PASSANDO DA ESCURIDÃO PARA A LUZ

(Mensagem de Kryon, canalizada ao vivo por Lee Carroll, em Buffalo, New York, em 24 de junho de 2017)

Fonte: http://www.kryon.com/CHAN2017/k_channel17_Buffalo.html

Para ajudar o leitor, esta mensagem foi revista [por Lee e Kryon] e complementada, para permitir um entendimento mais claro. Inclusive algumas informações foram incluídas. Geralmente as canalizações ao vivo têm uma energia implícita que carrega um tipo de comunicação que o texto escrito não traz. Então, aproveite esta mensagem aprimorada, transmitida em Buffalo.

Saudações, queridos! Eu sou Kryon do Serviço Magnético. Quero que coloquem uma bolha em volta deste lugar, bloqueando todos os sons e conceitos. Há uma energia aqui para vocês e, para alguns, este dia de ensinamentos é uma energia de “a-há!” – Não é uma energia nova, mas uma lembrança.

Queridos, para muitos de vocês haverá inúmeras dessas lembranças, e era isto que esperavam neste momento. Vocês vão começar a se lembrar de coisas de tempos antigos, que fazem sentido. São coisas que vocês aprenderam e vivenciaram como xamãs no passado. Os antigos eram vocês, almas velhas, e há muito para se lembrar! Vocês se lembrarão de várias profecias das quais vocês mesmos, como anciões, participaram – sabendo, em algum nível, que realmente estariam nesse futuro algum dia – e agora vocês de fato estão. Todas essas coisas começaram a fazer sentido nas sensações que estão começando a ter.

Esta canalização especial apresenta uma pergunta a cada um de vocês: “Como você vai viver a vida agora, passando da escuridão para a luz?” Sendo uma alma antiga, você está no planeta literalmente há milhares de anos, desde a própria criação da história e, assim, está imbuído do conhecimento da luz e das trevas. Em algum nível, você estava vivo, civilização após civilização… inclusive esteve aqui em civilizações das quais os livros de História ainda não têm conhecimento. Essa é a idade que você tem! Entretanto, toda vez que esteve neste planeta, você voltou para uma consciência baixa.

Numa escala de um a dez – “um” representando a consciência inicial, e “dez” a consciência mais sábia – a civilização humana ainda está por volta dos “três e meio”. Isto foi o máximo que ela se desenvolveu em qualquer civilização deste planeta. Algumas começaram em um nível mais alto, mas declinaram para o que vocês têm hoje.

 

Vocês viveram milhares de anos em uma energia mais antiga, e aqui estão agora, com uma energia que está mudando, onde a luz começa a se mostrar e a escuridão começa a desaparecer por falta de função. A consciência inferior (trevas) está perdendo porque os próprios atributos das coisas que costumavam alimentá-la já não são mais viáveis. Os sistemas caracterizados pela ganância e falta de integridade vão começar a desmoronar. Diferentes partes do planeta serão afetadas primeiro, e outras as seguirão. Entretanto, elas desmoronarão porque a luz está vencendo.

O que você, pessoalmente, está fazendo em relação a isto? Como será penetrar na luz depois de milhares de anos de escuridão? Que hábitos você vai trazer para esta nova era, que o manterá no escuro?

Neste curto espaço de tempo, desejo compartilhar com vocês, almas velhas, uns poucos atributos que servirão de alimento para o pensamento. Vocês são a esperança deste planeta, a luz deste planeta, almas velhas! Vocês são os experientes deste planeta e, no entanto, muitos ainda estão montando o quebra-cabeça no escuro. Como vão fazer? Vou lhes dar uma lista – como geralmente faço – de alguns atributos que representarão passos e insights no processo desta passagem da escuridão para a luz.

CRENÇA

Como em várias outras listas que temos oferecido, o PRIMEIRO item é: “Você acredita nisto? Você realmente acredita nisto?” Temos transmitido mensagens sobre saúde e a capacidade que o ser humano tem de “minar” o Akasha. Falamos sobre conversar com suas células e trabalhar com o inato [inteligência inata do corpo]. Em todas elas, a primeira pergunta sempre foi “Você acredita nisto?” O motivo pelo qual este passo é básico e o mais importante é que, a menos que a sua consciência o aceite como verdade, o resto do seu corpo não terá a menor chance. Você é o chefe das suas células, a sua consciência conversa com o seu inato, e você tem que participar disso tudo – precisa assumi-lo! Você acredita nisso? Você realmente acredita que está ocorrendo uma mudança?

Ao dar uma olhada ao redor do planeta e observar tudo o que está acontecendo nos negócios e no governo, talvez você note algo estranho. Embora todas essas coisas acontecessem regularmente na velha energia, elas estão se debatendo nesta nova energia, ou no mínimo parecendo inapropriadas. Você nunca viu esta energia, ela nunca foi testada nas suas outras vidas. Nenhum Ser Humano jamais viu estes atributos que estão chegando. Se pegarmos um peixe de água salgada e o colocarmos na água doce, ele morrerá, a não ser que haja um mecanismo que aprimore o seu metabolismo. Ele é aquático, mas não nesse tipo de água. Da mesma forma, o ser humano está se mudando da escuridão para a luz, e embora já tenha vivido muitas vidas, os paradigmas são diferentes. Então precisará adequar-se a eles.

Portanto este é o item NÚMERO UM: você tem que acreditar. Isto está realmente acontecendo no planeta ou é uma coisa que você ouviu num seminário durante uma canalização? É um otimismo exagerado, uma ilusão criada por uma mentalidade sonhadora, da qual você não está muito convencido? Ou você realmente se sente parte disto? Se é assim que se sente, então precisa afirmar: “Eu estou vendo! Uau! Isto está realmente acontecendo! Estou no lugar certo, no momento certo, e faço parte da mudança. Esta é uma das melhores coisas que já aconteceu no planeta! Estou vivo na época certa, e eu vim aqui para isto!”

Alguns poderão ser super-analíticos e dizer: “Não posso ter vindo para esta mudança da escuridão para a luz, porque sou muito velho. Tenho isto ou aquilo de errado, então não posso seguir adiante com algo tão diferente, com tanta mudança.” Se este é o seu caso, querido, saiba que a criação de luz é uma coisa que você faz muito bem, independentemente de quem você é, quantos anos tem ou o que está acontecendo com o seu corpo. A criação da compaixão e da luz é a consciência trabalhando no seu modo mais elegante, e todos vocês podem fazer isto.

Houve muitos que disseram, “Eu não vou mais voltar aqui. Já fiz meu trabalho!” Sim, já fez! Mas eu disse e repito várias vezes: você não perderia a festa! Querido, desta vez você não vai mais fazer os mesmos erros que fez. Você chegará aqui com pureza e uma lembrança Akáshica que criará uma sabedoria nova… Isto é o que acontecerá mais tarde, mas neste momento, nós precisamos de você, alma velha! Você está aqui agora para literalmente vencer a guerra entre a luz e a escuridão enquanto ainda está vivo. E é por isto que lhe oferecemos informações para uma vida prolongada, na qual você começa a entender como curar seu corpo, conversar com suas células e criar o que a medicina diz que é impossível.

Alguns que estão sentados aqui neste instante já fizeram isso. Eu sei quem está aqui, e sei quem se senta à minha frente. Há uma abundância de milagres e sincronicidades aqui no auditório. Eu sei o que aconteceu na vida de vocês. O Espírito sabe. Cada um de vocês está totalmente pronto para esta informação! Uma vez que decida que ela é real e resolva assumi-la, você poderá iniciar a jornada para a luz.

Em seguida, você deve se perguntar: “Se é verdade, o que farei para cooperar com isto? O que muda em mim por eu ter reconhecido ou assumido o fato de que está ocorrendo uma mudança da escuridão para a luz?” Este é o cumprimento da profecia das eras, e você está num momento incomum e repleto de mudanças. Qual é o seu próximo passo? O que você vai fazer?

HÁBITOS DA CONSCIÊNCIA ANTIGA

Ser Humano, você tem hábitos antigos, e isto não é nada de que deva envergonhar-se ou sentir-se culpado. Hábitos são hábitos, e você fez o que fez para sobreviver durante toda a sua vida. Agora toda estrutura com a qual você se acostumou está começando a mudar. Então, que tal analisar sua reação às coisas? … você é um queixoso? Talvez nem sequer perceba que é, porque é muito fácil concordar com outros queixosos sem pensar. Sabia que isto é um hábito? É um hábito cultural. É possível que você mesmo nem acredite realmente nas coisas que fala, mas isto é um hábito.

