SABEDORIA DOS ANJOS – INTROSPECÇÃO

canalizada por Sharon Taphorn
6 de Março de 2017

Observe mais atentamente

Neste momento de domínio, é importante se aprofundar mais em como você gasta os seus recursos. Isto pode se referir ao seu tempo, bem como aos seus objetivos monetários.

É importante alcançar agora um equilíbrio, assim, observe bem e veja o que as ondas da vida estão lhe dizendo. Olhe mais profundamente os temas repetitivos em sua vida e se pergunte: Por que você se encontra aqui novamente?

Faça alguma pesquisa antes de prosseguir.

Este não é o momento de declínio.

É um momento de habilidades, de educação e de aprendizado.

Isto significa que é um momento para buscar mais informação e de fazer o melhor que possa no que você escolher colocar o seu tempo, dinheiro e energia e investir com sabedoria em si mesmo.

O Mantra para hoje é: “Quando eu observo mais atentamente e compreendo, eu equilibro o meu mundo de maneiras melhores.”

E assim é.

Você é eternamente amado e apoiado, sempre

Os Anjos e Guias

POR FAVOR, RESPEITE TODOS OS CRÉDITOS AO COMPARTILHAR
DE CORAÇÃO A CORAÇÃO – http://www.decoracaoacoracao.blog.br
DE CORAÇÃO A CORAÇÃO – https://lecocq.wordpress.com
Thank you, Mahalo, Merci, Gracias, Vielen Dank, Grazie,Спасибо,Obrigado,谢谢, Dank, 謝謝,Chokran,Děkuji,Kiitos
Direitos Autorais Universais©2014 por Sharon Taphorn
Todos os direitos reservados.
Por favor, compartilhe os artigos, contanto que o autor e as informações de contato sejam sempre incluídos, 
a mensagem esteja completa e os créditos dados a autora.
http://www.playingwiththeuniverse.com/
Tradução: Regina Drumond – reginamadrumond@yahoo.com.br
Grata Regina!

CRIANDO NOSSA ESTRADA DE LUZ

Arcanjos Miguel e Fé
Através de Thiago Strapasson e Michelinha OM
03 de março de 2017

Meus irmãos do coração,

Sou Arcanjo Miguel e conjuntamente à minha chama gêmea, Arcanjelina Fé, lhe trazemos uma lição de amor. Amor por vocês mesmos e por todo o planeta, pelo cosmo, pela luz.

Dizemos sobre o caminho da luz que percorrem a partir do amor que ancoram em seus corações.

Quantas vezes em suas vidas estenderam a mão, abriram uma porta, puxaram uma cadeira, deram um sorriso, disseram bom dia e, nesses pequenos atos começaram a abrir uma estrada de luz aqueles ao seu redor e em seus corações. Estrada essa que reluz e ilumina os corações que necessitavam de um simples acalentar a os lembrar que existe muita paz e amor em meio ao caos.

O tom da voz, o brilho do olhar, é algo que não concebem quando seus corações brilham a operar como pontes de luz a banhar muitos ao seu redor. São esses atos que os abrem a iluminar a vida humana e, trilhando esse caminho, descobrem o propósito de luz que ancoram no planeta.

O propósito maior, meus doces mestres, está no servir, em se doar e jamais em se engrandecer por seus atos. Mas ao se doar, ao servir vocês naturalmente se engrandecem em luz e as portas dessas estradas resplandecem seu próprio caminhar, irradiando seu propósito maior a todos os corações aflitos.

São gotas de luz que aos poucos se transformam em alegria, em paz, em luz, em amor que agregam a sua alma que já é feita de luz e permite que ela resplandeça no propósito maior da irmandade de todos, sem discriminação, sem julgamento, sem escolha, apenas aceitando a escolha de cada irmão.

E nesses atos que promovem junto a seus irmãos, apesar de inseridos na matéria, caminham rumo ao aprendizado de alma. Aprendizado esse que é nada mais que o resplandecer de seu amor, de sua paz e da sua fé para toda a humanidade, reconhecendo a irmandade em cada coração. E isso se torna o maior aprendizado da alma que podem receber.

