AS ENERGIAS DE JANEIRO DE 2017: Novo Ano, Novo Ciclo

DANDO BOAS-VINDAS À ETAPA DE INICIAÇÃO NA NOVA TERRA

(Natalia Alba)

Meus amados,

Bem-vindos a um Ano Novo e a um Ciclo de expansão infinita – uma conexão mais elevada com o nosso Eu Superior e outros companheiros cósmicos na Criação! Porque estamos agora habitando em um plano de existência diferente – tendo acesso à pureza e ao amor dos Reinos Superiores – em uma frequência próxima à nossa. Esta será um experiência totalmente nova, à medida que nos afastamos da velha Terra, visto que seremos principiante novamente na Nova Terra – trabalhando/aprendendo como dominar o nosso novo caminho, bem como uma nova e mais elevada forma de energia e dimensão completamente diferente.

É dentro deste Ano Novo de 2017, assim como uma Nova Era de amor que nós, devido a todo o contínuo trabalho interior realizado, estamos prontos para incorporar mais luz que o nosso Eu Superior faça descer para nós, também, a força para avançar e deixar para trás todas as limitações humanas que vimos enfrentando até recentemente – se não ainda – já que todos temos o nosso tempo divino para nos libertar do velho.

Uma vez que somos amados imensuravelmente neste Universo benevolente, somos introduzidos, de modo suave, neste mês de janeiro, sem grandes aspectos, e tendo Mercúrio ainda retrógrado até o dia 8 deste mês, para nos acalmar até que comecemos outra intensa etapa de integração com os próximos eclipses em fevereiro. Temos outro mês de descanso, um momento para refletir, antes de mergulharmos na criação dessa nova etapa de nossas vidas, em que dúvidas, temores e a repetição de antigos padrões não são mais desculpas para resistirmos ao acolhimento pleno de quem somos, nossa verdadeira e única missão anímica – que vimos aqui para realizar.

Como sempre, há um tempo na Criação para tudo, e agora é o momento para criarmos conscientemente, a partir de um lugar de discernimento apropriado, os próximos passos que daremos em nosso caminho, antes de sermos impulsivos demais para manifestar, sem nos interiorizarmos para comungar nossas escolhas com a nossa alma.

Como uma confirmação nossa de que é o momento de tornar tangíveis nossas visões internas, e até mais com as energias de Capricórnio ainda conosco, este Ano Novo detém a frequência 1 (10 reduzido). O número 1 representa não somente um novo ciclo, como o ano de iniciação que todos nós estamos prestes a vivenciar, na Nova Terra, e como trabalhar com essa nova frequência. Um tempo em que estamos acessando território totalmente desconhecido, porque é a primeira vez na Criação que, em nosso Universo, o nosso Planeta finalmente se afastará da Terra de 3D, e aqueles que optaram, de modo consciente, estar nessa Nova Terra, entrarão completamente vazios de expectativas, de como será ou o que nos trará ou não, apenas com um coração aberto e pleno de uma gratidão imensa por fazer parte desta transição, e com a intenção de ser os amorosos e compassivos seres sementes que nós, na verdade, somos deste amoroso Novo Mundo.

A frequência do número 1 no tarô é também representado pelo Mago. Uma mão apontando para o céu e a outra em direção à terra. Ele sabe como trabalhar com as Leis Universais, uma vez que dominou a arte de fazer descer para o plano físico aquilo que foi criado, em primeiro lugar, no etéreo. Este é o lugar em que estamos neste momento – vislumbrando os nossos desejos anímicos mais profundos, ao mesmo tempo em que os unimos em nossa Nova realidade física.

Somos todos magos, visto que temos internamente o poder de manifestar os resultados que estejam alinhados com a nossa vontade mais elevada, temos apenas que concentrar a nossa preciosa energia naquilo que é realmente importante, já que agora não é o momento de desperdiçá-la em ilusões e situações passadas, mas nas novas experiências que estamos construindo e que não têm nada a ver com quem costumávamos ser.

Em um nível cósmico, começamos este ano e este mês, tendo o planeta do amor e da abundância entrando no intuitivo signo de Peixes. As energias que vamos receber desse encontro cósmico e mágico entre essas duas forças, são formidáveis energias de cura para ambos: as questões de cura não solucionadas em nós mesmos e em nossos relacionamentos. Peixes é o último signo do zodíaco, portanto, ele convida cada planeta que habita em sua águas profundas a mergulhar profundamente em sua frequência visionária e de cura para discernir se transcendeu todos os desafios dos signos anteriores do zodíaco, e se não, para integrar todas as experiências e sabedoria adquiridas, a fim de avançar, renovados, e com um coração aberto.

Para aqueles dentre vocês que já integraram o conhecimento recebido dos desafios passados e de suas feridas, será um momento de aprofundar-se em seu processo exclusivo de união alquímica, visto que o processo interior de integração da alma nunca termina, e começar a ancorar toda a magia, manifestações e encontros de alma desejados, a partir desse mesmo lugar de abertura e integridade, por saber que vocês não precisam de mais ninguém ou de qualquer coisa externa para fazer acontecer. Para outros que ainda não integraram todos os fragmentos das suas almas, esta é uma dádiva cósmica para trabalharem com o amor próprio, aceitação e perdão, quando os ecos do passado começarem a voltar, sem se julgar ou a qualquer outra alma envolvida nesse processo.

É um momento de rendição, de nos tornar observadores de todos os relacionamentos passados que mantivemos e que serviram a um propósito, e que por algum motivo ainda não os liberamos, e que não estamos nos permitimos entrar plenamente em outros, novos e iluminados. Visualizem todos os seus encontros anímicos passados, e os envolvam em uma luz branco-dourada, sintam o calor do amor, conscientizem-se da perfeição que essas almas são, em essência, vejam-nas como seres divinos e não como alguém que os prejudicou.

Falem com as suas almas, o seu corpo humano pode não estar presente, mas as suas almas estão plenamente conscientes desse processo de cura e integração e do reconhecimento de que ambos são seres iguais ajudando-se mutuamente neste domínio terreno a incorporar níveis mais elevados de amor e consciência. É somente após lembrar-se de que ninguém jamais fez nada para vocês – senão ser uma luz ajudando-os em seu caminho – que o verdadeiro perdão será concretizado. E vocês serão capazes de transcender, finalmente, aquilo que não se originar de um lugar de total integridade, autenticidade e alinhamento, e estar completamente ancorados em sua nova vida.

As energias venusianas (principalmente quando se tornarem retrógradas no Ano Novo) juntamente à poderosa energia de Netuno neste mesmo signo de água, nos conectam ao nosso criador interno, ajudando-nos a dar à luz as nossas novas visões, expandir-nos para os desejos de nossa alma e de outros domínios da existência, uma vez que este é o momento de mergulharmos em nossos sentidos interiores – conectando-nos às nossas almas, escutando nossa orientação e inspirações divinas, mais do que nos concentrando no lado externo.

Continuar lendo

PERGUNTAS E RESPOSTAS COM O CONSELHO GALÁCTICO DE LUZ – Dezembro 2016

Integração, Conselho Galáctico de Luz, Mestres Ascensos, Ascensão

(Por Jenny Schiltz)

Gostaria de compartilhar com todos uma experiência em que me descobri sendo atraída para me encontrar com o Conselho Galáctico de Luz (CGL). Nesse encontro, fiz algumas perguntas que achei que eram relevantes para o que estamos presenciando em relação aos clientes e outras observações, bem como o que venho experimentando. Este é um trecho da conversa que eu tive com o CGL.

Jenny: Esses últimos meses foram excepcionalmente intensos. Uma das minhas clientes descreveu-me que era como se ela estivesse no meio de uma rodovia, atingida por um caminhão e quando ela se levantava, era atingida por outro. Sinto e acredito que muitas pessoas podem estar se relacionando com esse sentimento.

CGL: Sim, essa intensidade de que você fala aumentou, não somente para o corpo físico, mas também a dissonância mantida nos pensamentos, crenças e ações da pessoas é também exagerada.

Jenny: Qual é o propósito desse aumento na intensidade?

CGL: Simplesmente, integração. É de importância primordial que cada pessoa integre todo o seu ser. Cada pessoa deve escolher integrar-se intencionalmente com todas as suas partes de densidade inferior, a fim de completar a integração dos aspectos superiores da sua alma. Alguns se referem a essas partes como sua sombra, sua criança interior ferida, e embora isso seja exato, há também frações que foram esmagadas ou separadas do todo, porque a pessoa sente que devia ou deve agir de determinado modo ou tornar-se determinada pessoa. Esses papéis estão agora se desintegrando, enquanto as partes que querem vir para o todo estão ficando mais ruidosas. Esse é o motivo porque muitos estão vendo o ego elevar-se, mesmo naqueles que proclamaram ter superado tal separação.