Você enxerga o futuro com otimismo? Você diz que sim, mas quando outros à sua volta dizem, ”Estamos todos arruinados e isto nunca vai melhorar. Tudo está piorando cada vez mais!”, você fica quieto e balança a cabeça afirmativamente? Isto é fácil de fazer.

Talvez você seja mais proativo. Talvez, sem ser do contra ou antissocial, você reflita sobre as declarações negativas e diga, “Bem, não tenho tanta certeza disso. Tenho ouvido algumas coisas boas. Sou um pouco mais otimista do que isso.” Pode ser que você tenha aprendido a ser mais positivo sem afirmar algo que deixaria seus amigos desconfortáveis ou sentindo-se errados. Ou que tenha descoberto a diplomacia do bom senso e equilíbrio… ou descoberto como ir contra a corrente dos hábitos negativos daqueles que o rodeiam, sem ser visto como uma pessoa incomunicável, mas como alguém de pensamento avançado e positivo. Há uma diferença.

Com tudo o que você sabe agora sobre a mudança, consegue começar a ver as coisas de forma diferente? O que é possível agora, que antes você pensava que não fosse? Será que agora você vai começar a considerar o que talvez possa ser, em vez de já decidir que não pode ser? Estou falando aqui com aquele que já definiu o planeta e a si mesmo, e sente que nada disso vai mudar. Isto simplesmente não é verdade, querido. Recentemente transmiti uma mensagem sobre as ilusões da escuridão e suas grandes inverdades. E uma das inverdades é esta: nada jamais mudará; a natureza humana será sempre a mesma, a História prova isto. Você consegue sair um pouco da caixa do passado e começar a se abrir para algo que não espera?

Quando alguém lhe diz: “Veja, estes são os fatos. É simplesmente impossível consertar isto! Estes são os fatos! Foi isto que aconteceu e se repetiu no passado inúmeras vezes, e é o que vai continuar a acontecer”, você consegue responder, “Não sei como vai acontecer, mas sinto-me confiante de que não somos como éramos no passado, e que o futuro não é o que nos foi dito que seria. Veja, nós não sabemos tudo. Você não sabe o que não sabe e, portanto, existe uma esperança – não apenas esperança, mas uma promessa”?

Você é um dos que acreditam na mudança? Como, então, pode mudar seus velhos hábitos para provar isto? Este foi o item NÚMERO DOIS.

PROMOVENDO O DRAMA E A VERDADE OCULTA

NÚMERO TRÊS: Existem três energias muito antigas na sua sociedade e cultura, que sempre foram as mesmas e representam a natureza humana passada. E você precisa decidir o que fazer com elas. Talvez não consiga mudá-las, mas pode escolher o que fazer com elas.

Se acredita na mudança e está começando a pensar mais positivamente, então deixe-me contar-lhe uma coisa que vai ajudá-lo. Existe muita luz no planeta que não está sendo relatada. Estão surgindo ideias de conhecimento elevado e novos conceitos sobre o futuro da humanidade, em lugares muito poderosos. São sementes de um novo pensamento, que estão começando a se desenvolver. Algumas delas fazem muito sentido e são muito elegantes, no entanto elas nunca chegarão ao seu conhecimento. Qual o motivo?  Sua mídia está lotada com a velha e sombria consciência do drama acima de qualquer outra coisa, e muitos seres humanos criam voluntariamente uma plataforma para sustentá-la.

Alguns chegam em casa depois do trabalho e acham que é uma boa ideia ligar a televisão e ver todas as coisas horríveis que aconteceram no planeta naquele dia. Ou, se não quiserem ver as notícias, procuram um programa de entretenimento e, assim, vão ver famílias reclamando e discutindo sobre seus dramas. O que quero dizer, querido, é que sua mídia está falida, e você continua assistindo-a assim mesmo.

Neste momento, ela continua na energia antiga, e aqueles que a administram pensam que sabem melhor do que você o que você e seus vizinhos querem. Então, vão continuar apresentando situações sombrias regularmente, e se não houver nada de ruim, vão criá-lo para você. É com isto que você está se defrontando. Aqui está o meu conselho: selecione cuidadosamente o meio de comunicação que você acredita ser verdadeiro e preciso. Você não gostaria de ter coisas mais divertidas para ver? Como animais de estimação fazendo coisas engraçadinhas, por exemplo… ou crianças fazendo coisas surpreendentes e divertidas; ou grandes histórias de heroísmo com finais edificantes; ou documentários sobre maravilhas da natureza; ou uma comédia hilariante? Hoje em dia, com tantas novas invenções, você pode ver tudo isso, quanto quiser, sem comerciais! Esta é a mais nova tendência e evolução da seleção das informações à disposição nos seus meios de comunicação – o controle pessoal sobre os programas dentro da sua casa, sem interrupção para comerciais. Você já percebeu que isto está acontecendo? E já se perguntou por quê?

Então, a solução para a mídia tendenciosa é simples. Não assista nem escute as transmissões comuns, padronizadas! Procure conhecer as alternativas e seja seletivo. Selecione noticiários que não sejam voltados a oferecer tragédias em tempo integral. É óbvio que você precisa estar em contato com o que está acontecendo, mas não precisa aceitar um programa que se dedique a enaltecer e promover o drama do dia e torná-lo pior do que já é – ou que não dê nenhuma notícia sobre as coisas boas que estão acontecendo.

Digo isto porque as transmissões via rádio e televisão não estão apenas falidas, mas são também perigosas, já que oferecem impressões falsas sobre a visão geral do planeta. Elas estão presas na energia antiga e ainda não se alinharam com a nova visão do que realmente pode estar acontecendo aqui. Ainda não. Até mesmo os canais que supostamente dariam boas informações relacionadas à Educação e à História, são tendenciosos a um ponto que você nem pode imaginar. Eles continuam acreditando na manipulação da interpretação, até mesmo de fatos históricos ou documentados, que os transforme em estórias terríveis e sombrias. Eles acreditam que é isto que as pessoas realmente querem.

O que aconteceria se essas empresas começassem a transmitir coisas que as pessoas realmente gostassem de assistir? O que aconteceria é exatamente o que elas gostariam… suas receitas aumentariam! Espero que elas estejam escutando isto! Chegará um dia, querido, em que haverá mais de um canal de notícias boas, e você poderá sintonizá-los para ouvir as coisas mais heroicas e comoventes que aconteceram nesse dia no planeta. Provavelmente as notícias serão balanceadas com outras coisas que também aconteceram. Mas haverá um equilíbrio que ainda não se viu em nenhum lugar.

DESATIVANDO O DRAMA

Deixe-me dar-lhe mais um atributo. Talvez você tenha amigos, familiares e colegas de trabalho com os quais é difícil de conviver. Cada vez que você aparece, tem sempre um drama. Isto fere seu coração. Às vezes você fica até com medo de estar com eles e, quando está, sempre acaba ficando cansado. Isto não é uma coisa que você possa mudar; é a natureza das trevas.

Quero lhe dizer algo que nunca falei antes. Há dois tipos de situação aqui, e dois tipos de respostas para esses dois tipos de problemas. Uma é o drama consistente. Se for algo que esteja acontecendo onde você mora agora, alma velha, seria bom que encontrasse um jeito de sair do drama, o que quer que isto signifique para você. Desligue-se do drama e, quando o fizer, vai descobrir que viverá mais tempo, que a luz entrará na sua vida, e você vai rir mais.

Ouça-me, Trabalhador da Luz! Ouça-me, alma velha! Saia do drama! Não deixe que nenhuma situação volte sempre a assumir um clima dramático, enquanto você fica sentado permitindo que isso aconteça. Se não conseguir controlá-la, se não conseguir contribuir para que ela mude, então retire-se. Por que você se sentaria junto do veneno? Por que continuaria a ingerir coisas que vão matá-lo? Então, por que permanecer no drama?