Esse aprendizado, muitas vezes pode ser confundido como uma missão. Aquela missão à qual fomos designados nessa vida para cumprir e ajudar a humanidade e a nós mesmos.

Mas, por vezes, acabamos esquecendo de nós mesmos.

E lembramos somente de que viemos aqui a trazer algo para que a humanidade seja beneficiada.

Dessa forma, passamos por grande parte da nossa vida repetindo experiências onde colocamos os outros em primeiro lugar antes de nós mesmos. E assim vamos repetindo essa ação que fazemos seguindo o coração.

Nessa ação de doar, de ceder lugar ao próximo, somos nós mesmos os beneficiados. Pois percebemos, após longa jornada onde repetimos essa experiência mesmo quando percebemos que estamos sendo deixados de lado a ajudar o outro, vemos que não há mais sentido em pensar de forma diferente.

Pensar de forma diferente seria como seguir em sentido contrário ao que comanda o nosso próprio coração.

Em detrimento da felicidade do outro, deixamos a nossa fluir, sem investir algum esforço para que ela apareça. Mas, esquecemo-nos de que há alguém sempre a trabalhar pela nossa felicidade. Esse alguém, muitas vezes está distante dos nossos olhos físicos, mas nós o percebemos o tempo todo quando colocamos o outro em primeiro lugar, pois estamos ouvindo essa voz que vem do nosso coração.

O amor doado ao próximo, colocando ele em primeiro lugar, é o mesmo que recebemos daqueles que vieram a nos ajudar, e que vivem em dimensões diferentes das nossas.

Esses são aqueles que se comprometeram em nos ajudar durante a nossa caminhada de luz e de crescimento interno. E ao trabalhar para o crescimento do outro, estamos permitindo o livre fluir da luz dentro de nós mesmos, pois passamos a nos colocar no papel de uma pequena estrada, que, nessa vida, é o que faz com que as energias sejam levadas de um lugar ao outro.

Tantos pensam que nessa estrada não há saída, ou que ela nem mesmo existe, mas, através daqueles que colocam o outro em primeiro lugar antes deles mesmos, aos poucos vai se abrindo a verdade.

Que mostra que a verdadeira estrada é eterna, e que, na medida que é construída, através do ato de se doar ao próximo vai agregando mais ruas, conectadas a essa estrada, e que levarão também a luz recebida da estrada a outros lugares.

O irradiar da luz a partir dessa estrada, que é formada a partir do trabalho realizado com amor e doação, é algo que impossível de ser mensurado. A partir do momento que é iniciado, não há mais como se medir onde as estradas vão chegar, e onde essas pequenas ruas vão levar. E onde as pequenas ruas se tornarão grandes estradas, a irradiar mais amor e luz a outras pequenas ruelas que vão se formando.

O trabalho de luz e amor, que começa a partir do momento em que vocês aceitam se doar sem esperar retorno, simplesmente porque se deixam tocar pelo sofrimento do outro, porque não veem sentido em serem felizes ou em terem aquilo que almejam, se o outro também não puder receber e usufruir, esse sim é o sentimento e a atitude que desperta a luz interior.

A partir do nascimento do ser, ele está presente no planeta para doar o seu amor. Para doar a sua luz. Para manifestar o divino em si mesmo. Mas tantos de vocês, filhos, se iludem em pensar que a estrada é construída somente para as suas próprias caminhadas.

Tantos de vocês consideram injustas algumas relações onde há somente doação em amor, sem esperar retorno. Onde o simples ato de doar-se, faz a pessoa que está se doando plenamente feliz.

Essa felicidade, filhos, é algo imensurável, pois faz nascer no coração o amor. E esse amor não poderá ser mensurado, pois ele acabará se tornando uma longa estrada de luz, por onde iluminará tantos outros, que, espelhando-se no exemplo e no amor, iniciarão as suas próprias caminhadas de luz a construir um futuro de amor.

O ato de doar-se, o ato de manifestar o amor sem esperar retorno para si mesmo é a abertura para receber a luz divina dentro de si mesmos.