É importante compreender que a sua vida é um microcosmo do macrocosmo. A Fonte criou tudo: as galáxias, os mundos, os sistemas estelares… Cada alma criada era a Fonte fragmentada em milhões de pedaços, de modo que as informações pudessem ser reunidas e retornadas. A Fonte queria experimentar tudo o que é, e tudo o que não é. Conforme cada alma expressa a própria versão do aprendizado, o objetivo principal é retornar com as informações e uma nova perspectiva. Isso não é diferente do objetivo que cada ser na Terra realizou. Cada alma que escolhe vir à Terra, o faz para experimentar tudo o que é, e tudo o que não é. Essa experiência pode levar muitas e muitas existências ou pode apenas levar algumas. O objetivo principal é o mesmo: aprender, crescer, experimentar, e depois, integrar.

Quando a Fonte integra as partes que retornaram a ela, não o faz com desdém, devido às experiências, mas com profundo amor e compreensão. Porque, veja você, enquanto a intenção é explorar tudo o que a Fonte não era, assim como o que é, o que se aprendeu é que A FONTE É TUDO. NÃO há distinção entre o que foi considerado parte da Fonte e o que foi considerado características impossíveis. Quando a Fonte integra essas lições, experiências, sentimentos e emoções, o faz com muito amor e alegria.

A cada integração surge mais compreensão e unicidade. Isso é o que está sendo solicitado de cada um de vocês igualmente. Integrar plenamente cada parte, cada experiência, cada lição com alegria e amor. Essa é a única forma que verdadeira unicidade pode ser alcançada.

Conforme vocês avançam nesta jornada, muitos estão constatando que são capazes de sustentar muita luz, frequências mais elevadas, todavia, há ainda disfunção oculta nas profundezas do ser. Há uma tendência de se acreditar que quanto mais luz uma pessoa sustenta, mais ela poderia gostar de rejeitar as partes que ainda residem nas dimensões inferiores. São essas partes que estão se mostrando muito fortemente agora.

Como lhe foi demonstrado, nos próximos meses, começaremos o processo de separar as frequências. Cada pessoa será obrigada a manter sua frequência em uma taxa mais elevada a cada momento. A fim de fazer isso, as partes que ainda residem nas dimensões inferiores devem ser integradas e acolhidas com amor.

Jenny: O que isso parece para as pessoas?

CGL: Para muitos, o tópico em questão é a autoestima e desfazer eons de condicionamento que pregava o auto sacrifício e a indignidade. Para outros, profundas feridas serão abertas para serem curadas, aceitas, perdoadas e então integradas. Para alguns, será um profundo chacoalhar de todas as crenças de modo que a pessoa é forçada a dar uma olhada naquilo que está criando, permitindo e perpetuando em sua vida. Para compreender o que as pessoas estão passando deve-se apenas olhar para o coletivo. Aqui, novamente, é um exemplo de um microcosmo se revelando em um macrocosmo.

Jenny: Foi-me explicado que, em alguns meses, a separação de frequências vai começar, mas será lenta e vai durar quase dois anos. Isso é exato?

CGL: Sim, o objetivo da separação é para que as densidades inferiores desmoronem completamente. Se fosse feito em um instante, muitos seriam incapazes de viver nas frequências superiores. Tudo está sendo feito para que todas as almas tenham a oportunidade de avançar. Estamos muito esperançosos de que esse seja o caso para a maioria da humanidade.

Jenny: Então, agora, a coisa mais importante é o auto trabalho? A integração?

CGL: Sim, mas não se pode esquecer de que o retorno à alegria é necessário. A alegria e o amor são o seu estado natural. Retornar ao self, estar plenamente integrado com a sua alma, vai exigir que vocês retornem a isso.

Jenny: A alegria é um conceito difícil para muitos.

CGL: Sim, muitos devem entrar em contato com quem eles eram quando crianças, antes de as camadas de obrigações e crenças terem sido amontoadas sobre eles. Contudo, o que precisa ser compreendido é que estar em um estado de alegria não significa que tudo é perfeito no momento, mas que tudo está acontecendo para a mais elevada perfeição.

Jenny: Obrigada!

Direitos Autorais:

Site original: www.channelingthemasters.wordpress.com

Tradução de Ivete Brito – adavai@me.com – www.adavai.wordpress.com

Copyright 2016, Jenny Schiltz – Se repassar, por favor, mantenham a integridade desta informação exatamente como se encontra aqui e incluindo todos os links acima e os links da publicação original.

PREVISÃO DA ENERGIA DE 2017

PREVISÃO DA ENERGIA DE 2017: O ANO DA BIFURCAÇÃO DA TERRA & CONEXÃO SUPERIOR

(Natalia Alba)

Meus amados,

Neste momento crucial da Criação, uma Nova Terra já está nascendo. Não somente estamos prestes a dar boas-vindas a um Ano Novo humano, mas também a um Novo Ciclo, uma vez que a frequência do número 1 deste ano de 2017 nos faz lembrar, que, de uma forma ou de outra, sentiremos o impacto e a subsequente mudança que a bifurcação da velha matriz da 3D tem sobre todos nós. 2016 foi um ano de constante integração da alma, e, consequentemente, de purificação das camadas inferiores do self – ao liberar antigos comportamentos/implantes e programas tridimensionais, principalmente por parte das almas que estão começando a despertar nesta época.

Começamos este ano sem grandes aspectos e com as energias muito tranquilizadoras, em janeiro, com Mercúrio ainda retrógrado até o dia 8. E com uma pacífica e amorosa Lua Cheia, em Câncer, em 12 de janeiro – preparando-nos suavemente para a intensidade desse período transicional. Embora isso não seja uma predição do ano de 2017, porque eu não faço predições, uma vez que em minha realidade tudo está constantemente se transformando, conforme o fazemos também internamente, e as predições são limitadas, no sentido de que restringimos o que vai acontecer sem sermos capazes de imaginar tudo o que existe por trás das cenas físicas. Isto é uma orientação que recebi e que já está acontecendo Agora dentro de nós mesmos e o que nós – de nossa perspectiva humana – já podemos ver a partir do estado de ser vibratório que escolhemos.

Neste ano de 2017, nossa missão, durante a transição para uma oitava mais elevada, como seres conscientes a serviço do Todo, e como Sementes da consciência da Nova Terra deste Novo Ciclo, que vimos aqui para ser, não para nos concentrar no que parece ser – ou no caos coletivo – mas fazer nossa parte por simplesmente permanecer em um estado mais elevado de ser todo o tempo. Não estamos aqui para convencer ou ensinar alguém, porque todos tem a própria fonte sábia internamente. Estamos aqui para reconstruir, ajudar Gaia e o Todo a curar apenas com a nossa mera presença. Não somos mais especiais nem estamos aqui para saber mais do que os outros. Essa é outra forma do ego espiritual e da fragmentação. Não interferimos nas escolhas alheias, porque isso não é o que as almas conscientes fazem, uma vez que estaríamos violando o livre arbítrio dos outros e impedindo que eles se lembrem por si mesmos. Nós, simplesmente, já passamos por aquilo que os outros estão enfrentando agora, outros que desceram diretamente dos Reinos Superiores para ajudar aqui. O importante é a intenção e o amor que colocamos no que fazemos e compartilhamos – não a origem de nossa existência.

Realmente, 2017 será o ano em que a Terra finalmente vai se bifurcar da velha 3D. Isso deve ser compreendido adequadamente, porque há muitas pessoas que, devido à falsa propaganda ou à falta de informação, acreditam que para que isso ocorra muitas pessoas tenham que morrer e/ou mesmo retirar-se a fim de acessar a Nova Terra e renascer como novos seres. É verdade que muitas almas podem decidir deixar o Planeta neste momento, devido aos acordos anímicos ou aos rápidos toques de despertar que ainda não são capazes de enfrentar. Mas, isso não é processo de um dia/ano e há mais do que os sentidos humanos conseguem perceber acerca de uma escolha da alma.

Existem infinitos motivos para que uma alma ou grupo de almas deixem o Planeta, mas o principal, de acordo com a orientação que recebo, não é para purificar Gaia, em absoluto, uma vez que o nosso Planeta já existe em uma linha de tempo futura e não há necessidade de forçar alguém a partir, mas, porque determinadas almas já cumpriram as próprias agendas anímicas. Nosso foco não deve estão nos outros, mas na nossa missão de alma e nos trabalhos interiores, porque, quanto mais pensamos que sabemos, menos conseguimos compreender internamente este corpo físico e limitado, a multidimensionalidade e as escolhas diferentes que as outras pessoas fazem, visto que vai além do que podemos pensar, porque essas escolhas de alma são também interligadas com outras almas de diferentes reinos e assim por diante, e o quebra-cabeça inteiro nunca pode ser visualizado a partir de nossa perspectiva humana.

