da consciência criativa coletiva recentemente? Quantos relatórios econômicos, de tempos conturbados, você já ouviu desde o 11/07? Como esses relatórios afetam você? Você está com medo de perder o seu emprego, ou que seus clientes vão parar de vir, ou que terá que trabalhar mais e não terá mais tempo para fazer atividades divertidas?
Se você se preocupou ou sentiu medo, lembre-se da frase: “Só por hoje não se preocupe e seja cheio de gratidão”.

Há uma razão para que Usui Sensei – considerado o decodificador do reiki na forma que se aplica atualmente –  tenha usado essas palavras nos Princípios do Reiki.

Ele reconheceu o poder dos nossos pensamentos e nossas palavras. Muitas vezes esquecemos declarações poderosas como “pensamentos são coisas” ou “aonde os pensamentos vão, os fluxos de energia“.

No entanto, eles são muito verdadeiros. Sempre que criar qualquer coisa em nossa vida, é preciso primeiro ter o pensamento dele. Por isso, é muito importante estar ciente de que estamos pensando em todos os momentos. Se permitimos que nossos pensamentos sejam os de medo e preocupação, estamos capacitando as mesmas coisas com que estamos preocupados a se manifestarem em nossa vida.

Como praticantes de Reiki podemos aceitar a responsabilidade de usar o que aprendemos para ajudar o mundo para curar qualquer sentimento de falta que está permeando a consciência coletiva para que todos nos tornemos os seres prósperos e nações que realmente somos.

O Reiki tem a capacidade de nos ajudar a capacitar os nossos pensamentos, unir a mente com o coração e transmutar as nossas palavras em pura luz, e eles se tornam ainda mais fortes do que próprios pensamentos.

Continuar lendo

12 dicas práticas para combater a ansiedade

Ansiedade? Prepare o corpo e mente para superar os episódios de ansiedade com pequenos cuidados que devem fazer parte da sua rotina.

Lembre-se que o seu maior patrimônio é o seu próprio corpo, então vale à pena tratar dele da mesma forma, ou melhor, do que  você cuida de suas finanças, da sua carreira, do seu plano de educação. Afinal o seu corpo lhe carregará pela vida toda.
Então vamos lá:

Exercícios
Atividades físicas são boas para o cérebro e são antídotos poderosos  para a depressão e ansiedade, tanto de imediato como no longo prazo. Se você fizer exercícios regularmente, terá maior autoestima e se sentirá mais saudável.

Uma das principais causas de ansiedade é se preocupar com a saúde e doença, e que se dissipa quando você está em forma.
Inspire e expire
Prenda a respiração!
Ok solte-a agora.

A respiração de yoga tem se mostrado eficaz na redução do estresse e ansiedade.
É indicado que pratique a técnica de respiração yoga clássica que chama a respiração 4-7-8.

Uma razão de que isso funciona é que: não se pode respirar fundo e ficar ansioso ao mesmo tempo. Para fazer a respiração 4-7-8, expire completamente pela boca, em seguida, inspire pelo nariz e conte até quatro. Segure a respiração e conte até sete. Agora o solte lentamente pela boca, contando até oito. Repetir pelo menos duas vezes por dia.

Coma alguma coisa, rápido!
Quando um ataque de ansiedade é desencadeado, pode significar que o açúcar no sangue está caindo.

A melhor coisa a fazer é tomar um lanche rápido, como um punhado de nozes, ou um pedaço de chocolate, juntamente com um copo de água ou uma boa xícara de chá quente.

No longo prazo, a dieta é a chave para reduzir a ansiedade. Coma todos os alimentos, dieta baseada em vegetais, carne cuidadosamente selecionadas e frutos do mar, a abundância de folhas verdes (como couve) para obter ácido fólico e uma grande variedade de fito-nutrientes para ajudar a reduzir a ansiedade.