Por isso, filhos, aqueles de vocês que viveram tantos anos das suas vidas colocando-se em segundo lugar diante de seu irmão, doando-se em amor aos problemas alheios, foram trabalhando para a abertura desse canal de luz com o divino. E uma pequena rua começou a se materializar.

Em princípio essa rua era de pedras, era de terra, rustica, trazendo a vocês sofrimento, dores, aprendizados, e até insatisfação daqueles pelos quais vocês sempre doaram todo o seu amor. Foram incompreendidos, julgados, acusados, de levar as vidas de vocês de forma errada. Mas simplesmente não sabiam como ser diferente disso, pois vocês estavam ouvindo a sua verdadeira essência.

Essa pequena rua, levou vocês a caminhos de sofrimento, para que fossem construindo uma bela estrada, robusta e iluminada. E aqueles que passaram pelas vidas de vocês trazendo sofrimento, tristeza e dor, foram incorporados na sua luz, foram agentes que contribuíram para construir as suas estradas e transformá-las agregando em vocês a luz do perdão.

Essa era sim uma lição que precisava ser aprendida, para que o trabalho de doação amorosa ficasse completo. O perdão por aqueles que os causaram mal foram os preparando para amar incondicionalmente a todos os seus irmãos e foram contribuindo para que vocês começassem a criar gigantescas asas de luz e amor. Como anjos a manifestar esse amor a todo o planeta.

Essas asas, esse ser que acaba de nascer, iluminará não só a sua própria estrada, que nesse momento passa a atingir múltiplas dimensões existenciais, mas também a estrada de tantos outros, que ao observarem seu trabalho e sua luz, o seu amor, não poderão deixar de sentir todo o amor irradiado desse novo ser, até nas mais singelas palavras. Reluz amor e luz.

Assim são vocês nessa Nova Era, filhos. Assim são vocês, retornando à essência da qual vieram. Se reencontrando com vocês mesmos. Pois dissemos aqui tantas vezes que vocês são luz e amor e são filhos de Deus.

E vocês são os transformadores das vidas de todos e das vidas de vocês mesmos através do amor que canalizam diretamente do divino, a manifestar-se em belos anjos de luz dourada que se tornam para iluminar toda a vida nesse planeta de puro amor.

Estejam envolvidos na luz, queridos filhos, certos de que vocês são os anjos que vieram manifestar o amor, a liberação de toda a densidade planetária e a ser os exemplos da superação e do perdão.

Somos Arcanjos Miguel e Fé

Por favor, respeite os créditos ao compartilhar
DE CORAÇÃO A CORAÇÃO – http://www.decoracaoacoracao.blog.br
DE CORAÇÃO A CORAÇÃO – https://lecocq.wordpress.com
Origem: http://coracaoavatar.blog.br/ e https://verdadetransmutadora.blogspot.com.br/
Grata Thiago!

O Toque da Cura Energizando o Corpo, a Mente e o Espírito através da Arte do Jin Shin Jyutsu – Parte 10.6

Parte 10.6 – Trava de Segurança da Energia 22: Adaptação Completa

capturarA Trava de Segurança da Energia 22 está localizada sob as clavículas. Capturar.PNG(Ver Figura 5.13.) As TSE 22 equilibram e harmonizam os nossos pensamentos, propiciando-nos pensar mais objetiva e racionalmente, sem emoções ou apegos. Elas também facilitam nossa adaptação a novas situações e mudanças no meio ambiente inclusive mudanças de clima e das estações.

Como as TSE 22 representam acabamento, conclusão, elas são úteis para equilibrar todo o ser. Elas também harmonizam as glândulas tireóide e paratireóide e ajudam a evitar derrames. Podemos conectar as TSE 22 sempre que houver estresse emocional ou desconforto digestivo.

Conectamos as TSE 22 colocando as mãos direita e esquerda sob as clavículas, no local Fig 5.11 Fig 5.12 da trava de segurança da energia, e mantendo a posição até que a tensão se dissolva. A seqüência de conexão usada paira as três TSE anteriores também é recomendada para esta.