Continuar lendo

S ENERGIAS DE DEZEMBRO DE 2016 – 29/11/16

(Natalia Alba)

Estamos prestes a encerrar uma etapa muito intensa da nossa jornada evolutiva, à medida que nos aproximamos de dezembro, e enquanto atravessamos o limiar que nos conduzirá a um novo ciclo. Durante este ano, fomos impelidos a desfazer o que não estava mais alinhado com quem nos tornamos e permitir que novos meios nos mostrassem o nosso caminho verdadeiro. Dezembro é um mês para prosperar, para nos acalmar e honrar nossa verdadeira essência, como Seres Divinos compassivos. Uma época para nos interiorizarmos, antes de sermos plenamente imersos no processo consciente de criar nosso novo caminho.

Dezembro, o mês em que comemoramos o Cristo dentro de todos nós, é um mês para celebrar o nosso caminho de integração da alma e a alegria de tudo o que alcançamos até este momento, visto que 2016 foi um ano muito intenso, em que fizemos muito trabalho interno para resgatar a clareza adequada de que necessitamos para perceber o que era real e o que se originava de uma perspectiva humana ilusória.

Estamos em um momento muito importante de nosso caminho ascensional, uma vez que durante esse Novo Ano, de 2017, vamos continuar nos desvencilhando cada vez mais dos remanescentes do velho, porque estamos bifurcando a partir de uma matriz 3D e fazendo o nosso trabalho interno, e ao criar conscientemente a nossa Nova realidade, desde um lugar mais elevado de sabedoria, é crucial neste momento ajudar o Todo. E dezembro nos oferece as energias calmas de que precisamos para nos interiorizar e visualizar nosso novo caminho à frente.

Terminamos novembro e começamos dezembro com a maravilhosa Lua Nova em Sagitário, que também traz luz, clareza, para cada aspecto de nossa experiência. A sabedoria divina não filtrada por qualquer ilusão mundana, nos ajudando a ver, com clareza, o que o nosso eu humano não é capaz de ver, devido a sua perspectiva limitada e aos julgamentos.

Novembro convidou-nos a integrar e cocriar a partir de um lugar de autenticidade e unidade; dezembro, com o seu número de frequência 3 – 12 reduzido – começa a nos mostrar a prova de nossas criações internas. O número 3 é a síntese de 2, dando origem a algo novo, que vai ajudar o Todo a partir de um lugar de amor incondicional. A mensagem do número 3 é a mesma para os nossos relacionamentos – encontrar primeiramente a unificação com todos os nossos aspectos, antes que possamos estar prontos para acessar um relacionamento iluminado e cocriativo. Lembrem-se de que neste Novo Ciclo não fazemos nada para os outros, nem eles fazem nada para nós, pelo contrário, tanto damos como recebemos igualmente, porque não promovemos mais a velha sensação de separação ou da necessidade de que nos utilizávamos para nos manter, quando navegávamos através das dimensões inferiores.

O arquétipo que representa a frequência do número 3 no tarô é a Imperatriz, que resume muito bem a mensagem desse amoroso mês. A Imperatriz está repleta de criatividade, intuição e poder, que vêm apenas do amor próprio e da compaixão que ela sente por si mesma e pelo Todo. Ela representa o princípio feminino, a deusa capacitada que está conectada às estrelas – como a sua coroa representa – mas, ao mesmo tempo, ela manifesta esse influxo abundante do divino em seu domínio físico, nutrindo tudo em que toca por meio do poder do amor.

Em um nível cósmico, começamos dezembro com o dom da cura, à medida que temos Quíron, o curador cósmico, como o chamamos, em movimento direto novamente, em Peixes, desde o dia primeiro de dezembro. Visto que temos também Netuno em movimento direto, outra vez, nesse mesmo signo de água, temos uma oportunidade, e até mais, quando Mercúrio se tornar retrógrado mais tarde, para curar aqueles sentimentos e antigas crenças que o nosso eu humano ainda continua reapresentando para que continuemos a repetir os mesmos velhos padrões e projetando perdão e compaixão, em vez de não assumir a responsabilidade por nossa jornada e culpar os outros, ou as circunstâncias externas, como sendo o motivo de sentirmos dor. A dor deve ser acolhida, é o nosso melhor professor, aquilo que nos transforma, visto que é um indicador de que estamos fazendo algo que não está alinhado com o verdadeiro propósito e vontade da nossa alma, e por isso, deve ser desfeito.

No dia 2 de dezembro, Mercúrio, o mensageiro alado, vai entrar no signo de Capricórnio. Mercúrio rege o elemento ar, nosso plano mental. Por outro lado, Capricórnio rege o elemento terra, nosso mundo tangível. A mensagem é para que nos comuniquemos de modo preciso e utilizemos as nossas palavras de maneira sábia. Vocês estão falando consigo mesmos com autoamor e respeito? Ou estão se sabotando por utilizar conversa negativa em relação a si mesmos? O eu humano sempre vai tentar silenciar a nossa divindade por nos fazer sentir inferiores, culpados, ou por outros antigos programas. É aí quando observamos e simplesmente nos reprogramamos com palavras amorosas. Mercúrio em Capricórnio diz respeito também a colocar todo o conhecimento que adquirimos em nosso mundo físico. O cosmos está nos fazendo recordar da importância que o nosso plano tangível também tem, e durante este mês, vai ser essencial fazer descer não apenas os desejos da nossa alma para o físico, mas também a nossa essência, como seres compassivos, acolhendo o amor.

Vênus, o nosso aspecto macro, que representa a nossa parte que é amorosa e abundante, vai entrar em Aquário, em 7 de dezembro. Quando Vênus está em Aquário, o amor vive sempre em liberdade, uma vez que somente quando o deixamos livre, sem apegos e expectativas, é que conhecemos o verdadeiro amor incondicional. Essa é uma oportunidade para nos observarmos em nossos relacionamentos, estabelecemos fortes limites? Ou nos permitimos dar e amar plenamente os demais, sem temores de abandono, apenas com a alegria de compartilhar esse momento com os preciosos companheiros de alma?

Como sempre, é apenas quando não estamos vivendo no momento, que criamos expectativas, limitações para o amor e produzimos temores. Com o nosso sentido de abundância, ocorre a mesma coisa, quando não nos amamos, quando não pensamos que somos dignos e honramos o que temos para compartilhar, então, a frequência interna da falta se exterioriza em nossa realidade física sob a forma de mais carência. Para recebermos o amor, a abundância, que são outras formas de amor, e de respeito, que realmente merecemos e desejamos, temos que nos dar isso em primeiro lugar.

Em 13 de dezembro, temos uma Luz Cheia no grau 22 de Gêmeos. Os gêmeos representam o yin e o yang, acolhem-se mutuamente em uma dança equilibrada e rítmica de amor e unicidade. Gêmeos, sendo um signo de ar e mutável, é mental, intelectual e prático, mas, ao mesmo tempo, gosta de brincar e se socializar, de modo que é essencial aproveitar essa Lua Cheia alegre e tranquilizadora e acolher a vitalidade geminiana neste mês, em que comemoramos não apenas nossa essência crística, como também o amor que sentimos por tudo o que nos cerca. Esse é o momento para estarmos alegres e vermos os outros como iguais, visto que, em realidade, sempre estamos nos acolhendo mutuamente em uma dança eterna de unicidade.

O guerreiro Marte, entrará em Peixes em 19 de dezembro. Marte representa a nossa força interna, poder e energia. Quando essa poderosa força se encontra com a essência amorosa de Peixes, somos convidados a sermos criativos e direcionar a nossa sensibilidade e dons anímicos para o que nos motiva, trazer nossas visões para o tangível e honrar o criador interno que todos nós temos. Quando direcionamos nossa preciosa energia para criar algo que estará a serviço do Todo, o Universo inteiro comemora, porque nunca estamos isolados e o que criamos, para nós, fazemos para Todos.

Mercúrio, o mensageiro alado, ficará retrógrado em 19 de dezembro. Como sempre digo, o medo humano programado acerca de um planeta estar retrógrado ainda está presente em muitas pessoas. Quando incorporamos um nível de consciência mais elevado, quando nos informamos apropriadamente – visto que lá fora existe muita propaganda falsa – compreendemos que neste sábio e amoroso Universo nunca existe nada retrógrado, isso é apenas uma ilusão a partir da Terra, não há nada em câmara lenta à luz do Universo, há apenas momentos para ser vividos internamente e momentos para se emergir novamente sob uma nova forma, com uma nova direção a seguir.