Não se esqueça do café da manhã
Muitas pessoas com transtornos de ansiedade pulam o desjejum. Recomenda-se que as pessoas comam, no café da manhã, alimentos como ovos, que é uma proteína saciante e está no topo como fonte natural de colina (nutriente essencial que faz parte do complexo B de vitaminas).
Baixos níveis de colina estão associados ao aumento da ansiedade.

Coma ômega-3
Você sabe que os óleos de peixe são bons para o coração, e talvez, eles protejam contra a depressão. Adicionar à lista de ansiedade. Em um estudo, os alunos que consumiram 2,5 mg de ácidos graxos mistos durante 12 semanas dia – ômega-3 – apresentaram menor ansiedade antes de um exame do que aqueles que receberam o placebo.

Os especialistas geralmente recomendam que você ingira ômega-3 a partir de alimentos, sempre que possível. Peixes de água fria como o salmão são as melhores fontes de ácidos graxos; um pedaço com cerca 170 g de salmão selvagem  grelhado contém aproximadamente 3,75 g.

Outras boas opções: anchovas, sardinhas e mexilhões.

Pare com a ‘catastrofização’
Quando você é atacado pela ansiedade, é fácil entrar em um jogo da mente conhecido como “pensamento catastrófico” ou “catastrofização.” Sua mente realmente vai para as coisas mais terríveis, simplesmente insuportáveis e que se realmente acontecerem? “Você pensa: ‘Isto pode realmente arruinar a minha vida’”.

Em vez disso, faça algumas respirações profundas, uma volta no quarteirão e considere a real probabilidade de que este problema realmente irá se tornar uma catástrofe. Qual é a probabilidade de que você perderá o seu emprego, discussões de família, ir à falência?

As chances de um resultado catastrófico é muito menos provável do que você pensa quando você é consumido pela ansiedade. Muito poucos eventos realmente podem mudar a trajetória de sua vida.

Mantenha-se aquecido
Você já se perguntou por que você se sente tão relaxado depois de um período na sauna ou banho de vapor?
Aquecer seu corpo reduz a tensão muscular e ansiedade, constata pesquisas. A sensação de calor pode alterar os circuitos neurais que controlam o humor, incluindo aqueles que afetam o neurotransmissor serotonina. O aquecimento pode ser uma das maneiras que o exercício ou uma xícara de chá-aconchegante estimulam o humor.

Como um grupo de pesquisadores colocou, “Se deitado na praia sob o sol do meio-dia em uma ilha do Caribe, pegando alguns minutos na sauna ou spa depois do trabalho, ou sentado em um banho quente ou jacuzzi, à noite, muitas vezes associar sensação de calor com uma sensação de relaxamento e bem-estar. ”

Tome um “banho de floresta”
Os japoneses chamam Shinrin-yoku, literalmente “banho de floresta”.
Pesquisadores japoneses medindo mudanças corporais em pessoas que caminharam por cerca de 20 minutos em uma bela floresta, com os cheiros amadeirados e os sons de um riacho.

Os banhistas florestais tinham níveis mais baixos do hormônio do estresse depois da caminhada que fizeram em comparação àqueles que fizeram uma caminhada em uma área urbana.

Pratique a meditação consciente
A meditação consciente, originalmente uma prática budista, mas agora uma terapia tradicional, é particularmente eficaz no tratamento de ansiedade, que muitas vezes usada para tratar pacientes com ansiedade. O ato de praticar a consciência atenta permite experimentar a verdadeira essência de cada momento como ele realmente ocorre e não o que é esperado ou temido.

Como começar? Você pode começar simplesmente prestando atenção ao momento presente, de forma intencional, com curiosidade, e com um esforço para atender sem julgamentos.

Respiração e pergunta
Para manter-se consciente, faça a si mesmo perguntas simples durante a prática de exercícios de respiração: sente-se em um lugar confortável, feche os olhos e se concentre em como se sente a respiração entrando e saindo de seu corpo. Agora pergunte a si mesmo perguntas silenciosas enquanto se concentra na respiração.

Qual é a temperatura do ar que entra no seu nariz? Como a sua respiração se sente diferente, uma vez que deixa o seu corpo? Como o ar se sente como ele preenche seus pulmões?