A outra situação é o drama temporário. O mais difícil? Dramas geralmente estão sempre circulando nas famílias, e este é o motivo pelo qual muitos dos que estão ouvindo ou lendo isto acabaram se desvinculando do seu núcleo familiar. Provavelmente você se tornou uma ovelha negra. Na verdade, você é a ovelha branca; o que é negro é o drama que a família mantém em circulação dentro dela! É por isto que os feriados são tão difíceis para você, pois são ocasiões em que há uma certa obrigação de se fazer visita e, nesse processo, você acaba entrando novamente no drama familiar por um dia ou dois, e isto é muito desconfortável e, muitas vezes, agressivo e difícil.

Quando visitar a família, não deixe que apertem seus botões da raiva ou da frustração. Mantenha-se equilibrado e pronto para a possibilidade de um drama familiar. Se tentarem envolvê-lo no processo de seus dramas, simplesmente permaneça equilibrado e mostre-lhes o que aprendeu – como ser positivo e não ser afetado pelo processo dos outros.

Isto é difícil, mas se conseguir agir assim, eles notarão. Perceberão que não podem aborrecê-lo ou frustrá-lo, e nem o intimidar com algo que é antigo demais, que não está mais alinhado carmicamente com você, ou que é inapropriado. Não importa o quanto eles tentem, apenas ria, mostrando claramente que não está “mordendo a isca”. Você não faz ideia de quanto isto o fortalece e quanta luz isto cria em lugares escuros. Você simplesmente não “representará” o drama com eles. Esta é a verdadeira maestria.

O PAPEL DA CRIANÇA INTERIOR

Quero que convide a criança interior de volta para a sua vida. Lembra-se, querido, de um tempo em que não tinha nada com que se preocupar? Consegue lembrar-se de quando a maior preocupação da sua vida era quanto tempo poderia brincar e quando teria que voltar para casa? Aquele sentimento maravilhoso de isenção dos problemas da vida ainda se encontra dentro de você. Isto não é um convite para ser irresponsável, mas um convite para encontrar a alegria da criança e trazê-la de volta à sua vida atual, quando necessitar.

Isto cria um Ser Humano mais tranquilo e uma amabilidade e equilíbrio que só a lembrança da inocência da criança podem criar. Este é um passo decisivo para permanecer equilibrado e não permitir que o mundo adulto dite sua depressão ou seus sentimentos frios em relação à vida.

Este pode realmente ser o mais difícil dos passos, devido a tudo o que se encontra à sua volta, às situações que você enfrenta, e à batalha cada vez maior entre a luz e a escuridão. No meio de tudo isto, estou lhe pedindo que encontre alegria. Para isto, traga de volta as lembranças das coisas mais felizes que já lhe aconteceram. Isto tem a ver com a sua infância. Recrie os sentimentos da véspera do Natal, ou do seu aniversário, ou do dia anterior a algum evento que você esteve esperando por tanto tempo. O entusiasmo que essas coisas lhe trazem fazem com que você tenha vontade de pular e sorrir. A vida é boa!

Todas essas coisas ainda fazem parte da sua criança interior. Querido, o Ser Humano evoluído é aquele que tem a oportunidade de ter tudo isso como parte do seu dia-a-dia, até seu último suspiro. Elas não pertencem somente às crianças. Pertencem ao Ser Humano evoluído. É isto que faz a diferença entre o antigo e o novo.

A compaixão desempenhará sua parte aqui naturalmente. Ela se tornará automática e óbvia. O amor desempenhará sua parte com naturalidade. O bom senso também. O equilíbrio prevalecerá com o bom senso. Você não precisará tentar amar, não precisará tentar ser compassivo; isto é simplesmente o que você é.

Consegue reconhecer isto? Está realmente acontecendo? A mudança está de fato acontecendo? Finalmente o vento está soprando a seu favor. Já dissemos isto antes. Esta é a nova energia. Bem-vindo à Nova Terra!

Saia daqui mudado. Haverá alguns que ouviram isto e dirão que Kryon está louco: “Não há nenhuma melhora ou luz chegando. Não é o que vejo nos noticiários.” Exatamente! Então por que os ver? Existem coisas neste planeta que são belas, que estão acontecendo agora, mas não estão sendo vistas. Quero que você perceba isto, que reconheça, acredite e entenda isto. A luz está vencendo!

E assim é.

KRYON

© Direitos Autorais:

Esta informação é gratuita e está disponível para que a imprima, copie ou distribua como desejar. No entanto seus Direitos Autorais proíbem sua venda de qualquer forma, exceto pelo editor.

Lee Carroll

Tradução de Vera Corrêa veracorrea46@gmail.com

Anúncios

IR ALÉM DA NOVA ERA

Por Maria Chambers
27/05/17

Um conhecido, no café, às vezes quer saber por que o mundo parece muito pior do que há alguns anos. Eu destaco que estamos passando por uma mudança de consciência. Que há pessoas suficientes agora no planeta, embora seja um número muito pequeno, que torna possível passar para uma era totalmente nova.

E continuo explicando que aquilo pelo qual o mundo está passando, é que os lugares em que as questões foram escondidas, estão agora vindo à tona. Por isso parece que as coisas estão ficando piores, mas, de fato, são simplesmente bolsões do despertar inconsciente. Mas, para o mundo, será um processo relativamente lento.

E, para nós, que optamos por despertar nesta existência, realizar nossa iluminação encarnada, as coisas são mais aceleradas. Estivemos nos preparando para isso durante muitas existências, literalmente.

Aquilo pelo qual o mundo está passando, nós já o fizemos. Atravessamos a nossa escuridão e dispendemos muitos anos lutando com nossos ‘demônios’, até que compreendemos que a escuridão vem da luz. Que não é ruim, mas apenas partes nossas que estiveram ocultas.

Percebemos que o despertar é simplesmente aceitar todas as nossas partes: a luz e o lado sombrio. Nosso humano e nosso divino.

O restante do mundo ainda não se apropriou da sua escuridão, em vez disso está projetando-a em um inimigo de algum tipo. Esse inimigo pode ser o governo, as grandes empresas, as riquezas, outras raças ou o diabo. Em um nível interpessoal, podem ser seus filhos, seu cônjuge, seus colegas de trabalho, seu chefe.

NOSSO CORPO

Vocês podem dizer que o nosso corpo físico é como o resto do mundo. Está ainda funcionando sob a velha consciência. É mais lento em captar nossa consciência iluminada porque é constituído ainda de carbono. Devido à luz que invocamos, estão vindo à baila problemas, doenças de longa data. As coisas estão vindo à superfície para serem removidas.

Assim como testemunhamos a aparente escuridão e caos no globo, e compreendemos que é simplesmente o precursor da mudança, assim é com o nosso veículo físico. Está simplesmente passando pelas próprias mudanças e repetições. Não precisa que se julgue como um sinal ruim, que há algo de errado, que fizemos algo errado, ou como um sinal de as coisas estão fadadas ao desastre e à ruína.

TRATA-SE DO FIM DO MUNDO CONFORME O CONHECEMOS

Muitas pessoas concordam com o fim dos tempos como significando o fim do mundo.

Que o planeta se dirige para a autodestruição.

Mas sabemos que isso é simplesmente o fim da velha era. E até mesmo o fim da Nova Era. A introdução da luz crística no planeta inaugurou uma nova era de consciência. Mas, como em qualquer ciclo novo, o velho deve se desintegrar. Os sistemas antigos precisam mudar e desfazer-se. E isso provoca um grande medo.

Faz com que grupos e indivíduos entrem em pânico e tentem manter o status quo. Os negociadores do poder trabalham horas extras para manter o seu poder. Mas, o que eles estão descobrindo é que na Nova Era, não há necessidade de poder, que o poder é uma ilusão.

Portanto, tentar fazer as coisas do modo antigo fica cada vez mais difícil.

A nova consciência diz respeito à permissão. Não tentar mudar as coisas. Não exercer pressão sobre as coisas, a consciência crística se refere realmente a se permitir e receber. É um modo diametralmente diferente de vida da que levamos durante éons.

A iluminação encarnada se refere a colocar-se em primeiro lugar. Trata-se de permitir-nos ser humanos e convidar nossa alma para o nosso corpo, e nossa vida, do modo como este corpo e esta vida são.

É um processo com frequência extenuante. Traz as coisas à tona. Pode criar o caos temporariamente. Exige uma devoção a nós mesmos e isso requer que sejamos um pouco egoístas. Que frequentemente nos afastemos das distrações. Dos emaranhamentos com outros seres humanos.