Quando temos o mensageiro alado retrógrado, somos simplesmente convidados a nos interiorizarmos e obter mais clareza, de modo que possamos nos conscientizar plenamente do que estamos dando forma, a partir do interior. Comungamos com o nosso aspecto superior, percebendo que estamos contraídos em vez de permitirmos a expansão, antes de estarmos prontos para nos elevar novamente – renovados – mantendo uma perspectiva mais ampla de nossa experiência.

Alguns dias após, em 21 de dezembro, o Sol entrará no signo de Capricórnio, comemorando o solstício do inverno/verão, a depender do lugar em que vocês vivem. O Sol representa o nosso Eu Superior, nossa essência, portanto, quando o Sol faz brilhar a sua luz em um signo do zodíaco, e por conseguinte em um aspecto nosso específico, significa que somos convidados a desenvolver e a trabalhar nesse nosso lado concreto. Se fomos convidados, com o Sol em Sagitário, a comemorar o lugar em que estamos e a saborear cada momento em puro regozijo, visto que também continuamos navegando através dos mundos interiores para encontrar a verdade, agora, com o Sol em Capricórnio, somos convocados a nutrir o nosso aspecto que traz as coisas à manifestação, tornando-as tangíveis, e prestando atenção não apenas à parte nossa que é Una com o Todo, mas também ao nosso aspecto que precisa ser nutrido no plano material, visto que ele sustenta os nossos veículos físicos e nossas vidas.

No fim do mês, em 29 de dezembro, temos dois importantes eventos cósmicos. Urano em movimento direto e uma terrena Lua Nova no grau 7 de Capricórnio. A essência de Capricórnio nos faz recordar de fazermos as coisas tangíveis em vez de apelas confiar nos sonhos e deixar que as nossa visões desapareçam no ar. Tudo é primeiramente criado em nossos domínios interiores, e isso é o que esse período retrógrado está também nos lembrando no momento, da importância de recriar conscientemente o nosso caminho, a partir de dentro, sem permanecer à deriva, se desejamos ter um equilíbrio entre nossa realidade interna e externa.

Capricórnio nos dá esse equilíbrio de modo a não cairmos na armadilha das ilusões, procrastinando o nascimento de nossas novas criações, enquanto vivemos muito no mundo etéreo. É essencial agirmos como os magos alquímicos que somos, na verdade, e trazermos nossas visões anímicas para o nosso mundo físico, também, visto que isso é principalmente o que decidimos fazer aqui: dominar a arte de trazer à manifestação o que primeiramente demos origem em nosso plano mental/anímico.

Urano, o planeta da transformação, em movimento direto, será uma energia que não pode parar, que, se utilizada de modo sábio, pode nos conduzir a verdadeiras mudanças e transformações. Quando Urano estava retrógrado, a mudança aconteceu internamente, revisando o que deveria ser transformado e liberado. Não se trata de tentar mudar as condições ou as circunstâncias exteriores, mas se trata de fazer com que os nossos eus comecem com o que vai mudar a nossa realidade física. Urano nos ajuda a fluir com a mudança e os ciclos naturais da Criação, independentemente do modo como o nosso eu humano os percebe, uma vez que para o nosso ser humano é desconfortável, já que que isso implica em uma desvinculação do conhecido.

Urano pode ser uma força abrupta e desafiadora, que literalmente nos faz estremecer até a nossa essência, para nos ajudar a lembrar-nos de que nosso sentido de linearidade e de fixação está tão-somente em nossa mente humana – despertando-nos para a verdade que é a nossa realidade, quer gostemos, quer não, está constantemente se transformando e desse modo nós também, e apenas quando nos adaptamos à mudança, compreendendo que, com ela vem o progresso e o fluxo, em vez de resistir, o que é natural, que possamos realmente transformar o externo e navegar através da linha do tempo que escolhemos, não a partir de um lugar do ego, mas de um puro lugar da alma de sabedoria e clareza.

Nosso reino físico vai sempre estar se transformando, temos um longo caminho ainda a percorrer, mas estamos sempre dando outro passo em direção à unificação e à verdadeira compaixão. Dezembro traz a lembrança de que acima da nossa necessidade humana de representar diferentes papéis e de nosso profundo senso de individualidade, somos Todos Um, na verdade, lembrando-nos por qualquer meio que escolhemos da nossa divindade e do Todo. Nem todo mundo mantém essa mesma a mesma frequência amorosa, uma vez que ainda há muita polarização no coletivo. É por isso que apenas podemos ajudar ao permanecermos centrados em nossos corações de modo que possamos disseminar o nosso amor a toda a humanidade.

Cada ato, cada simples palavra de amor conta e, como Sementes da Nova Terra, estamos aqui para prosseguir em nossa jornada exclusiva nas esferas elevadas do amor, em que desde longo tempo decidimos nos debruçar. Como Almas Ascendentes, que estão plenamente despertas e conscientes de como os velhos jogos funcionam, não nos envolvemos no que os outros podem dizer ou não, não reagimos, observamos, porque não precisamos criar mais esses dramas em nossa realidade. Não precisamos disso, realmente integramos o que essas experiências de limitação estavam tentando nos ensinar. O que os outros fazem em sua realidade, o que enfrentam por meio de sua percepção ilimitada/limitada, não é para julgarmos, nem para desrespeitarmos a sua criação de como eles veem o mundo. Nossa missão e principal objetivo é simplesmente SER, compartilhar e fazer o que as nossas almas estão nos orientando a fazer, independentemente do que os outros optem por dizer ou fazer.

Escolham irradiar o seu amor não apenas neste amoroso mês, mas em cada momento, escolham ser livres e deixem brilhar a sua preciosa Centelha Divina onde quer que a sua Alma os orientar a fazê-lo. Para nos comportarmos de uma maneira amorosa ou não dependermos de estímulos que recebemos do físico, sempre escolhemos nos comportar de um modo compassivo, porque nos lembramos de que nós Todos somos Um, mesmo se a nossa crença humana de separação interferir em nosso senso de unidade. Viajamos em um caminho exclusivo, sabendo que a nossa frequência amorosa vai ressoar em todos os cantos do Universo.

Desejo a todos vocês um dezembro abençoado, com alegria, amor e no caloroso abraço dos seus entes queridos. Agradeço-lhes por serem Vocês e estar contribuindo da sua maneira única para esta transição intensa, porém maravilhosa, em que estamos imersos conscientemente. Eu os honro e ao seu papel exclusivo na Criação e desejo-lhes muitos milagres em tudo o que vocês decidirem criar para si mesmos e para todos neste Novo Ciclo!

Natalia Alba.

Direitos Autorais:

Natalia Alba – http://www.starseedsoul.com/

Tradução de Ivete Brito – adavai@me.com – www.adavai.wordpress.com

SUPER LUA CHEIA EM TOURO, 14 DE NOVEMBRO 2016

… HONRANDO O SEU REINO FÍSICO – 13/11/16

(Natalia Alba)

Meus amados,

Conforme vocês podem sentir profundamente, estamos ainda plenamente imersos nas frequências do Portal 11/11, gerando novas experiências de vida, enquanto continuamos destruindo os velhos mundos que não fazem mais ressonância com o novo estado de ser que estivemos incorporando de modo consciente. Agora, principalmente com a maravilhosa Lua Cheia a 22 graus de Touro, amanhã, é um momento de ancorar essas novas realidades em nosso Plano físico, visto que somos Mestres da Nova Terra, o que envolve fazer descer do não-físico todas aquelas visões anímicas que criamos nos Planos Superiores/Invisíveis, à medida que vimos aqui como seres físicos, não apenas para experimentar os reinos etéreos, mas para trazê-los à forma em nosso domínios terreno também.

A Lua Cheia no signo terreno de Touro – opondo-se ao Sol em Escorpião – é a segunda das três Super Luas, e portanto, mais próxima à Terra e mais brilhante. Será abundante, alegre e estimulante, o que vai ajudar a nos conectar à energia feminina da Mãe Terra – aquela que nos sustenta no físico – dando-nos a oportunidade de manifestar todos os desejos de nosso coração e tudo o que gostaríamos de alcançar em nosso plano tangível. As revelações estão chegando, apenas temos que saber para onde olhar dentre as nossas expectativas humanas do que pensamos que deveria ser, e deixar nossa Alma mostrar-nos o caminho verdadeiro que vai nos conduzir para os nossos desejos verdadeiros.

Agora é o momento de honrar nosso reino tangível com esta Lua Cheia em Touro, que será uma lua estimulante e harmoniosa, sem grandes aspectos astrológicos. Lembrem-se, amados, um aspecto individual de nosso Eu Superior reside agora na realidade, nesta realidade física, que nunca é menos importante do que as outras vidas não-físicas/multidimensionais que experimentamos e com as quais, às vezes, entramos em sintonia. Nosso corpo também é uma manifestação física do divino, que não devemos dar por certo e vê-lo como menos puro, em vez disso, devemos honrá-lo e mantê-lo, enquanto continuamos infundindo-o com os novos códigos de luz que estamos integrando conscientemente.