Dê-se crédito
Você está tendo pensamentos ansiosos? Parabéns.
Você está ciente de seu estado emocional e que a conscientização é o primeiro passo na redução da ansiedade.

Lembre-se de dar-se crédito por estar ciente de que você está tendo pensamentos ansiosos e, provavelmente, mudanças no corpo. Esta é realmente uma habilidade de consciência que deve ser aprendido e é essencial para tornar os próximos passos da intervenção através de estratégias auto positivas tais como conversas, reenquadramento cognitivo ou o uso de estratégias de atenção plena ou de relaxamento.

A cura de 21 minutos
Vinte e um minutos: esse é o tempo que o exercício leva para reduzir de forma confiável a ansiedade, os estudos mostram, mais ou menos um minuto. Se você está realmente ansioso e saltar numa uma esteira, você se sentirá mais calmo após o treino.

Recomenda-se aos pacientes para passar 20 a 30 minutos em uma atividade que altera o seu ritmo cardíaco, seja uma esteira ou  escada qualquer coisa que você quiser. Se você remou na faculdade, volte a remar. Se você não faz exercícios, comece a fazer caminhadas rápidas.

Reiki – O que é e quais são seus 5 princípios

-

reiki é uma técnica oriental que auxilia na redução do estresse, relaxamento e promovendo a cura no organismo.

O tratamento é realizado através da “imposição de mãos”, onde é trabalhada nossa energia vital interior.
Se uma pessoa possui uma energia vital baixa, então está mais propensa a ficar doente ou sentir estresse, e se ela é alta, temos mais dificuldade de atingir a felicidade e a saúde plena.

Os princípios do reiki estão baseados em cinco frases:

– Só por hoje, não se preocupe
Isso significa que devemos fazer o que pudermos em nossas vidas, desta forma teremos uma mente pacífica, sem angústia.
Faça tudo o que está ao seu alcance agora e, em seguida, o que não tem solução imediata. Angústia e preocupação atrapalham nossa desarmonia e energia interior.
Portanto, você deve tomar cuidado e não se preocupar.

– Só por hoje, não sinta raiva
Sabemos que o sentimento de raiva é uma das piores sensações e que podem trazer malefícios ao corpo e aos outros.
Pessoas egoístas possuem a tendência de se destruir através da raiva, ressentimentos e ódio. Realizando as técnicas de reiki, podemos harmonizar nossas emoções e espírito.
Não devemos confundir com a capacidade de segurar a raiva e sim canalizá-la e torná-la produtiva.

– Seja grato
A gratidão é uma consciência de alta energia.
Temos que ser gratos com outras pessoas e com o poder da natureza quando você avalia que temos o dom da vida.
Em um tempo cada vez mais corrido, perdemos quando nos esquecemos da sensação de gratificação e gratidão.
O reiki irá ajudá-lo a sentir a gratidão gradualmente, é uma ótima experiencia.

– Só por hoje, faça suas obrigações
A vida e todo as as tarefas que fazemos é o centro de tudo que fazemos e somos.
Então, temos que treinar a realizar de nosso trabalho de forma correta, com muita dedicação dedicação e carinho.
Não importa o que você faz e qual área de atuação, o que importa é fazê-lo da melhor forma possível.

– Seja gentil
Ser gentil é uma ação natural e antes de mais nada, se conhecer!
Você não pode atingir a este princípio sem antes se auto conhecer.
Quando alguém começa a ser gentil e respeitoso a si mesmo, tendo a consciência de sua capacidades e limitações, será mais fácil ser gentil e respeitoso com os outros.

Só por hoje?
Hoje é a vida!
No reiki aprendemos que a única coisa que realmente existe é o presente, onde estamos vivendo atualmente.
Esta disposição convida você para viver a vida, neste momento, no presente (aqui e agora) em uma ótima experiência.

“Só por Hoje” está relacionado com os outros cinco princípios; o reiki pode trazer um significa profundo destes pensamento e ajudará a atingir o seu entendimento.