  1. Conecte a TSE 19 alta direita do lado do polegar (na parte superior do braço) com a mão esquerda, e na TSE 1 alta esquerda (na coxa) com a mão direita. (Ver Figura 5.14.).
  2.  Conecte na TSE 19 alta esquerda (na parte superior do braço) com a mão direita, e a TSE 1 alta direita (na coxa) com a mão esquerda.

“Jinny e seu marido, Alex, pediram-me para estar presente quando ela desse à luz. Jinny já estava em trabalho de parto quinze horas antes de me chamarem. Cheguei por volta das nove e meia e apliquei-lhe Jin Shin Jyutsu. Durante a manhã, eu a tratei enquanto ela repousava deitada na cama. À tarde, trabalhei com ela durante caminhadas pelo quarto, entre as contrações, andando ao seu lado. À medida que o tempo passava, eu podia ver uma expressão de preocupação no rosto da enfermeira. Ela disse que estava demorando muito e sussurrou em meu ouvido, ‘Dentro de vinte minutos vou recomendar que o médico a examine, pois, é provável que haja necessidade de uma cirurgia Diante da situação, tentei me lembrar de rim fluxo que pudesse ser definitivamente eficaz. Lembrei-me de Mary dizendo-nos que a Trava de Segurança da Energia 22 era excelente para harmonizar o tórax (as TSE 13), o plexo solar (as TSE 14) e a região da virilha (as TSE 15). Pensei: se estiverem alinhadas, elas funcionarão juntas e em harmonia abrindo o caminho para que a energia desça pela frente do corpo. Se isso acontecer talvez a energia, ao descer leve o bebê consigo. Assim sendo, fiquei atrás de Jinny e passando os braços sobre seus ombros, coloquei minha mão direita sob sua clavícula direita e a mão esquerda sob sua clavícula esquerda. E aconteceu exatamente o que eu havia imaginado: com a terceira expiração de Jinny uma bela menininha veio ao mundo, calmamente, com os olhos bem abertos e admirados”.

 


Fonte: Alice Burmeister e Tom Monte O Toque da Cura Energizando o Corpo, a Mente e o Espírito através da Arte do Jin Shin Jyutsu® Prefácio Mary Burmeister Tradução Euclides L. Calloni

O Toque da Cura Energizando o Corpo, a Mente e o Espírito através da Arte do Jin Shin Jyutsu – Parte 10.5

Parte 10.5 – Trava de Segurança da Energia 21: Segurança Profunda e Escapar das Limitações Mentais

Capturar.PNGA Trava de Segurança da Energia 21 encontra-se na base dos ossosCapturar.PNG malares, em ambos os lados da face. (Ver Figura 5.11.) As TSE 21 liberam o peso do mundo, tanto mental como fisicamente.

As TSE 21 fortalecem o pensamento, restauram a energia e ajudam no equilíbrio dos problemas de peso (tanto no excesso como na falta de peso). Elas são boas também para a tontura e para o estresse..

Para abrir as TSE 21, basta colocar a mão diretamente na base de cada osso malar durante alguns minutos. O exercício sugerido para as TSE 19 e 20 também é bom para liberar possíveis acúmulos de energia na TSE 21.

  1. Conecte a TSE 19 alta direita (na parte superior do braço) com a mão esquerda, e a TSE 1 alta esquerda (na coxa) com a mão direita. (Ver Figura 5.12.)
  2. Conecte a TSE 19 alta esquerda (na parte superior do braço) com a mão direita, e a TSE 1 alta direita (na coxa) com a mão esquerda

“Um amigo meu achava que precisava perder peso rapidamente. Embora eu não o visse como alguém com excesso de peso, eu lhe disse que as TSE vinte e um são boas para projetos de peso. Durante algumas semanas, ele fez dieta e tocou as TSE vinte e um. O engraçado é que: como ele não precisava perder peso de fato, ele acabou ganhando algumas gramas! A capacidade das TSE vinte e um para equilibrar corretamente o peso do corpo fez com que ele não sofresse nenhuma alteração de peso significativa”.