Vênus, o regente de Touro, está também, desde 11 de novembro, no signo de terra, Capricórnio. Com o planeta do amor e da abundância neste signo, não poderia ser um melhor momento para criar infinita abundância, que é simplesmente uma frequência que mantemos internamente – outra forma de amor – de modo que possamos estabelecer bases fortes em nossas vidas. Se a sua realidade física não é como vocês gostariam que fosse, então vocês precisam mudar internamente todas aquelas velhas crenças que ainda os impedem de se ver, de modo pleno, como os seres abundantes que vocês são realmente na essência. Quando o que vemos no físico não é o que verdadeiramente entra em ressonância conosco, significa que ainda temos algo para dominar internamente. Algo de que ainda não estamos conscientes, está nos mostrando, com amor, nunca com julgamento, que devemos desfazer determinadas limitações que ainda possuímos em nosso íntimo e nos reprogramar a partir dessas velhas ilusões humanas.

É também um momento de curar feridas pertencentes ao passado e um período de autorretrospecção, enquanto a Luz Cheia de Touro vai fazer um trígono com Plutão, o planeta do poder, e um sextil com Quíron, o curador cósmico, conforme o chamamos. Com as energias de Escorpião, este é um período para liberar o que o nosso eu humano ainda está se apegando, e começar a nos expandir para o desconhecido, manifestando não apenas os recursos físicos, mas também os novos relacionamentos – novos companheiros de alma que caminharão conosco à medida que continuamos descobrindo novos horizontes. Como sempre, é a Lei, e estamos sempre em uma dança eterna de acolher e liberar tudo para que os outros possam entrar e nos oferecer a oportunidade de cocriar novas e maravilhosas experiências de vida com eles também.

Esta Lua Cheia é uma dádiva cósmica para que nos lembremos de quem realmente somos na essência. Somos Almas Sementes Estelares vivenciando um domínio físico, não estamos aqui penas para aprender ou confiar nas forças externas, como seres desesperados e fracos. Já somos Almas iluminadas dominando o nosso eu humano. Estamos aqui para fazer descer nossa centelha interior para o nosso plano denso – lembrando-nos por meio de diversas experiências – que somos aqueles com o dom e o poder divinos de manifestar os desejos mais profundos de nossa Alma no físico.

O exterior é um mero reflexo de todas as diferentes emoções, frequências que mantemos internamente. Neste momento, nos é mostrada a importância de alinharmos nosso eu humano com aqueles desejos mais elevados que imaginamos, de modo que os resultados que vamos obter sejam Um com a vontade da nossa Alma e o Todo, porque somos sempre seres a serviço de todos os seres/coisas na Criação e a ilusão do isolamento já pertence ao velho, como tudo o que escolhemos experimentar, sempre vão impactar o Todo.

Eu lhes desejo uma maravilhosa Lua Cheia repleta de abundância infinita, amor, alegria e bênçãos, amados!

Com amor, luz e serviço, sempre.

Natalia Alba.

Direitos Autorais:

Natalia Alba – http://www.starseedsoul.com/

Tradução de Ivete Brito – adavai@me.com – www.adavai.wordpress.com

11:11 O Portal Estelar está Aberto !

A energia está aumentando de intensidade no coletivo planetário, enquanto forças polarizadas lutam pelo controle. Vemos exemplos desta batalha na eleição dos EUA e o voto do Brexit no Reino Unido. Os partidos contrários e seus seguidores estão rigidamente enraizados na indignação. Nenhum dos lados tem o melhor interesse da humanidade em mente. À medida que a batalha se intensifica, os novos terráqueos estão recebendo intervenção divina através do apoio galáctico.

Segundo o The Times of India, “os cientistas do maior e mais sensível monitor de raios cósmicos do planeta localizado na Índia, registrou uma explosão de raios cósmicos galácticos o que indica ter ocorrido uma rachadura no escudo magnético da Terra. A explosão aconteceu quando uma gigantesca nuvem de plasma ejetada da coroa solar atingiu a Terra a uma velocidade muito alta, causando a compressão maciça da magnetosfera da Terra e provocando uma severa tempestade geomagnética”.

O 11:11 abriu um portal estelar no plano astral da Terra (4ª dimensão), transmitindo poderosos raios gama fotônicos para o campo do coletivo. Durante os raros portões de entrada da ascensão, o véu dimensional fica mais fino e os rituais espirituais tornam-se mais eficazes. Na próxima semana, aproveite o Portal 11:11 para aprimorar suas visões, intenções, invocações e manifestações enquanto o véu continua a se desvanecer rapidamente.

Como um ser luminoso consciente, você tem a capacidade de criar a realidade futura que deseja manifestar. Você está gerando informações que influenciam suas manifestações projetadas. Alguns destes possíveis futuros têm mais magnetismo do que outros. Exigindo foco contínuo em seu resultado final, caso contrário se deixado ao acaso, energias inferiores podem perturbar seus planos. Este não é o momento de ficar a margem esperando o mundo melhorar. Todos os portadores de luz estão sendo chamados a se envolver e ativamente ajudar a criar a Nova Terra. Vocês são os Guardiões da Nova Terra !

Aqueles que são atraídos para a ascensão planetária têm lembranças deste processo dentro dos registros Akáshicos de sua alma. É familiar e algo para o qual você é atraído a fazer. Nada mais vai te satisfazer. Viver em uma consciência tão densa, divisória e limitada se torna repulsivo. Você está sendo compelido a ascender para fora da matrix do tempo polarizada na dualidade. Você não se sente em casa. A extrema polarização faz você se sentir desconfortável. Seu coração está ansioso por uma Terra na 5ª dimensão, harmoniosa e com todas as condições para viver uma vida plena.

Aqueles sem qualquer experiência passada de ascensão não estão cientes disso e não serão atraídos por ela. Não existe memória presente em seus registros Akáshicos de experiência da ascensão. Eles não têm nenhum ponto de referência para compreender o processo. É por isto que você vê tantas pessoas inconscientes e distraídas com a vida na dualidade. Elas não têm nenhum chamado interior para se libertar da dualidade e da ilusão. Os portadores de luz estão presentes na Terra para demonstrar o processo de ascensão para a humanidade e compartilhar o conhecimento antigo na mente coletiva.

O campo da 5ª dimensão pulsa a 25 hertz e acima, fora da alcance da mentalidade do ego. Qualquer densidade polarizada ou resistência do ego, fará a frequência cair abaixo da faixa da 5ª dimensão. Mantenha seu foco no objetivo ! Despeje a densidade, libere a carga polarizada, deixe ir todas as dependências emocionais ! É como descascar uma cebola, retirando as camadas exteriores que estão presas ao passado. Mova-se para viver no AGORA, livre-se dos limites do tempo, de todo o carma do passado e das linhas de tempo traumáticas.

Durante o lindo e doce portão de entrada 11:11, vamos nos conectar à nossa ascendência de semente estelar e à memória intemporal da ascensão da alma, preparando-nos para quando chegar o momento escolhido da ascensão que nos guiará para casa. Nos uniremos em uma mente de grupo nos conectando com nossa família arco-íris, ajudando e preparando nosso campo de energia e caminho de ascensão que nos levará para casa quando chegar o momento.

©Meg Benedicte

Origem: dreamingwithdolphins

Tradução e Divulgação: A Luz é Invencível ☼

1:11 – O DIA DE SALVAR O MUNDO DE NOVO-11/11/16

(Mensagem de Gillian MacBeth-Louthan)

Fonte: http://www.theQuantumAwakening.com

Muitos de nós estamos sustentando a luz há tanto tempo, que quase nos esquecemos por que estamos fazendo isto. Já não vemos mais tanta magia na forma física, nem os milagres que enchiam os céus e as terras antigamente. Já não ouvimos nossos nomes sussurrados pela brisa ou cantado pelos pássaros. Nós, que mantemos a luz eterna, somos a última barricada de cavaleiros, somos os guardiões do cálice sagrado.

No momento em que o 11:11 eleva sua bela cabeça, nós, mais uma vez, devolvemos à Terra o poder que temos sustentado desde tempos imemoriais. Isto não significa que estamos deixando nosso corpo físico, mas que o “peso/espera” que temos carregado precisa ser distribuído e espalhado por todas as terras.