A JORNADA TERMINOU

Nem é mesmo uma jornada espiritual. Porque a maioria dos assim chamados buscadores espirituais estão tentando achar o espírito. Eles estão em uma busca. Eles estão interessados principalmente em como podem melhor servir o restante do mundo. Eles aderem à unidade de consciência, em que as necessidades alheias vêm em primeiro lugar.

Há um lugar para isso, e, em um nível da alma, eles estão simplesmente onde precisavam estar. Mas isso não é iluminação encarnada. A maioria das pessoas na comunidade da Nova Era está envolvida no processo da busca espiritual e não estão prontos para encarar o próprio lado sombrio. Eles estão ainda concentrados somente na luz.

A iluminação encarnada não se refere a buscar alguma coisa, ou tentar melhorar o nosso eu humano. Não se trata de ser um ser humano melhor ou mais amoroso e generoso. Não diz respeito a meditação, cristais, óleos essenciais, portais energéticos, ET’s, pessoas que oram pela paz mundial ou que acreditam em teorias da conspiração. Não se trata de analisar todos os nossos problemas. Nem de curar os demais ou até nós mesmos.

Trata-se simplesmente de aceitar-nos como o ser humano limitado, com uma mente limitada e permitir que essa nossa parte que é ilimitada, nossa consciência crística, floresça em nosso íntimo. Isso faz toda a transformação necessária. E se torna a solução para todos os dilemas do mundo. Isso é feito com uma alma de cada vez.

Por favor, respeite os créditos ao compartilhar
DE CORAÇÃO A CORAÇÃO – http://www.decoracaoacoracao.blog.br
DE CORAÇÃO A CORAÇÃO – https://lecocq.wordpress.com
Direitos Autorais: Copyright © 2017, Maria Chambers. Todos os direitos reservados. Por favor, sintam-se livres para compartilhar este conteúdo com os outros, publiquem em seus blogs, página do Facebook, etc., mas mantenham a integridade deste artigo por incluir o autor, o tradutor e o link do site: Maria Chambers –https://soulsoothinsounds.wordpress.com
Tradução de Ivete Brito – adavai@me.comwww.adavai.wordpress.com
Grata Ivete!

LUZ!
STELA

PONTOS CRÍTICOS, MOMENTOS DE MUDANÇA & O REVEZAMENTO NA ASCENSÃO

Mensagem de Jennifer Hoffman
15 de Junho de 2017

Estamos quase em meados de Junho e o Solstício será na próxima semana. Este ano está passando com muita rapidez e, como muitos anos anteriores, o segundo semestre será mais fácil do que o primeiro.

Assim, se você esteve lutando desde Janeiro, anime-se porque depois de Junho as coisas começarão a se nivelar energeticamente. Temos lutado com muitas e grandes mudanças e com transmissões de energia, e nesta semana estaremos sentindo isto de forma muito intensa, o que irei descrever na mensagem desta semana.

Pontos críticos, momentos de mudança, transformação e grandes transmissões de energia, bem como a compreensão do ciclo da ascensão fazem parte da narrativa desta semana.

Estamos em outro grande ciclo de energia, e este enfatiza as três fases da ascensão:

– O ponto crítico, onde alcançamos o final de nossa “estrada de energia” e percebemos que não mais queremos ou gostamos da realidade que temos.

– O momento de mudança onde decidimos onde decidimos se iremos virar a partir do ponto crítico ou iremos avançar.

– A transformação, onde transcendemos para um novo paradigma e realidade. Isto é a transcensão (transmigração) porque é um processo passo a passo e não um grande passo para uma nova realidade.

Temos também que observar a atividade da CERN (Organização Europeia para a Pesquisa Nuclear). Seu propósito é manter a 3D intacta e abrir densos portais de energia a partir do paradigma da 3D.

Não há nada de bom sobre o que a CERN está fazendo. Mas eles não levam em conta o nosso trabalho de energia em seu processo e estão tentando superá-lo, o que eles não podem fazer. Está tudo bem, mas isto nos afeta e a nossa energia e precisamos continuar a energia elevada para superar isto.

Há alguns grandes equívocos sobre como funciona um ciclo de ascensão e isto está afetando a nossa capacidade de avançar, permitindo-nos acreditar que seja um salto gigantesco em vez de uma serie de ciclos de ascensão.

Estamos participando da maratona da ascensão e em algum ponto precisaremos passar o bastão para a próxima geração de Trabalhadores da Luz, enquanto nos movemos para os nossos novos papéis de Faróis de Luz em expansão.

Precisamos brilhar agora porque isto é o que nos move ao longo de nosso ciclo de ascensão e mantém a integração 3D/5D avançando.

Brilhe! Isto fica melhor e mais fácil à medida que avançamos para os nossos novos paradigmas da 5D que estão integrados com a 3D. Não estamos eliminando a 3D e isto é uma coisa importante para se lembrar.

Por favor, respeite os créditos ao compartilhar
DE CORAÇÃO A CORAÇÃO – http://www.decoracaoacoracao.blog.br
DE CORAÇÃO A CORAÇÃO – https://lecocq.wordpress.com
http://enlighteninglife.com
Tradução: Regina Drumond – reginamadrumond@yahoo.com.br
Grata Regina!

LUZ!
STELA

ONDA ENERGÉTICA ATINGINDO E TRANSFORMANDO CADA UM DE NÓS

Jenny Schiltz
26/05/17

Uau! Vocês podem sentir esta onda energética que está realmente nos atingindo? Como de costume, parece estar em todo o lugar pela forma como estão nos fazendo sentir – tanto física quanto emocionalmente. Essa energia está nos transformando, não apenas de modo físico como emocional, nos preparando para o que está por vir. Nosso trabalho é simplesmente permitir que o processo ocorra e fazer o melhor para encontrar paz e alegria internamente.

A grande questão para mim tem sido as dores nas articulações. Começaram alguns dias antes de a energia nos atingir, o que para alguns de nós parece uma “pré-onda”. Meu pescoço, ombros e cotovelos realmente doíam, e no dia seguinte eram os meus quadris, joelhos e tornozelos. Felizmente, as dores articulares passaram, mas o que não passou foi essa sensação de ser um tigre enjaulado.

Sinto essa agitação passando por meu corpo, mas com um tom de ansiedade. Estou descobrindo que apenas quero estar lá fora e sob o sol. Movimentar-se é de fato importante também, e embora seja difícil pensar em se mexer quando o seu corpo dói, pode realmente ajudar a movimentar a energia POR SEU INTERMÉDIO.

Outras pessoas estão enfrentando exaustão, inchaço (que é simplesmente muito divertido), dores de cabeça, dores nas costas, aparecimento repentino de problemas crônicos e muitos zumbidos nos ouvidos. Ansiedade e depressão são comuns a cada vez que a energia sofre aceleração, assim como sonhos ruins.

Vocês estão tão-somente removendo de maneira profunda a programação. Alguns estão até mesmo removendo linhas de tempo apocalípticas. Não se apeguem ao que quer que surja, simplesmente observem e em seguida liberem-no. Quando nos apegamos, não permitimos que isso aconteça e de fato criamos laços com tudo, o que faz com que se mantenha firmemente conosco.

Disseram-me que essa explosão energética está nos tornando mais suscetíveis às influências da energia externa. Pode ser a televisão, a mídia social, todos os eletrônicos e até as pessoas. Todavia, funciona de ambas as formas, e estamos suscetíveis também às influências do vento, do sol, das plantas e, sem dúvida, principalmente do riso.

Deixem que o modo como se sentem emocionalmente determine o que é certo para vocês. Para algumas pessoas, assistir a um filme é perfeito e para outras, fazer uma caminhada tranquiliza a alma.

Sei que muitos de vocês estão cansados e querem que isso acabe.
Não vou adoçar a pílula e dizer que vai acabar em breve, porque não vai.

No entanto, ficamos mais fortes, o corpo se atualiza, crescemos e aprendemos, e isso facilita as coisas. Os que estão começando agora esse processo estão sendo afetados por coisas que alguém que tem estado “nisso” por algum tempo nem sequer imaginou. O fundamental é dar um passo para trás e ver como vocês cresceram e mudaram. Permitam que esse conhecimento lhes dê forças para prosseguir.