 


Fonte: Alice Burmeister e Tom Monte O Toque da Cura Energizando o Corpo, a Mente e o Espírito através da Arte do Jin Shin Jyutsu® Prefácio Mary Burmeister Tradução Euclides L. Calloni

O Toque da Cura Energizando o Corpo, a Mente e o Espírito através da Arte do Jin Shin Jyutsu – Parte 10.3

Parte 10.3 – Trava de Segurança da Energia 19: Equilíbrio Perfeito

capturarA Trava de Segurança da Energia 19 encontra-se na dobra dos capturarcotovelos, no lado do polegar (Ver Figura 5.7.) Ela está associada com a autoridade, com a liderança e com a capacidade de manter o equilíbrio em todas as situações. Como vimos anteriormente, a TSE 19 também pode ser aberta quando desejamos abrir a Trava de Segurança da Energia 9, que muitas vezes é difícil de ser alcançada.

As TSE 19 harmonizam a digestão, as costas, os pulmões e os seios. Elas também mantêm nossa condição física e são, portanto, úteis para revitalizar toda nossa energia

Para conectar as TSE 19, coloque a mão direita na dobra do cotovelo esquerdo, na direção do polegar e a mão esquerda na dobra do cotovelo direito. Conectar as TSE 19 altas (na parte superior do braço), segurando simultaneamente as TSE 1 altas (na coxa oposta) oferece uma saída adicional para a energia liberada pelas TSE 19.

  1. Conecte a parte superior do braço direito com a mão esquerda, e a coxa esquerda com a mão direita. (Ver Figura 5.8.) .
  2.  Conecte a parte superior do braço esquerdo com a mão direita e a coxa direita com a mão esquerda.

Fonte: Alice Burmeister e Tom Monte O Toque da Cura Energizando o Corpo, a Mente e o Espírito através da Arte do Jin Shin Jyutsu® Prefácio Mary Burmeister Tradução Euclides L. Calloni

O Eu Multidimensional

post-09-12-1

 

Se você sabe ou não, você é um ser multidimensional de proporções surpreendentes. Você é mais do que seus olhos veem, muito mais, mais do que o seu corpo, mais do que a sua alma, na verdade, você é parte integrante do Universo. Você está presente simultaneamente em muitos níveis da realidade e é mais poderoso do que você jamais ousou imaginar. Você está pronto para expandir o seu conceito de individualidade para incluir seres mais elevados, outros eus/paralelos e eus prováveis ? Se assim for, então, vamos mergulhar !

Continuar lendo

2017: O AMOR EM AÇÃO

(Seres Celestiais Puros, canalizada por Natalie Glasson)

A fim de compartilhar com vocês o que os aguarda no ciclo energético de 2017, devemos primeiramente compartilhar o propósito dos últimos anos. Em 2012, cada alma na Terra, e mesmo as almas nos planos interiores, começaram um novo ciclo de ascensão, que nós, os Seres Celestiais Puros e muitos outros, rotulamos como a Era do Amor. Esta Era tem sido aguardada e prevista durante muitas existências por vocês e por todos. Representou que aqueles na Terra estavam prontos para assumir a responsabilidade pelo próprio crescimento espiritual, que eles tinham alcançado o ponto máximo quanto à rapidez de sua vibração, a lembrança do Criador estava mais expansiva e a percepção do propósito e do serviço da sua alma para a Terra estava mais ancorada. A cada pessoa foi dada uma escolha: ela poderia optar por concentrar-se na criação e na experiência do amor, muito provavelmente para o resto de sua existência, ou podia continuar a protelar nas energias do medo, culpa e ódio. Muitas almas optaram por serem âncoras para o amor benevolente do Criador na Terra e na consciência da humanidade. Isso colocou em movimento um ciclo de evolução espiritual enorme, que poderia ser reconhecido como uma nova via não explorada anteriormente.