O que vem à tona agora é uma leveza de ser, uma leveza de coração – tudo de feio ao qual nos apegamos, interna e externamente, é finalmente libertado. O que se revela é a Criança de Luz – aquela que cresceu e se tornou séria demais, mas que agora começa a brincar no balanço cósmico. A criança interior está livre para fazer isto e não tem mais que sustentar o velho paradigma, pois este foi liberado para Terra Gaia, reestruturado em seu conteúdo para atender a todas as suas necessidades de cura. A entrada para novas experiências se abre para todos que tiverem coragem de entrar. No entanto, será necessário que os puros de coração e puros de intenção atravessem o limiar seguinte.

A magia de outras dimensões substitui a si mesma com imagens holográficas de eventos futuros e resultados futuros, que vivem nas nuvens para sempre. Neste 11:11, ao nos reunirmos em qualquer lugar sagrado que mantenha a “paz do nosso coração”, nós elevaremos as asas dos nossos corações às alturas, abrindo-as amplamente para que todo o universo as veja. E assim deixaremos que Deus – com D maiúsculo – saiba que somos sérios em nosso propósito e não mais os peões de um jogo celestial.

Este 11:11 guiará cada um de nós, um por um, em direção a um lugar de milagres e singularidade. Como nas histórias de antigamente, quando as linhas de tempo se empilhavam, possibilitando o acesso a lugares ocultos, o 11:11 torna-se um tiro certeiro para frente e para trás, envolvendo todas as linhas de tempo pelo caminho, permitindo que enxerguemos um longo corredor de futuros prováveis.

Nós, que temos sustentado a luz como um farol eterno, permanecemos firmemente conscientes das areias movediças à nossa frente; estamos atentos a todas as possibilidades que fluirão através da nossa linhagem humana em direção a uma condição de permanência.

Olhamos para os céus procurando o que sempre foi verdadeiro, mas agora os céus olham para nós em busca de um sinal. Enquanto o planeta entra no santuário do 11:11, nós também entramos na quietude e solidão desse espaço com reverência. Este limiar de tempo, 11:11, é um impacto no tempo reconhecível. O tempo torna-se oscilante por alguns instantes, como uma ponte suspensa que balança com os ventos da mudança em todas as direções simultaneamente. Correções, que são oficialmente baseadas no tempo, nos oferecem uma oportunidade de vislumbrar o que está por trás das cortinas cósmicas.

Juntem-se a outros, energética e fisicamente, no 11:11. Reúnam-se em seus lares, nos campos, nas praias, no alto das montanhas… Reúnam-se no espaço sagrado de sua própria escolha. Deem-se as mãos, unam seus corações e sua luz. Deixem o Deus do universo saber que nós, como planeta, buscamos a verdade superior em cada nível do nosso ser e DNA, e não nos contentamos com menos!

Tradução de Vera Corrêa veracorrea46@gmail.com

QUEM SÃO AS SEMENTES ESTELARES?

( por Edward Morgan)

As Sementes Estelares têm um papel importante na Ascensão global. Elas são almas extremamente evoluídas que se voluntariaram para encarnar na Terra exatamente neste momento e que viveram a maior parte de suas existências em outros planetas, sistemas estelares, galáxias e dimensões. Muitas delas tiveram milhões de existências aqui neste planeta. Isso mesmo, vimos aqui para cumprir o grande plano que projetamos juntos, de modo que a humanidade pudesse ter um futuro diferente da extinção. É a primeira tentativa, em todos os universos, de impulsionar todo um planeta para saltar de uma dimensão para outra, enquanto levamos os corpos físicos conosco. Esta é a sua última existência nas dimensões inferiores. Vocês podem pensar que a Ascensão seja uma coisa da nova era, mas não é; sempre foi uma oportunidade para todos, mas não em massa. Há seres que viveram aqui e além disso dominaram o Self, dominaram sua energia, que vieram aqui com o propósito de mostrar o caminho: Jesus, Buda, Quan Yin, Saint Germain são apenas alguns dos muitos mestres ascensos, eles atingiram os níveis mais elevados da consciência dentro e fora do corpo. Eles todos são seres avançados e extremamente evoluídos, vindos das estrelas e não têm ligação com religiões; as religiões distorceram os seus ensinamentos para tirar proveito pessoal e controlar as pessoas.

Qual é a sua missão, então? Em primeiro lugar, vocês têm que despertar plenamente. Vocês têm que trabalhar em vocês, e têm que restabelecer a conexão com a Fonte e com o seu Eu Superior (Interno) que é o nosso maior tesouro, é o que vocês se arriscaram a perder quando vieram para cá. Mas, vocês não perderam, e vocês sabiam que deveriam se lembrar de tudo.

Sempre o chamamos de Eu Superior como se estivesse acima de nós, separado de nós. Bem, trata-se da sua versão mais elevada, sua plena consciência anímica e não está separado de você, é você! É por isso que o superior e o interior são os mesmos, é o verdadeiro você que foi esquecido por tanto tempo. Conheço esse anseio que temos internamente, desejamos estar plenamente conectados à plena expressão de nós mesmos, deixar que a corrente da consciência flua através de nós. Aqui, às vezes, enjaulados, aprisionados, restritos pela densidade deste corpo. Costumávamos ter muito mais liberdade. Lembrem-se de que vocês pediram isso, e que o corpo humano é um dos mais avançados. Às vezes nos sentimos perdidos e até solitários, queremos somente ir para o lar. O lar é onde o coração está, dito isto, vocês têm que estar cientes de que pediram para estar aqui, vocês se voluntariaram. Ninguém os forçou a estar onde vocês estão. Vocês estão aqui para ajudar. O que vocês estão tentando fazer é exatamente o que eu descrevi antes, é esse desejo de expressão no nível da alma. Lenta, porém seguramente, vocês saberão quem são vocês.

Conforme se conectam à Fonte, vocês vão obter uma consciência cada vez mais elevada da sua energia; como se parece, como dirigi-la, como controlá-la. Vocês vão senti-la em seu corpo e ao seu redor, em todos os seres vivos. A coisa mais importante de sua missão é manter a luz (energia/informação) em seu corpo. Vocês possuem essa capacidade inata de conectar-se às frequências das dimensões superiores, ancorá-las em seu veículo e na Terra. Em seguida, vocês a projetam (para fora). Dessa forma, vocês podem mudar a realidade porque são capazes de trazer para o mundo as informações que estão faltando há eons. Lembrem-se, vocês são observadores, os que criam a realidade. Que espécie de energia vocês estão colocando “lá fora”? Vocês são jogadores desafiantes, estão aqui para reescrever o sistema energético que cria a nossa realidade coletiva. É um fenômeno energético em todos os sentidos, mesmo compartilhando a luz dessa maneira faz parte dela. Enquanto estão em seu caminho, vocês vão desenvolver o desejo de ajudar os demais, que estão prontos para sustentar a luz em seus corpos por si mesmos, aqueles que estão despertando. Seguem esse caminho não importa qual, porque é realmente a sua paixão, a sua alma falando; se vocês não escutarem, apenas porque querem adequar-se ou porque são governados pelo fator dinheiro, vocês viverão uma vida infeliz, fazendo coisas de que não gostam. Além disso, a abundância é apenas uma frequência, como tudo mais, com que vocês entram em sintonia: removam as crenças autolimitantes (como: “dinheiro é ruim”) que estão impedindo que o fluxo os alcance. É o seu direito ter tudo de que necessitam para viver e para realizar a sua missão, o seu propósito de vida. Claro que o dinheiro, neste ponto da jornada, é necessário para trazer ao mundo algo diferente de petróleo e armas.

Sim, não é fácil para nós vivermos em um mundo de tal dualidade, sentimos como se alguém nos largasse aqui. Muitas coisas nos parecem ilógicas: falta de alimentos em muitas partes do mundo, guerras, contas, empregos que aprisionam… e não tem que ser assim.

Tentamos e isso não funciona. Somos rebeldes por dentro, e por algum tempo, temos dificuldades de encontrar o nosso lugar no mundo. Temos esse desejo ardente de viver em liberdade e, às vezes, temos pavor de nos colocar “lá fora”. A verdade é que não há outro jeito, vocês têm que ser abertos, não se escondam, porque estão com medo. Vocês não temeram quando escolheram vir para cá. Vocês desistiram do seu lugar nas dimensões superiores porque sabiam que poderiam trazer algo ímpar para o mundo; isso é quanto vocês são corajosos!

É importante que se tornem profundamente conscientes de que vocês são seres muito poderosos, que vocês têm um impacto na realidade, que é enorme. Vocês têm de ser responsáveis pela sua energia, e de como utilizá-la. A energia flui para onde vai a sua atenção, certo? Se vocês se concentram em coisas negativas, em criar algo que não seja para o bem mais elevado de si mesmos e dos outros, vocês irão aumentar esses temores muito mais do que um ser inconsciente! Da mesma forma, vocês têm um poder de amplificar a luz, o que é maravilhoso!