O chacra cardíaco e o plexo solar estão sendo focalizados no momento e somos indagados: “Vocês podem acessar o seu poder e permanecer em seu coração? ”

Assim, nos mostram as áreas onde não fomos capazes de fazer isso, em que devemos corrigir e justar nossas vidas. Mostram-nos onde ainda mantemos o julgamento, a falta, a insegurança e a dúvida.

Tornem-se observadores e tomem nota do que lhes está sendo mostrado como se vocês estivessem vendo a vida de outra pessoa – essa é a forma como vocês podem ver o que necessita mudar, acrescentar ou afastar-se sem julgamento.

Por favor, respeite os créditos ao compartilhar
DE CORAÇÃO A CORAÇÃO – http://www.decoracaoacoracao.blog.br
DE CORAÇÃO A CORAÇÃO – https://lecocq.wordpress.com
Direitos Autorais: Site original: www.channelingthemasters.wordpress.com
Tradução de Ivete Brito – adavai@me.comwww.adavai.wordpress.com

NOVA QUEDA DAS LINHAS DO TEMPO E ABERTURA DE NOVAS REALIDADES

SANANDA
canalizado por Elsa Farrus

“Preparemo-nos porque vêm mais situações que não podemos controlar, vem mais caos, e personalidades que se acentuarão e serão inevitáveis. E nas quais nenhuma de nossas estratégias funcionará; é aí onde as energias entrantes, com a exaustão aparente, vai nos obrigar a fazer uma pausa forçada, que rompa todos os planos que tínhamos sobre algo ou alguém.”

As Linhas do Tempo estão caindo graças ao trabalho que todos fazem em nível pessoal, emocional e também às exigências energéticas coletivas dos últimos anos, criando novas vibrações de Amor e Paz.

E são tão evidentes que tomamos uma decisão e se abre uma realidade, quase de imediato, seja para uma boa realidade ou mostrar-nos que não há caminho.

Tudo isso amplificado pelas imensas energias adamantinas que chegam desde o princípio do ano, ou desde o eclipse de 2016.

Por isso sentimos que não há descanso, para a integração após integração, transformação depois de transformação, e novamente a mudança da realidade. Em dia após dia, como em uma câmara de aceleração de verdades.

Quando várias pessoas assumem um desafio pessoal, a mesma vibração, como o medo de ser ela mesma/ou ressonância, e um novo cronograma de aceitação pessoal, a linha global sustentando o medo cai, se desintegra, e imediatamente também por ressonância cria-se uma onda, que parece acelerar a todos para resolver o mesmo tema e, assim, estar unidos em unidade.

Por isso os antigos canalizadores disseram, que alguns trabalhadores da vibração sustentavam e iluminavam os outros seres vivos. Na verdade, é um pacto de Luz com Gaia e para com o nosso Grupo de Almas.

Mas o que acontece através das tempestades solares dos últimos dias, tudo parece dobrar o esforço e os desafios se tornam mais intensos, para asseverar se o nosso compromisso de amor com Gaia continua a ser autêntico.

E uma vez que a ira daqueles que não sentem como Fluir é mais visível do que nunca, eles desempenham o seu papel nas cenas de nossas vidas, para que sigamos sustentando esse amor, e esse centro energético que é o nosso prana não polarizado.

Estamos criando uma Rede ou malha de consciência sem precedentes, sem fardo, sem julgamento, e que se move e agita a tudo o que está ao nosso redor, e também a nós, quando nos tornamos esta vibração que já aprendemos a e sentir, já decidimos como viver – por isso parece que estamos mais intolerantes, e estamos.

Todos os seres vivos que escolhem a Paz, ante qualquer desafio físico, tornam-se Guardiões da Vibração e Luz, para consigo mesmos, com o seu clã ou linhagem e com suas almas afins, e com a Consciência da Unidade.

Quanto mais avançamos com o nosso próprio eu, mais profundo é o progresso global, não temos de mudar nada, apenas transformar-nos na aceitação de nós mesmos, e os processos. Nesse encontro com o eu, nasce a nova realidade de todas as coisas que cada um tem desejado mas não sabia encontrar, uma vez que as novas linhas de tempo mostra-nos outra visão global dos fatos.

Preparemo-nos porque vêm mais situações que não podemos controlar, vem mais caos, e personalidades que se acentuarão e serão inevitáveis. E nas quais nenhuma de nossas estratégias funcionará; é aí onde as energias entrantes, com a exaustão aparente, vai nos obrigar a fazer uma pausa forçada, que rompa todos os planos que tínhamos sobre algo ou alguém.

Vamos dar uma pausa para separação temporária, quando já não estamos avançando. A pausa pode ocorrer no meio de praticamente qualquer atividade e pode durar um instante, horas ou temporadas de nossas vidas. Até chegar a aceitação do que é, em si mesmo, para o Bem Maior.

Tudo isso, incluídas as pausas, são uma oportunidade para ver claramente os desejos e medos que estão nos conduzindo em uma situação, e transformá-los, e transformar o nosso ego mais sutil, mesmo que não gostemos.

Ainda que não acreditemos, às vezes, o momento em que mais precisamos fazer uma pausa é exatamente quando se sente mais inaceitável fazê-lo, porque é a mente que decide se é ou não o momento – e a pausa é o Ser De Luz que nos alerta de fazer para trazer ordem e Soltar/liberar.

Começarmos a confiar em nossa inteligência natural, em nosso coração naturalmente sábio, em nossa capacidade de estar abertos para o que emerge.

Neste momento, a nossa vida é um Padrão De Luz, implantação criativa da Luz, de Regeneração.

Por favor, respeite os créditos ao compartilhar
DE CORAÇÃO A CORAÇÃO – http://www.decoracaoacoracao.blog.br
DE CORAÇÃO A CORAÇÃO – https://lecocq.wordpress.com
http://www.ascensiongaia.es/2017/05/nueva-caida-de-las-lineas-del-tiempo-y.html
Tradução Vilma Capuano – vilmacapuano@yahoo.com.br

DOIS MEDOS PROFUNDOS

(Mensagem de Maria Madalena, através de Pamela Kribbe)

Fonte: http://www.jeshua.net/gate/gate24.htm

Eu sou Maria Madalena e ajoelho-me diante de vocês, com admiração e respeito pelo que estão fazendo na Terra. Vocês estão abrindo novos caminhos de consciência e estão fazendo isto enquanto ainda carregam os pesos do passado dentro de si. Antigos sofrimentos e ansiedades vêm à tona exatamente porque novos modos de consciência estão se infiltrando em sua percepção, seu corpo e suas emoções. Na criação real de novos caminhos de consciência, vocês curam a antiga dor.

Parece que isto deveria ter acontecido no passado… vocês estiveram na Terra tantas vezes antes… mas até agora não era possível criar novos caminhos. Ainda havia muita consciência presa às velhas instituições de poder e autoridade, e as pessoas estavam aprisionadas pelo medo de não conseguir sobreviver, pela ansiedade no plano físico, ou pelo medo de ser socialmente condenadas ao ostracismo.

 Estes medos são muito profundos nas pessoas. Se você não sabe quem você é, se está imerso nas estruturas de inconsciência que é mantida pela sociedade, então você acredita que é seu corpo, e o medo pela sobrevivência atinge-o no mais profundo do seu ser, pois, neste caso, morrer significa ser destruído. Surgem, então, impulsos intensos para resistir e estes podem levá-lo a destruir outra pessoa, se for necessário, para assegurar sua própria sobrevivência. Este é um medo básico primitivo.

E há também o medo de ser banido da sociedade, de não poder mais pertencer ao grupo, que também é um medo muito profundo nas pessoas.

Se você não está consciente do seu eu-alma, da sua essência divina, você pensa que é um corpo, e que é uma personalidade socialmente moldada nesse corpo. A personalidade, que é formada pelas influências sociais do passado, foi e ainda está sendo moldada pelo medo. Você quer pertencer ao grupo; quer ser aceito por outras pessoas. Existe uma parte indefesa em você que deseja ser sustentada, aprovada e acolhida. Esta é a parte sua que deseja pertencer, e ela ainda é muito forte em todas as pessoas.

Você acaba de emergir de um modo de pensar e viver que era dominado pelo poder e a impotência, que estava sob o domínio do medo. Sinta em si mesmo, no seu próprio campo energético, onde essas antigas energias ainda estão agindo. Sinta isto intuitivamente. Observe se existem áreas cinzentas, ou até mais escuras, agindo visivelmente na sua aura ou no seu corpo. Perceba a ação dessas velhas energias, como ansiedade, obediência exagerada, medo pela sobrevivência e medo de ser rejeitado e ficar só. Estes são os dois maiores medos que limitavam as pessoas no passado.