2012 foi significativo porque marcou uma reviravolta, principalmente na Terra, onde a humanidade poderia continuar a representar os seus padrões cármicos ou começaria a reconfigurar as energias, criando a cura do passado e superando um bloqueio que foi carregado durante muitas existências. O débito cármico que a humanidade estava carregando era a queda da Atlântida. Um período em que a espiritualidade e a tecnologia foram projetadas para existir em harmonia e criar mudanças planetárias, despertar espiritual evoluído em cada pessoa e uma profunda unificação com o Criador. Todavia, a tecnologia começou a dominar, perdeu-se a conexão com o divino e a devastação ocorreu. Muitas almas sabiam e até calcularam que a energia cármica da Atlântida seria desenvolvida e plenamente manifestada na Terra por volta de 2012, apenas que a Terra ou qualquer parte dela não cairia. Em vez disso, as energias precisariam ser trabalhadas e sanadas para criar uma resolução de cura positiva do padrão cármico da Atlântida. Aqueles na Terra que escolheram o amor, em 2012, eram reencarnações dos atlantes que enfrentaram a queda; sua escolha representou uma importante cura e uma poderosa liberação das velhas energias para todos.

Continuar lendo

Chakras, corpo energético e o Reiki

Chakras Tao do Reiki

Os chakras fazem parte do sistema de corpo energético dos hindus. A sua designação pode ser encontrada nos Vedas, com mais de 5000 anos. Quem pratica yoga, com toda a certeza que já ouviu falar deles.

Chakra significa roda, em sânscrito. Este é o seu aspecto quando visualizados de frente. Um chakra é criado quando duis ou mais linhas energéticas se cruzam.

Eles são recetores e emissores de energia. Recebem a energia segundo a sua frequência, acumulam-na, enviando para os corpos físico, mental, emocional e espiritual. Assim, também os chakras emitem um sinal que indica a quantidade e qualidade de energia armazenada, que no Reiki percebemos através da técnica Byosen. Cada chakra projecta uma camada de energia à volta do corpo que constitui a nossa aura. Assim, o conjunto da aura é formado pelas 7 camadas, uma de cada chakra.

Continuar lendo

Porque fazemos o autotratamento Reiki assim?

Ch3_C1_020

Todos os praticantes de Reiki aprendem a fazer, mais ou menos, as mesmas posições para o autotratamento. Uns acrescentam, outros reduzem mas, de uma forma genérica, todos seguem o mesmo percurso que é começar na cabeça e terminar nos pés. Por vezes surge a questão – o porque das posições com esta sequência?

O autotratamento Reiki que o Mestre Usui indicava era bem mais simples, consistia em cinco posições básicas e depois o tratamento da parte mais afectada. Isto tinha (e tem) muita lógica. Tratamos da «origem» da maioria dos problemas, que reside na cabeça e depois o reflexo desse problema que é a área afectada.

O Mestre Hayashi e Takata, tratavam a região abdominal e depois a cabeça. Braços e pernas eram unicamente para os casos necessários.

Em 1995, Diane Stein publicou o livro Essential Reiki e aí identificou, através de ilustrações, as 12 posições que hoje conhecemos até um total de 20 posições, a contar com o chakra da coroa e ainda costas.

Continuar lendo

Autotratamento Reiki em 33 posições

autotratamento reiki 33 posições

Cada sistema de Reiki e até cada Mestre, poderá ter um esquema próprio para o autotratamento Reiki e mesmo cada praticante poderá sentir a necessidade de fazer a prática em locais que não são especificados na generalidade. Sabemos que o autotratamento Reiki veio a mudar ao longo do tempo e que, na verdade, devemos praticar nas posições que também mais precisamos, de forma complementar às posições habituais.

As 33 posições de autotratamento

Para fazer estas 33 posições, inspirei-me na flexibilidade oriental, que leva a fazer os tratamentos também nas costas e nos chakras suplementares que temos, os secundários e os externos. Nas 33 posições, não irá contar a posição Gassho, pois é o momento de iniciar e finalizar a prática.

Já sabes, começa o teu autotratamento Reiki com o enraizamento, banho seco e chuva de Reiki. Sempre que sintas necessidade, após o autotratamento, volta a repetir estas técnicas. Bebe muita água, a hidratação é importante antes e depois porque auxilia a energia a fluir mais.

As posições são meramente indicativas e nada obrigatórias. Em caso de dúvida, faz como o teu Mestre te ensinou. Os chakras secundários e externos são também ensinados no curso de Chakras e Anatomia Energética II. A posição nas costelas, a que se chama Entrade de Energia Homem, é a que segue a tradição chinesa dos três centros e das três energias.