Muitas vezes, apenas porque não estamos atentos, permitimos que os outros roubem a nossa energia, dando-lhes a permissão, ou tomamos a energia de outra pessoa para o nosso campo. Isso tem de mudar e depende de vocês. Mantenham em mente que vocês estão aqui para abrir caminho para aqueles que seguem, de modo que eles possam despertar de modo mais rápido, mais fácil e em vez disso, sem toda essa dor com que vocês, podem lidar. Isso não significa absolutamente que vocês tenham que se manter nesse estado.

Por favor, não desenvolvam a síndrome do X-man! Não lidem com a vida pensando em termos de “nós (sementes estelares) e eles”.

Todos nós somos expressões únicas, facetas da mesma energia, sem necessidade de participar do jogo da separação. Só há nós, mas vocês têm o direito de proteger o seu bem estar, seus limites e escolher que pessoas estão em seu comprimento de onda. Como se não bastasse, há mais sementes estelares no planeta que vocês nunca poderiam imaginar, nem todas elas estão bem despertas neste momento, e isso está mudando rapidamente, muitos podem fazer parte do grupo que vocês insistem em chamar de “eles”.

Outro aspecto muito importante é que vocês precisam tomar de volta o seu poder e começar a colocar-se em primeiro lugar. Vocês são extremamente empáticos e querem ajudar a todos. Mas, se não cuidarem de si mesmos, vão esgotar a sua energia. “Eu quero ajudar a todas as pessoas que conheço”, basicamente isso não está errado, mas pode tornar-se um problema, quando vocês ficam apegados ao resultado, quando vocês pensam que podem salvar as pessoas (fazer escolhas por elas) ou quando transformam isso em uma necessidade de agradar a todos. Novamente, vocês não podem e isso não é mesmo o seu trabalho! Vocês não estão aqui para viver de acordo com as expectativas das outras pessoas. Façam o que tiver que fazer com confiança, para si mesmos.

Continuem seguindo, almas corajosas, vocês nunca estão sós. Ao longo do caminho, vocês reconhecerão instantaneamente aqueles da sua família de alma, a sua tribo. Um simples olhar é suficiente para compreender que vocês sabem tudo sobre eles, que vocês sabem disso desde sempre, antes desta existência. É instantâneo. Vocês passarão pelo fogo da purificação, vocês sofrerão, será doloroso, tão difícil que vocês não podem sequer imaginar; mas eu digo, novamente, continuem pressionando! Porque um dia vocês serão gratos por tudo isso, confiem em mim. À medida que vocês seguem e relaxam, vocês elevam a sua vibração e atraem para a sua vida os seres com quem vocês têm ressonância. Então, vocês realmente serão gratos porque eles vão inspirá-los e vocês farão o mesmo por eles! Vocês crescerão juntos lado a lado, vocês compreenderão que não estão sozinhos como acreditavam, há seres que estão vivendo e sentindo o que vocês sentem. Eu disse para continuar? Vibrem com a sua tribo!

Por esse motivo é muito importante que vocês comecem a desenvolver os seus dons, seus poderes psíquicos, percepções extrassensoriais (PES), porque eles são as ferramentas, juntamente à sua frequência, que lhes permitem ir além da ilusão do espaço-tempo. Não é algo que está escrito em um pedaço de papel, em um livro de física quântica; é a verdade que vocês podem senti-la e vivê-la, se vocês se abrirem o suficiente. Nem toda a sua tribo pode estar fisicamente com vocês neste momento; estamos colocados estrategicamente ao redor do mundo e isso não é um problema, porque vocês não são seres físicos, corpos, e as regras do jogo são muito diferentes daquilo que nos ensinaram, Conforme vocês ascendem e a sua frequência aumenta, isso será cada vez mais fácil, porque vocês se abrirão para níveis mais elevados de percepção, níveis expandidos da consciência. A sua percepção da realidade mudará de acordo.

As sementes estelares na Terra são principalmente de Sirius, Arcturos, as Plêiades, a Galáxia de Andrômeda. Cada uma delas possui características e capacidades diferentes, mas compartilham diversas características fundamentais:

. Vocês se sentem diferentes da maioria das pessoas, vocês não querem se adequar.

. Vocês sempre tiveram uma sensação, desde a infância, que vieram de outro lugar, como se alguém os largasse aqui.

. Às vezes, vocês sentem saudade do Lar.

. Uma fascinação inata pelas estrelas.

. Conceitos como teletransporte, viagens estelares, portais (buracos de minhoca) são óbvios para vocês.

. Uma conexão profunda com a natureza.

. Conexão com os animais.

. Vocês têm dons psíquicos: sentimento remoto, telepatia, clarividência, clarissenciência, PES etc. Todos nós temos esses e muito mais, alguns deles podem estar latentes, outros podem ser ativados imediatamente por eventos, como a atualização do DNA. Não desistam, trabalhem para desenvolvê-los e tenham fé em que eles serão ativados por vocês no momento certo. Aprendam como controlá-los de modo consciente.

. Vocês possuem capacidades naturais de cura. Treinem-se nas disciplinas como a cura energética (Reiki).

. O seu corpo está menos denso e funciona de uma maneira diferente.

. Vocês são empatas: vocês sentem as emoções de uma forma mais profunda, vocês até sentem as emoções, a energia daqueles que os cercam. Sejam cuidadosos com quem vocês se conectam.

. Vocês se conectam com poucas pessoas, com as pessoas certas, a compreensão é imediata.

. Uma paixão pelo conhecimento (psicologia, física quântica, espiritualidade, astronomia). Não há tempo para conversas fúteis.

. Um conhecimento de uma profunda conexão divina, com base em uma opinião pessoal/experiência direta.

. Vocês reconhecem que vocês são muito mais do que realmente sabem.

. Vocês não gostam de figuras de autoridade.

. Um desejo de reconectar-se com o seu propósito de vida.

. Vocês são seres antigos; vocês são maduros para a sua idade.

. A sua intuição é altamente desenvolvida.

. Atração por civilizações antigas e locais como Gizé, Stonehenge, Pirâmides Maias etc.

. Experiências dolorosas em sua vida e ao mesmo tempo baixa tolerância a qualquer tipo de dor.

. Aversão à violência .

Se isso faz ressonância com vocês, então vocês não são humanos. Temos que estar atentos a isso, não porque queremos nos sentir superiores, mas porque temos que compreender que temos exigências diferentes, que temos que cuidar de nossa energia em todos os sentidos. Parem de buscar alguém que vem do céu! Somos aqueles por que estivemos esperando. O restante da família surgirá no momento certo. Somos os E.T’s. Os Anjos que se acreditava que fossem lendas ou figuras religiosas.

Anjos = E.T.= Vocês! Somos mensageiros, realmente estamos trazendo aqui informações de todas as formas. Por favor, façam a sua pesquisa, busquem as suas experiências, falem com o seu Eu Superior e com os seus Guias Espirituais e concebam a sua opinião. Tudo o que eu posso dizer é: não subestimem essas informações, principalmente se ressoarem com vocês. Isso tudo é muito verdadeiro! Os anjos são simplesmente seres de outras dimensões. São vocês internamente! Vou lhes contar um segredo: eles não possuem asas! Os artistas pintaram as asas, que são a sua aura, o super brilho que têm a sua volta quando eles estão em sua forma mais elevada; todos nós temos, mas não é visível a olho nu, a menos que vocês se treinem. Eles aparecem para nós dessa forma, porque esperamos que sejam assim, eles escolhem essa forma particular de modo que sejam facilmente reconhecidos por nós, mas eles são nada menos que um ser das estrelas! Eles podem estar em um corpo humano ou não!

As sementes estelares são divididas em muitas categorias: crianças índigos, cristais e crianças arco-íris de acordo com os anos em que nasceram e de suas características ímpares.

As índigos são obstinados, estão aqui para abrir caminho e têm personalidades semelhantes a de um guerreiro. Elas estão prontas para encarar qualquer coisa que não esteja nos melhores interesses da humanidade: o seu trabalho é mudar o sistema e qualquer aspecto de dentro para fora. Elas rejeitam qualquer forma de autoridade, porque sabem que são as próprias autoridades. O nome índigo indica a cor correspondente em suas auras (pode ser de outras cores também, juntamente à cor índigo).

As cristais são amorosas, não têm absolutamente dificuldades em perdoar, enquanto as arco-íris são a última geração de sementes estelares; algumas nasceram com a memória e o DNA ativados. Elas têm respectivamente auras cristais e arco-íris. Todas as categorias, principalmente as novas gerações, possuem fortes capacidades psíquicas.