A transição para o novo leva tempo. Você pode muito bem imaginar que há muito trabalho a ser feito para abandonar antigos medos, para chegar a confiar realmente na consciência do coração, numa nova consciência que afirma que você não é apenas seu corpo. Seu corpo faz parte de você, é uma parte preciosa na qual você vive temporariamente e através da qual você se expressa. Mas você é muito mais do que isso. Você é uma consciência de alma, uma luz viva, que é independente de formas físicas e materiais. Isto é um grande salto de consciência! E talvez um salto maior ainda seja o fato de você estar livre da pressão social. Porque a pressão social – ter que pertencer ao grupo – muitas vezes leva as pessoas ao nível vibratório mais baixo: a consciência de multidão. Geralmente aquilo que domina um grupo ou uma multidão, uma estrutura de poder ou um indivíduo, evoca os maiores medos nas pessoas e as manipula.

 Estes medos são os dois maiores obstáculos que as pessoas experimentaram no passado. E graças a esses medos, elas descem ao espaço do “nós”, do pertencimento, opondo-se a outras pessoas ou coisas que estejam fora do seu grupo. E assim começam a pensar em termos de “nós contra eles”, de forma que pertencer ao grupo se torna algo vital. O medo, então, precisa ser sempre confirmado, junto com as justificadas soluções para ele. O modo de lidar com esses medos inclui violência e domínio daqueles que estão fora do grupo. Estes temas estão vindo à superfície com muita força neste momento, como se pode ver no mundo à sua volta.

 Uma consciência maior é necessária agora, uma consciência que conecte e enxergue a igualdade entre todas as pessoas, mesmo que venham de ambientes totalmente diferentes, com histórias e culturas diferentes; uma consciência que enxergue no outro o que vocês têm em comum, mesmo que ele seja muito diferente de você. Esta é a tarefa deste momento, tanto no nível individual, interior, quanto entre países e culturas. Esta é a grande quebra de barreiras que vai curar o mundo. E o maior passo para essa cura é abandonar a identificação com seu corpo e com sua personalidade socialmente formada; é elevar-se acima dessas identificações e novamente reconhecer o chamado da sua alma. Sua alma lhe diz que tudo é possível, enquanto o medo em você insinua que muito pouco é possível, que você precisa se proteger, por exemplo, dos outros, ou de doenças… Mas a alma que vive em você é corajosa e forte, ela transcende as limitações.

 Gostaria de lhe dizer que você – a pessoa com quem estou falando agora – já vem ajudando a aumentar a consciência na Terra há muitas vidas e há bastante tempo. Antes desta vida, você já experimentou a sensação de unidade da qual eu falo, o fato de ser mais do que um corpo, a sensação de ser uno com outro, mesmo que o outro venha de uma experiência muito diferente da sua. Você já conhece o sentimento de querer se elevar acima de classe e posição social, embora esta energia nem sempre tenha sido bem-vinda na Terra. Foi um processo de aprendizagem ter que lidar com a diferença entre sua forma de sentir e pensar e a forma de sentir e pensar do mundo ao seu redor, ou com o modo que a maioria das pessoas percebe as coisas. E não se esqueça que muitas pessoas gostariam de pensar de outra forma, gostariam de sentir de forma diferente, porque ninguém é feliz nas garras do medo, ninguém deseja isso.

O que está acontecendo nesta época, é que as pessoas estão ficando cada vez mais fartas da vida baseada no medo. Existe agora tanta energia nova na atmosfera da Terra – uma sensação tão intensa da possibilidade das coisas serem diferentes – que as pessoas estão despertando. E certamente os jovens, as novas gerações que estão nascendo na Terra, estão sentindo mais e mais o gosto desta nova energia que você vem carregando consigo há séculos, e sentem cada vez menos prazer nas velhas formas de ser e viver. Mas, do ponto de vista dos padrões de pensamento existentes, esta energia da nova geração é algo selvagem, caótico, que não se adapta às normas estabelecidas e leva a problemas de comportamento. Entretanto, esta energia contém as “dores do parto”; algo novo está querendo nascer.

 Chego agora ao ponto principal desta conversa. Você está aqui como um mentor, para servir de parteira no nascimento desta nova energia, neste momento. Entretanto, isto exige muito de você, porque você ainda traz dentro de si os traumas de maus julgamentos e rejeição; você sabe o que é ser julgado por suas ideias inovadoras. Parte do seu legado é ser socialmente isolado, ser diferente, e isto vem deixando ferimentos emocionais em você, desde o dia em que você nasceu… na verdade, antes mesmo desta sua vida ter começado. 

 Este é o momento em que lhe será pedido para sair da sua concha, para se mostrar, se apresentar, a fim de ajudar a nova energia que se manifesta agora especialmente através dos jovens, e orientá-los, por assim dizer. Você pode ser um canal, porque tem um entendimento profundo tanto do antigo quanto do novo. Você conserva uma perna na velha energia, pela qual foi ferido, portanto é capaz de ter compaixão pelas pessoas que estão com medo de serem rejeitadas e ficarem sós. Você também tem compaixão pelas pessoas que estão aterrorizadas de morrer, por acreditarem que não existe nada além do corpo físico. Sua consciência expandiu-se justamente porque você teve que viver e trabalhar no escuro, portanto você é um dos que podem ser uma ponte entre o velho e o novo.

 Assim, apelo a você. Peço-lhe que assuma seu lugar natural, embora eu saiba o quanto este esforço pode lhe custar. Você ficou tão acostumado a pensar que não existe nenhum lugar para você, que se sente totalmente desgastado pelo esforço. Mas é justamente neste ponto que você é levado a realizar sua tarefa. No momento em que pensa: “Eu desisto, não há mais nada que eu possa fazer…”, este se torna o ponto de virada, quando você consegue finalmente permitir que qualquer coisa que aconteça possa fluir através de si. Você deixa de lado sua vontade pessoal, suas ideias de como as coisas deveriam ser, e se permite mover com o fluxo da sua alma.

O poder que você desenvolveu, e também a dor que sofreu, de alguma forma quebraram o seu ego. E isto é um processo doloroso, pois todo ego é contrário à dor e a ser despedaçado. Entretanto, este é o único meio, porque, num certo sentido, a dor e o trauma que você carrega consigo fazem parte do caminho. Quando você realmente sente esta dor e a envolve com compaixão, você a deixa ir; você tem vontade de “morrer”, por assim dizer, devido ao conhecimento de que algo maior o está carregando; você se entrega à sua essência mais profunda e verdadeira, e não mais luta contra a realidade terrena.

 Você inclusive desiste de tentar convencer os outros, porque se tornou verdadeiramente você mesmo. Você não está mais aqui para mudar os outros, nem está mais aqui para mudar a si mesmo; está apenas sendo você. E esta é exatamente a sua função de ponte, que é o seu lugar natural. É isto o que quero dizer quando falo em “assumir seu lugar natural.” Tenha compaixão por si mesmo e pela velha dor que permanece em sua vida, e deixe que a cura simplesmente aconteça. Ao enxergar este processo como parte do seu caminho, e deixar a velha dor onde ela está, a cura acontecerá por si mesma. Ajuda chegará para você de todos os lados. Tudo o que aspira à vida, ao crescimento e à alegria, deseja lhe ser útil… os guias, as forças auxiliadoras do universo… Você só precisa estar disposto a assumir seu lugar natural e dizer para si mesmo: “Eu não vou mais viver de acordo com o medo. Os medos ainda podem estar por aí, mas eu sou mais, muito mais do que isso. E me recordo disto todos os dias.”

Então verá que a vida o leva ao lugar ao qual você pertence, onde se sente bem, onde pode vivenciar alegria e felicidade. Ser um trabalhador da Luz, aquele que traz a mudança, não precisa mais ser um dever pesado e cheio de agonia. Isto pertence ao passado e não é mais o seu destino. A estrada para o novo também significa para você um novo nascimento, em paz com a Terra e onde você pode assumir seu lugar de uma forma natural.