Nota pessoal: Isto foi tirado da página Starseed. Visto que é uma das páginas que mais ajudam, e que são mais vistas a cada mês, eu quis colocar este conteúdo aqui para trazer ainda mais visibilidade. Espero que essas informações valiosas os ajudem a despertar para a sua natureza superior!

Michele Cornacchia

Fonte: http://www.iammysoul.com/blog/who-are-the-starseeds

Tradução de Ivete Brito – adavai@me.comhttp://www.adavai.wordpress.com

FELIZ PORTAL 11:11! –11/11/2016

(Natalia Alba)

Meus amados,

Durante este mês, estamos sentindo a intensidade do Portal 11:11 – um convite cósmico para que possamos trazer cura e síntese onde o nosso eu inferior cria a separação. Os números são constituídos de códigos de frequência, luz – informação, sendo emanados sobre nós a cada momento, de modo que possamos conscientemente ancorá-los em nossos veículos físicos, purificando/transmutando o que não estiver mais alinhado com a nossa verdadeira essência e propósito de Alma.

Como não se trata de um evento de apenas um dia, mas de um processo gradativo de constante integração e unificação, os antigos padrões podem emergir, visto que esses números representam a iluminação que somente pode vir quando permitimos que os remanescentes do antigo venham à superfície, para acolhê-los e desfazer o que o nosso eu humano ainda luta para manter em nossas vidas. Estamos aqui em uma jornada de constante recordação, às vezes somos duros com nós mesmos, quando repetimos velhos comportamentos, acreditando que não estamos evoluindo, mas na verdade, o que está ocorrendo no nível mais profundo, é que precisávamos repetir todas essas situações e antigos programas, até que o nosso eu humano se conscientize plenamente e perceba o que está realmente alinhado com o caminho da nossa Alma verdadeira e o que era ilusório, e portanto, deveria ser transformado.

Cada simples situação, encontro de alma ou qualquer outra circunstância que estiver acontecendo em nossa experiência de vida, é perfeitamente orquestrado por nossa Alma, que, em sua divina sabedoria, sabe o que o nosso eu humano ainda não integrou. Todos os desafios são oportunidades para vermos onde ainda tendemos a criar limitações em vez de liberdade e expansão. Tudo o que vemos como “mau” ou “cármico” não é nada senão uma dádiva da Alma para que possamos escolher sabiamente como o nosso próximo momento do Agora será, a partir de uma perspectiva superior.

Estamos destruindo para sempre velhos mundos, navegando em Novos, para manifestar – como criadores conscientes – a linha do tempo que gostaríamos de acessar. Tudo o que podemos experimentar neste momento, mesmo que não seja fácil para o nosso eu humano compreender, deve ser honrado, visto que está nos mostrando onde ainda estamos apegados e fixos. Durante este Portal 11-11 e o ano universal 9, embora o tempo seja irrelevante, porque quando utilizamos a nossa bússola interna, sempre vamos nos lembrar de que há apenas este momento para ser acolhido e aproveitado, temos a oportunidade – enquanto continuamos bifurcando a partir da Terra de terceira dimensão – purificar mais das antigas camadas de nosso eu inferior, bem como antigos programas que ainda estão ativos em nossas células corpóreas e que continuamos repetindo impulsivamente.

Enquanto continuamos trilhando neste caminho sem fim da unidade da consciência – um caminho que não está livre de desafios – vemos somente o amor onde o eu humano cria dor e ilusão. Honrem cada experiência, encontro e situação, mas não julguem nada nem ninguém. Tudo é uma dádiva de sua Alma, tudo está ajudando-os a lembrar-se da Unicidade. Tudo está aqui para ajudá-los em seu caminho evolutivo da alma. Quando vocês se encontrarem julgando-se, por repetir antigos padrões, ou os outros julgando-os por isso, escolham avançar, somente importa o que vocês estão aqui para ser e compartilhar, a partir de um lugar de integridade e amor.

Como Almas Ascendentes, quando não nos permitimos experimentar cada sentimento e/ou situação que criamos para nos ajudar em nossa jornada terrena, bloquemos o nosso crescimento, à medida que rotulamos o que deveríamos estar experimentando e o que não deveríamos – visto que não está vindo da luz. Nossa sensação humana de separação tem nos feito esquecer de que tudo vem da luz. Lembrem-se disso, enquanto continuam percorrendo a passagem para o Novo, conforme continuam escolhendo uma nova realidade, enfrentando as sombras que vocês ainda escondem profundamente em seu íntimo, apenas porque vocês temem sentir o que ainda é desconhecido.

Estamos aqui como Portadores do Novo. Como Sementes da Nova Terra, não julgamos, rotulamos ou deixamos que os outros definam quem somos e o que fazemos. Não nos concentramos nisso. Realizamos a nossa missão da nossa maneira exclusiva, estando constantemente presentes no momento e amando tudo o que experimentamos no Amor Divino – na unidade.

Vocês sabem quem vocês são, vocês sabem porque estão aqui, vocês estão sendo lembrados disso a cada momento de sua existência física. Não se envolvem em ilusões. Sejam VOCÊS, deixem brilhar a sua Presença de Amor/Luz neste maravilhoso Planeta. E sempre se lembrem de que vocês são profundamente estimados, amados e apreciados na Criação, tudo o que vocês são, quer escolham deixar brilhar quer não, visto que tudo sempre é Luz.

Feliz 11-11 e feliz tudo, meus amados!

Com amor, sempre,

Natalia Alba.

Direitos Autorais:

Natalia Alba – http://www.starseedsoul.com/

Tradução de Ivete Brito – adavai@me.com – www.adavai.wordpress.com

ATUALIZAÇÃO DA ENERGIA: DEIXAR O HUMANO PARA TRÁS-05/11/16

(Jenny Schiltz)

As energias do portal 11/11 já estão sobre nós e é como se estivéssemos sendo espremidos pelo buraco da agulha. Tudo o que não é realmente nossa alma está sendo mostrado de modo que possamos fazer a escolha consciente de deixar para trás. Em conversa com a minha equipe, eles me explicaram que o humano está sendo liberado. Quando eu os pressionei acerca do que isso significa, eles continuaram a dizer que aquilo que se considera humano é a nossa dualidade, carência, limitações e medo. O que não se considera parte do humano é a nossa personalidade, nossas preferências e antipatias. Quem verdadeiramente nós somos não irá para parte alguma, o que está partindo é tudo o que nós não somos.

No entanto, mesmo com essa explicação, muitos estão enfrentando o medo associado com a liberação do humano. Agora mesmo, muitos estão se sentindo extremamente ansiosos e deprimidos, à medida que o ressurgimento da falta, limitação, dúvidas e programações da dualidade está dando voltas em toda a sua forma. É assim que nos sentimos tão desconfortáveis com esses sentimentos que a angústia de persistir é maior do que o medo de liberar.

Outro componente para deixar o humano para trás é ter de compreender profundamente que somos dignos da vida que desejamos. Somos dignos de ter os relacionamentos, a carreira, a felicidade e a alegria que tão desesperadamente queremos. Podemos ter a vida repleta do belo fluxo do universo e uma existência pacífica. Enquanto vocês leem estas palavras, que emoções surgem? Vocês sentem a verdade dessas palavras em seu ser ou existe um medo subjacente implorando para ser ouvido? Vocês se sentem egoístas por querer isso tudo? Vocês temem que, quando boas coisas acontecem, a base logo tombará? Ousamos acreditar com todo os nossos corações que somos dignos? Olhem para todas as inseguranças que essas energias trouxeram à tona nas semanas recentes. Elas estão nos mostrando onde retemos uma carência ou uma vibração não suficientemente boa dentro de nós. Uma vez que a notamos, podemos transformá-la.

Visto que essas energias estão aqui para nos ajudar, agora é um bom momento para criar uma cerimônia, uma maneira de marcar a sua transição para o novo. Façam uma lista de tudo o que vocês querem deixar para trás; tudo aquilo que não lhes serve mais. Sintam cada coisa profundamente em sua forma, à medida que vocês anotam. Permaneçam com elas, observem como lhes serviram e como impediram o seu avanço. Não apressem o processo, levem tanto tempo quanto for necessário. Uma vez que tenham compilado a sua lista, agradeçam às energias e então as liberem. Alguns realizam o simples ato de escrever, outros gostam de queimar o papel, rasgá-lo em pedaços, ou mesmo enterrá-lo. Façam o que for certo para vocês. Enquanto estiverem trabalhando em libertar-se, invoquem os seus anjos, mestres e guias. Gosto de invocar o Arcanjo Azrael, que ajuda nas transições, Kali, a Deusa hindu das transformações, e o reino elemental. A ajuda que podemos receber quando damos a permissão para ser ajudados é enorme.

Continuar lendo