E finalmente, observe se as palavras “assumir seu lugar natural” trazem imagens espontaneamente à sua mente. Talvez lhe venham à mente lugares do seu cotidiano, ou situações, ou ocupações… ou surja algo que possa ser uma possibilidade para o futuro. Onde você se sente realmente relaxado e feliz? Esses são os lugares em que você pode deixar sua energia fluir naturalmente. Veja se alguém o chama… talvez você o reconheça como uma pessoa conhecida. Ou talvez surja um ambiente na sua visão mental… Observe se há algum lugar que o convide alegremente a ir para lá. E não tenha medo de experimentar as coisas, porque há bastante espaço para brincar livremente.

 Assumir o seu poder é voltar a sentir-se em casa na Terra sendo quem você realmente é e assumindo seu lugar aqui. Isto parece muito simples, mas é a culminação de uma longa jornada que você criou como alma. Peço-lhe que se entregue a esse lugar; ele não está mais tão distante.

Muito obrigada pela sua atenção.

 Maria Madalena 

© Pamela Kribbe www.jeshua.net

Tradução de Vera Corrêa veracorrea46@gmail.com

Tai chi chuan – A meditação em movimento

tai_chi_chuan

Tai Chi Chuan é uma das variedades de arte marcial chinesa e é também muito conhecido por suas técnicas de defesa e benefícios à saúde.

A arte marcial tem evoluído ao longo dos anos como um meio eficaz de aliviar o estresse e a ansiedade, sendo considerado como uma forma de “meditação em movimento”, que promove a serenidade e paz interior.

Os princípios filosóficos do tai chi chuan remetem ao taoísmo e à alquimia chinesa, sendo criado pelo monge Chang San Feng, no século XII.

Os textos clássicos do tai chi chuan escritos pelos mestres orientam a:

  • Vencer o movimento através da quietude (Yi Jing Zhi Dong) 以靜制動
  • Vencer a dureza através da suavidade (Yi Rou Ke Gang) 以柔克剛
  • Vencer o rápido através do lento (Yi Man Sheng Kuai) 以慢勝快

Há cinco estilos diferentes de Tai Chi, cada um com seus próprios métodos e princípios distintos:

  • Chen
  • Yang
  • Wu-ou Wu (Hao)
  • Wu
  • Sun

Tai Chi é considerado seguro para as pessoas de todas as idades, pois não estressa músculos e articulações, além de ser uma prática econômica, uma vez que não requer muito equipamento. Ele pode ser praticado quer em um grupo ou sozinho.

A pesquisa moderna descobriu que o Tai Chi tem efeitos positivos no controle de equilíbrio, condicionamento físico e flexibilidade.

História do Tai Chi

Tai Chi tem vários estilos e variações diferentes, cada uma delas tem a sua própria linhagem e data de origem.
Algumas formas de Tai Chi priorizam a saúde, enquanto outros salientam a concorrência ou de autodefesa.

Há tantas histórias diferentes que descrevem as origens do Tai Chi que a verdade permanece um mistério.

No entanto, os fundamentos de Tai Chi remontam ao início da história escrita chinesa do taoísmo e confucionismo. O fundador do Tai Chi é acreditado para ser Zhang San Feng.

Dica de Leitura:  Otimismo e Felicidade melhorando sua qualidade de vida

Há histórias que afirmam Zhang SanFeng deixou o mosteiro para se tornar um eremita taoista e criou sua própria forma de luta baseada em suavidade:

“Em cada movimento, cada parte do corpo deve ser leve e ágil e encadeada. As posturas devem ser feitas sem pausas. O movimento deve ser iniciado nos pés, liberado através das pernas, dirigido pela cintura e liberado pelos dedos. Movimentos, substancial e insubstancial, devem ser claramente diferenciados”.

Os benefícios de saúde do Tai Chi estão sendo amplamente estudada. A arte tem sido associada com a redução do estresse, ansiedade, depressão e melhoria de humor, tanto em pessoas saudáveis, quanto em doentes crônicos.

Além disso, o Tai Chi tem sido recomendado para ampliar a capacidade aeróbica, aumento da energia, e construir a força muscular.

Há benefícios para a saúde associados com o Tai Chi para as pessoas que sofrem de: doença de Parkinson, insuficiência cardíaca, fibromialgia, diabetes, depressão, entre outras

Dicas de relaxamento para aliviar o estresse

concentrao-full[1]
O relaxamento pode ajudar a aliviar os sintomas de estresse, pode ajudá-lo a se acalmar e dar um passo para trás numa situação extrema.

Embora a causa da ansiedade não desapareça, provavelmente vai se sentir mais capaz de lidar com ela depois de ter retirado a tensão em seu corpo e limpar seus pensamentos.

Todas as técnicas de relaxamento combinam respirar mais profundamente com  relaxar os músculos.

Em primeiro lugar, não se preocupe se você achar que é difícil relaxar. É uma habilidade que precisa ser aprendida e virá com a prática.

Yoga e tai chi são boas formas de exercício que pode ajudar a melhorar a respiração e relaxamento.

A respiração relaxada

Pratique a respiração profunda em um horário regular e em um lugar calmo onde você não será perturbado. Solte ou remova quaisquer roupas apertadas que você tenha, como sapatos ou casacos. Sinta-se completamente confortável.

Sente-se numa cadeira confortável que apoie a cabeça ou deite-se no chão ou numa cama. Repouse os seus braços sobre os da cadeira, ou apoiados no chão ou na cama, um pouco longe do lado do seu corpo com as palmas para cima. Se estiver deitado, estique as pernas, mantendo-as na largura dos quadris ou um pouco mais amplo. Se estiver sentado em uma cadeira, não cruze as pernas.

Um bom relaxamento começa sempre com foco em sua respiração. A maneira de fazer isso é inspirar e expirar lentamente num ritmo regular, pois isso irá ajudá-lo a se acalmar.

Encha seus pulmões com o ar, sem forçar. Imagine que você está enchendo uma garrafa, para que seus pulmões se inflem de baixo.

Inspire pelo nariz e expire pela boca.

Inspire lentamente e contando regularmente de um a cinco (não se preocupe se não puder chegar a cinco em primeiro momento).

Então deixe a respiração escapar lentamente, contando de um a cinco.

Continue fazendo isso até se sentir calmo. Respire sem pausa ou prendendo a respiração.

Pratique essa respiração relaxada de três a cinco minutos, duas a três vezes por dia (ou sempre que sentir estressado).

Relaxamento muscular profundo

Esta técnica leva em torno de 20 minutos e é utilizada para liberar a tensão do corpo e relaxar a mente.

Dica de Leitura:  Dezembro Laranja: mês da conscientização do câncer da pele

Encontre um lugar quente, calmo, sem distrações. Fique completamente confortável, sentado ou deitado. Feche os olhos e comece concentrando-se em sua respiração; a respiração deve ser lenta e profunda, tal como descrito acima.

Se você tiver dor em certos músculos, ou se há músculos que achar que seja difícil de focar, passe mais tempo no relaxamento de outras partes.

Você pode colocar uma música suave para ajudar a relaxar. Assim como acontece com todas as técnicas de relaxamento, o relaxamento muscular profundo vai exigir um pouco de prática antes de você começar a sentir os seus benefícios.

Para cada exercício, mantenha o alongamento por alguns segundos e depois relaxe. Repeti-lo algumas vezes. É útil para manter a mesma ordem que você trabalhar com os grupos musculares:

Rosto: empurrar as sobrancelhas, como se franzindo a testa, depois solte.

Pescoço: incline levemente a frente da cabeça, empurrando o queixo para baixo contra o peito, em seguida, levante novamente bem devagar.

Ombros: puxe-os para cima em direção as orelhas e depois os relaxe para baixo, em direção aos pés.

Peito: respirar lenta e profundamente no diafragma (abaixo de sua costela inferior), de modo que você esteja usando o conjunto dos pulmões. Então respire lentamente para fora, permitindo que a barriga deflacione como todo o ar é exalado.

Braços: esticar os braços para fora do corpo, alcance, então relaxe.

Pernas: empurre os dedos dos pés para fora do corpo, em seguida, encolha-os para o corpo, e depois relaxe.

Pulsos e mãos: estique o pulso, puxando a mão na sua direção, e esticar os dedos e polegares, então relaxe.

Passe algum tempo deitado tranquilamente após o seu relaxamento, com os olhos fechados. Quando se sentir pronto, esticar e levante-se lentamente.

Cores podem influenciar o corpo e a mente

-

Pessoas que desejam fazer de suas casas ou escritórios um santuário para aliviar o estresse muitas vezes ficam em dúvida na hora de escolher as melhores cores para alguns ambientes. As cores podem ser um grande foco para a meditação ou relaxamento guiado e podem até provocar  respostas emocionais e físicas.

Cor em História
Na história antiga, a cor não foi apreciada pela sua beleza abstrata ou apelo estético, mas pelo simbolismo divino que lhe é atribuído por várias religiões da antiguidade. Por exemplo, os antigos mágicos egípcios usavam roupas em tom azul para representar a santidade de sua sabedoria, na poesia grega, o vermelho e roxo foram usadas para representar o encontro violento na Ilíada  e Ulysses em “A Odisseia” .
Cor e luz colorida foram usadas até mesmo em algumas culturas para curar várias doenças físicas e mentais.

Cor, mente e corpo

Atualmente, as cores e seus significado perderam a essência mística. As pessoas escolhem cores para suas roupas e casas com base em  preferências pessoais. No entanto, as cores transmitem efeitos diferentes sobre o corpo e a mente.

Vermelho, rosa, laranja e amarelo.

red_100px   Na China, o vermelho é uma cor de celebração e sorte, e está presente em muitas cerimônias importantes. Na Índia, o vermelho é usado em roupas de casamento para simbolizar a pureza dos noivos.
Apesar da importância e do uso generalizado do vermelho em eventos culturais ao redor do globo, os cientistas descobriram que olhar para a cor vermelha pode realmente iniciar resposta de luta ou fuga do corpo, acelerando a frequência cardíaca e aumentando a pressão arterial. Propriedades estimulantes torna o vermelho uma má escolha para o relaxamento, mas é ótimo para uma explosão de energia e paixão.

Pink-100px   O cor-de-rosa possui partes das propriedades estimulantes do vermelho e também inspira uma maior motivação e confiança. Curiosamente, em algumas prisões, possuem celas cor-de-rosa, supostamente para reduzir o comportamento errático dos internos.

orange_100px   Laranja também é uma cor estimulante que aumenta o comportamento social e estimula tanto o apetite e o nível de atividade.

Yellow-100px

   Amarelo foi mostrado para aumentar a comunicação, aumentar a memória e, ao mesmo tempo, estimular a mente.

 

Estes tons quentes podem ser ótimos para um ajuste rápido, mas eles não se prestam bem a tranquilidade ou contemplação pacífica, por isso não são as melhores cores para relaxamento.

Dica de Leitura:  Dezembro Laranja: mês da conscientização do câncer da pele

blue-100px   Azul
Talvez não seja coincidência que a cor, tanto do céu, como do mar, tem provado ser uma cor calmante. Durante muitas gerações, temos o hábito de contemplar com felicidade os dias azuis sem nuvens ou visitando uma praia.
Azul tem um efeito calmante sedativo e pode realmente fazer com que o corpo se torne mais frio. Pesquisas indicam que a cor azul também ajuda na intuição. Salas azuis são geralmente muito relaxantes, e a mesma tranquilidade pode ser adquirida quando observamos uma pintura ou uma fotografia com tons de azul.

green-100px   Verde
Verde é indicado para diminuir a depressão, ansiedade e nervosismo. A cor relaxa o corpo e a mente e é, ao mesmo tempo, suave e refrescante. O verde de uma floresta pode ser o lugar perfeito para um passeio relaxante até mesmo quando estiver um dia de chuva, observar as árvores em uma tarde chuvosa pode ser muito agradável.
O verde é uma cor ótima para paredes ou roupas. Uma sugestão é adicionar peças de arte ou acessórios para dar uma sensação de tranquilidade para qualquer ambiente.

purple-100px   Roxo
O roxo que é uma mistura de vermelho e azul. Ele pode tanto ser estimulante como o vermelho ou calmante como azul, dependendo da tonalidade, tons mais claro – como a  lavanda –  são relaxantes. O roxo tem sido tradicionalmente a cor da realeza, antigamente tecidos neste tom eram muito mais caros.

As melhores cores para relaxamento
As cores quentes são geralmente estimulantes e não são a melhor opção para um ambiente calmo e relaxante.
As melhores cores para quem deseja criar um espaço para obter um efeito calmante, pacífico, aliviando o estresse e transmitindo tranquilidade são as tonalidade azuis, verdes e roxos.

Chakras – o que são e como funcionam

-
A palavra “chakra” vem do sânscrito antigo e significa “roda”, são centros vitais do nosso corpo que são conectados naturalmente, transmitindo harmonia e o nosso bem-estar.

A técnica “gira” as energias em nosso corpo de forma estratégica com a meta de equilibrar todos os pontos, se um dos pontos falhar, a energia pode não fluir livremente, influenciando o organismo a ser mais propicio para algum problema.

O reiki praticamente trabalha com sete chakras básicos, possuem uma relação direta com algum órgão do corpo e possuem uma cor especifica que estão distribuídas entre a base da coluna até o topo da cabeça.

Conheça mais…

– O primeiro – Chakra Básico
-

Relacionada com a bexiga, os órgãos sexuais, reprodução, sobrevivência, segurança e força.
Elimina o medo e transmite a sensação de confiança.
Localização: na base do abdômen, entre o ânus e os órgãos genitais.
Cor: vermelho escuro
Cristais para equilibrar: ágata de fogo, granada, olho de tigre, obsidiana preta, hematite e quartzo enfumaçado.

– O segundo – Chakra Umbilical
-

Ela está associada como o centro das forças criativas, criatividade e sensualidade.
Ela influencia a atitude da pessoa em relação ao sexo, os seus impulsos – repressão, inibições internas, desejos sexuais.
É responsável pela energia, iniciativa, a capacidade de controlar a ansiedade e o grau de vitalidade e força para a vida.
Localização: área pélvica
Cor: laranja (quase vermelho)
Cristais para equilibrar: todas as pedras que irradiam de laranja, citrino, âmbar, coral, topázio, pedra da lua.

– O terceiro -plexo solar
-

No nível físico, o chakra amarelo tem um efeito estimulante sobre os nervos.
Relacionados com o sistema digestivo, onde a pessoa “digere” as experiências do mundo externo e transforma a energia em sentimentos pessoais e sabedoria.
Localização: abdômen, plexo solar
Cor: amarelo brilhante
Cristais para equilibrar: pirita, pérola, malaquita, esmeraldas, citrino, calcita.

– O quarto  – Chakra Cardíaco
-

Relacionada com a área de peito: coração, os pulmões e o sistema circulatório
Quando este chakra está bloqueado, a pessoa sofre de problemas respiratórios, cardíacos e pulmonares.
O coração é o centro do amor, emoções, compaixão; quanto mais clara e aberta você for, maior será a capacidade de dar e receber amor incondicional.
Localização: o peito paralelo – coração
Cor: verde
Cristais para equilibrar: Cristal verde jade, turmalina verde e rosa, malaquita, kunzita, esmeralda e quartzo rosa

– O quinto – Chakra, Laríngeo
-

Relacionada com a boca, garganta, glândula tireoide, brônquios e nariz e orelha.
Responsável pela comunicação, incluindo a escrita e expressões orais, a troca de ideias, criatividade e auto-expressão.
Localização: na garganta, base da laringe
Cor: azul
Cristais para equilibrar: água marinha, turquesa, safira

– O sexto – Chakra Frontal
-

Através dele, podemos treinar nossa habilidade e aprender a confiar em nossa intuição.
Também está associada com o idealismo, imaginação e visualização criativa.
Em desequilíbrio pode causar problemas de sono, pesadelos e enxaquecas.
Localização: entre as sobrancelhas.
Cor: azul índigo
Cristais para equilibrar: ametista, safira, lápis-lazúli, fluorite


– O sétimo – Chakra Coronário
-

É associado ao espiritual, com o propósito divino, do destino, a missão de cada ser.
Amor, paz de espírito e conexão com o superior, são as suas qualidades positivas.
O desenvolvimento deste chakra não depende de nossa vontade, o seu crescimento é feito em silêncio e em meditação.
Localização: no centro do topo da cabeça
Cor: violeta e branco (que está representando todas as cores do espectro)
Cristais para equilibrar: diamante, pirita, claras e com neve, ametista quartzo